Atrasei meu financiamento, o que devo fazer?

A conquista de um imóvel próprio é o sonho de muitos brasileiros. Porém, não é um sonho barato, por isso a maioria das pessoas, ao comprar um imóvel, opta pelo financiamento.

Um financiamento deve ser feito com muita atenção para que você não se comprometa com um gasto com o qual não poderá arcar no futuro.

Então, para entrar numa dívida como essa, você deve colocar tudo na ponta do lápis, calcular todas as despesas e fazer um financiamento que caiba no seu orçamento.

Como se sabe, porém, imprevistos acontecem e, de repente, você descobre que o financiamento não cabe mais no seu bolso e você não consegue pagar as parcelas.

E agora?

Mulher sem saber o que fazer

Se você ficar três meses sem pagar as parcelas do financiamento, o banco tem o direito de leiloar o seu imóvel.

Como funciona esse leilão?

Legalmente, o banco é obrigado a realizar um primeiro leilão, colocando o imóvel à venda pelo valor mínimo em que ele foi avaliado no período das preparações para o leilão. Caso o apartamento seja vendido por um valor superior ao da sua dívida com o banco, você fica com o valor excedente.

Se o imóvel não for vendido no primeiro leilão, um segundo leilão é realizado. 

Nesse segundo leilão, o banco tem o direito de colocar o apartamento à venda por um valor mínimo igual ao da sua dívida com ele. 

Caso o imóvel seja vendido pelo valor mínimo, você perderá o apartamento e não receberá nenhuma quantia do valor que já pagou. 

Por exemplo, você financiou um apartamento de R$ 1 milhão, já pagou R$ 500 mil, mas por algum motivo não pode continuar pagando as parcelas. O primeiro leilão não obteve lances e, no segundo, o apartamento foi vendido por R$ 500 mil. Você quita a sua dívida com o banco, mas acaba sem apartamento (e os R$ 500 mil que já foram pagos continuam com o banco).

Seguro habitacional

Quando se contrata um financiamento imobiliário algumas taxas extras obrigatórias são adicionadas ao valor de suas parcelas; uma delas  para pagar o seguro habitacional.

Portanto, caso o motivo do atraso do pagamento das parcelas seja morte ou invalidez permanente de um dos titulares do financiamento, o seguro pode ser acionado e a totalidade do valor devido será quitada.

O que fazer?

batata e moedas equilibradas em uma colher

Se o motivo do atraso não for um daqueles cobertos pelo seguro é preciso analisar a situação com atenção.

Você não conseguiu pagar a parcela por causa de algum acontecimento pontual, mas vai conseguir manter o financiamento no orçamento?

Se esse for o caso, vale a pena esforçar-se para levantar o dinheiro, seja vendendo algo de valor ou fazendo horas extras, e pagar as parcelas atrasadas para voltar tudo ao normal.

Mas se a situação for diferente, ou seja, você não está conseguindo pagar as parcelas e não possui perspectiva de encaixar esse gasto no orçamento futuro,  vale a pena conversar com o seu banco e ver se é possível diminuir o valor das parcelas e aumentar o período de pagamento.

Em último caso, tente vender o imóvel para um terceiro e usar o valor da venda para quitar a dívida com o banco; talvez ainda sobre um excedente.

Vender para um terceiro costuma ser melhor do que deixar o imóvel ir para leilão, pois normalmente você conseguirá um valor mais alto por ele.

Importante: sempre converse com o seu banco, afinal, a situação de inadimplência não é boa para nenhum dos lados. É mais interessante para o banco que você pague o financiamento até o final, por isso, sente-se com o seu gerente, explique a situação e veja se vocês conseguem chegar a uma solução.

Quer saber mais sobre financiamento?

Veja as outras matérias que fizemos sobre o assunto:

Financiamento bancário: como funciona?

Programa Minha Casa Minha Vida: Como funciona na prática

Descubra como funciona o sistema SAC de amortização

Tudo sobre o sistema Price de amortização

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Você Apto
Portabilidade de financiamento imobiliário: saiba tudo sobre o assunto!

Apesar de, geralmente, ser um plano de longo prazo, financiar um imóvel não significa ficar até o final no mesmo banco ou na mesma instituição financeira. Você sabia disso? Em […]

Continue lendo
Arquitetura
Tipos de suíte: entenda e escolha a sua

Atualmente, muitos critérios são levados em conta antes da compra de um imóvel. A quantidade de quartos, o tamanho do imóvel e o layout da planta são algumas das características […]

Continue lendo
Dentro de Casa
5 ideias de presentes para o Dia das crianças

Comemorado no Brasil desde 1924, o Dia das crianças é uma data muito esperada pelos pequenos. Esse dia costuma ser aproveitado com passeios divertidos, presentes e muita brincadeira. E não […]

Continue lendo
Arquitetura
Floating Glass Houses: a síntese do lazer de luxo

O lazer é parte essencial da vida e, para muitas pessoas, uma área bem estruturada e com opções diversas dentro do próprio condomínio é algo indispensável. Em empreendimentos de luxo, […]

Continue lendo
Você Apto
Valor venal do imóvel: o que é e como calcular esse índice?

Quando se fala no valor de um imóvel é comum que as pessoas pensem no quanto ele vale para compra ou venda, ou seja, em seu preço no mercado imobiliário […]

Continue lendo
Feirão da Caixa
Você Apto
Feirão da Caixa: o que é e como funciona?

Criado pela instituição financeira Caixa Econômica Federal, o Feirão da Caixa é um evento que oferece diversas condições, como maiores prazos de pagamento, bom crédito e menores taxas de juros, […]

Continue lendo