O que é IPC-FIPE e qual sua relação com os imóveis?

IPC-FIPE

Quem tem algum negócio no mercado imobiliário ou investe em imóveis precisa conhecer mais detalhadamente o mercado imobiliário.

Assim, se você aluga um apartamento, está pensando em comprar um bem ou tem investimentos no setor, vale a pena saber mais sobre índices econômicos, pois eles podem ser muito importantes no fechamento e na atualização de contratos imobiliários.

O IPC-FIPE é um exemplo de índice importante, especialmente para o mercado da capital paulista e das regiões próximas.

Então, aproveite a oportunidade para entender mais sobre o assunto neste post! Acompanhe o artigo e entenda o que é o IPC-FIPE e sua relação com os imóveis!

O que é IPC-FIPE?

IPC-FIPE é um indicador econômico que representa o Índice de Preços ao Consumidor. Ele é calculado e organizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) e mede a inflação da região de São Paulo.

O índice surgiu no ano de 1939. Em janeiro daquele ano, o cálculo começou a ser realizado pela própria prefeitura da cidade, na sua Divisão de Estatística e Documentação.

Além da instituição responsável, o nome também era diferente. Chamava-se Índice Ponderado do Custo de Vida da Classe Operária na cidade de São Paulo.

Em 1968, o resultado passou a ser calculado pela Universidade de São Paulo (USP), no Instituto de Pesquisas Econômicas. Apenas em 1973 é que a FIPE foi criada e ficou responsável pelo cálculo do índice, que havia recebido o nome de IPC um ano antes.

Para calcular a inflação na cidade, o índice considera o custo de vida de famílias paulistas que tenham renda entre um e dez salários mínimos ao mês. O cálculo é feito mensalmente e mede a variação de preços para o consumidor.

As despesas consideradas não são sempre as mesmas. Elas são atualizadas constantemente, a depender de pesquisas de orçamentos familiares realizadas no local. Em seu site, a FIPE informa aos visitantes como funciona o sistema de ponderação do cálculo.

Para que serve o IPC-FIPE?

Como você viu, o principal intuito do IPC-FIPE é medir as variações da inflação no município de São Paulo. Pela semelhança em relação às especificidades, a região do ABC Paulista também pode ser representada nos resultados.

Ele não é o único indicador utilizado para medir a inflação no Brasil. Existem outros que funcionam de maneira diversa. O mais conhecido é, provavelmente, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Por sua particularização em São Paulo, o IPC-FIPE é o indexador oficial utilizado em contratos da prefeitura municipal desde 2013. Ele também tem importância nacional, pois foi um dos primeiros índices estabelecidos no país.

Assim, acabou servindo de referência para a criação de outros, que se baseiam em critérios diferentes para representar a inflação. Instituições como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inspiraram-se na metodologia do IPC-FIPE para criar indicadores próprios.

Como uma das principais formas de acompanhar a inflação em São Paulo, o IPC-FIPE também tem relevância ao mostrar informações sobre o nível de qualidade de vida na cidade. Afinal, as oscilações de preço ao consumidor têm influência direta no bem-estar das famílias.

Como o indicador é calculado?

Como você viu, o resultado do IPC-FIPE é divulgado mensalmente. O intervalo de tempo considerado para a realização das pesquisas de preço é entre o primeiro e o último dia do mês. Assim, até o décimo dia do mês seguinte os valores são publicados.

Além do valor correspondente ao mês de referência, a FIPE divulga as variações de preço das quatro semanas anteriores. Essa é uma forma de propagar mais informações e permitir que as pessoas tenham acesso a um breve histórico da inflação no período.

Para o cálculo do índice, a FIPE considera o mês por um padrão quadrissemanal, ou seja, os dados são coletados por um período de oito semanas. A cada período padrão, é feita a divisão dos preços médios das quatro semanas de referência pelas médias das quatro semanas anteriores.

Então, o cálculo do resultado mensal do IPC-FIPE ocorre incluindo os preços da última semana e descartando os do intervalo semanal mais antigo.

Nas pesquisas de preço são considerados itens fundamentais para as famílias paulistas, alocados em 7 grupos:

·         Habitação;

·         Alimentação;

·         Transportes;

·         Despesas pessoais;

·         Saúde;

·         Vestuário;

·         Educação.

Qual é a relação entre o IPC-FIPE e o mercado imobiliário?

Agora você sabe o que é e como funciona o IPC-FIPE. Mas, além de ter importância central quando se fala da inflação em São Paulo, qual seria a relação do índice com o mercado de imóveis?

Existem dois pontos relevantes sobre o assunto. Veja, a seguir, um pouco mais sobre cada um deles.

IPC-FIPE é referência para o aluguel

Quem tem familiaridade com o aluguel de imóveis sabe que, geralmente, existe o reajuste anual dos contratos de locação. É normal que se utilize um índice de inflação para corrigir o valor. Assim, o proprietário consegue ajustar sua renda sem perder valor para a inflação.

Como as variações de preço ao consumidor influenciam a rotina de todos, é natural que a pessoa que conta com a renda passiva do aluguel busque uma maneira de atualizar seus ganhos de acordo com elas. Então, se você é inquilino ou proprietário de imóveis deve ficar atento.

O IPC-FIPE é um índice muito utilizado em São Paulo para fazer a correção dos valores de um ano para o outro. Logo, acompanhá-lo mostra o quanto você pagará a mais pelo aluguel ou quanto receberá a mais do inquilino.

IPC-FIPE serve de base para análise de valorização

Outra função do IPC-FIPE no mercado imobiliário é servir como indicador base para verificar a valorização de imóveis. Investidores que buscam ganhos no mercado se beneficiam ao ficar atentos às oscilações da inflação na região de São Paulo.

Verificar que a valorização do imóvel ficou acima da inflação, por exemplo, é um bom sinal. Significa que seus investimentos podem trazer retornos financeiros mais atrativos,  proporcionando ganhos acima da inflação.

Portanto, é possível considerar o IPC-FIPE para verificar se o mercado imobiliário e os imóveis de sua propriedade valorizaram significativamente. A comparação mostra se os ganhos foram acima ou abaixo da inflação.

Neste post, você viu que, além de ser útil para analisar a inflação do município de São Paulo e de locais próximos, o IPC-FIPE pode ajudar o comprador ou investidor em imóveis a avaliar melhor as possibilidades do setor! Por isso, sem dúvida, vale a pena conhecê-lo!

Gostou deste conteúdo? Aproveite para saber mais sobre como funcionam os investimentos imobiliários!

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Você Apto
Leilão de móveis de apartamentos decorados: como funciona?

Os apartamentos decorados são ótimas ferramentas para vender um lançamento imobiliário, pois com eles os compradores podem ter uma ideia mais clara do que a planta do imóvel oferece e […]

Continue lendo
presentes para amigo-secreto
Dentro de Casa
10 dicas de presentes para amigo-secreto

A tradição de realizar a brincadeira de amigo-secreto não precisa ser chata e muito menos complicada. Afinal, existem diversas opções de presentes muito bacanas, basta usar a criatividade para fugir […]

Continue lendo
Decoração
Dicas de decoração de Ano-Novo

A decoração é sempre um dos elementos principais em uma festa, pois cria o ambiente de comemoração. Na festa de passagem do ano não poderia ser diferente: a decoração de […]

Continue lendo
Dentro de Casa
Ceia de Natal vegana: receitas para uma festividade leve

Épocas festivas pedem refeições especiais e, no Natal, uma data comemorativa com mesa farta e pessoas queridas reunidas, não poderia ser diferente.  Independentemente do estilo de vida e das opções […]

Continue lendo
sobremesas de natal
Dentro de Casa
Sobremesas de Natal: receitas fáceis e dicas de doces natalinos!

Depois de degustar a generosa ceia de Natal, nada melhor do que um docinho para fechar essa comemoração com chave de ouro, não é mesmo?  Assim como a decoração de […]

Continue lendo
Ceia de Natal
Dentro de Casa
Como preparar uma ceia de Natal completa: dicas, receitas e ideias!

It’s beginning to look a lot like christmas  Está chegando o Natal e, com ele, a nostalgia de mais um ano que se encerra, com a esperança de um novo […]

Continue lendo