Seguro prestamista: o que é, vantagens e mais

    Seguro prestamista: o que é, vantagens e mais
    Beatriz Dilascio

    Por Beatriz Dilascio

    26 abril 2022

      Compartilhar esse post

      O seguro prestamista é voltado para contratações financeiras e, assim como outras modalidades de seguro, tem como objetivo proteger o contratante de riscos e algumas situações que podem acarretar danos a ele. 

      A contratação do seguro prestamista pode ser muito benéfica, principalmente quando pensamos que 24,8% das famílias brasileiras estão com suas contas atrasadas e 10,9% não possuem condições de pagá-las, segundo uma pesquisa feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

      Neste post, vamos te falar o que é o seguro prestamista, como ele funciona, o que ele cobre e como contratar, para que você possa tirar todas as suas dúvidas e contratá-lo com mais tranquilidade.

      O que é o seguro prestamista?

      Basicamente, o seguro prestamista é uma modalidade de seguro voltada para o pagamento de dívidas no caso de imprevistos que possam impedir o segurado de quitá-las.

      Ele pode ser aplicado para pessoas que possuem algum financiamento ou compra de veículos, consórcios, cartão de crédito, empréstimo pessoal, empréstimo consignado, condomínio e carnês de lojas.

      Caso a pessoa possua algum desses compromissos financeiros e acontecer algum imprevisto que a impossibilite de realizar o pagamento das parcelas, e que esteja listado na apólice de seguro, o seguro prestamista cobre o pagamento dessas parcelas, ou das dívidas, dependendo do caso.

      Portanto, o seguro prestamista garante mais tranquilidade e evita complicações financeiras, endividamento e inadimplência em momentos que podem ser difíceis tanto para o segurado quanto para a família. 

      Como ele funciona? 

      Vamos te explicar como funciona com exemplos práticos para que o entendimento fique mais fácil. Então, se alguém fez algum tipo de financiamento e depois de realizar o pagamento de algumas parcelas foi demitido de seu emprego, acabando com a sua principal fonte de renda, o seguro prestamista entra para realizar o pagamento das parcelas que ainda faltam. 

      O valor das parcelas restantes pode ser totalmente ou parcialmente quitado, dependendo do que foi estabelecido na apólice do seguro.

      Para poder acionar o seguro, é necessário que o segurado ou seu representante legal leve todos os documentos que comprovem a contratação do seguro e que comprovem o sinistro, diretamente na seguradora. 

      Qual o prazo de vigência do seguro prestamista?

      O prazo de vigência do seguro prestamista varia de acordo com o tempo de duração da dívida, portanto, caso a sua dívida dure 24 meses, o seu seguro terá a mesma duração. 

      Se, por acaso, a dívida for renegociada, é preciso haver um endosso no seguro para aumentar o prazo de vigência e para que os valores sejam recalculados. No certificado ou na apólice do seguro deve ser especificado o início e o fim da vigência do seguro.

      Situações cobertas pelo seguro prestamista

      Agora que você já sabe o que é o seguro, como ele funciona e qual o seu prazo de vigência, saiba quais são as situações cobertas pelo seguro prestamista. 

      Desemprego involuntário 

      Nesse caso, as pessoas que são contratadas sob o regime CLT e são demitidas, exceto por justa causa, podem acionar o seu seguro prestamista para quitar as dívidas.

      Para acionar o seguro, é preciso comprovar essa demissão com o termo de rescisão, o registro de carteira de trabalho ou outro documento que seja solicitado pela companhia de seguro. 

      Quando há uma demissão involuntária, a pessoa perde a sua principal fonte de renda, e o seguro prestamista te ajudará a quitar suas dívidas.
      Quando há uma demissão involuntária, a pessoa perde a sua principal fonte de renda, e o seguro prestamista te ajudará a quitar suas dívidas. Fonte: Pinterest

      Todos esses documentos servem para comprovar o sinistro que aciona a cobertura do seu seguro, e o valor da sua indenização será o estabelecido no contrato, que poderá pagar a dívida total ou parcialmente.

      Incapacidade física total ou temporária

      Em caso de acidentes ou doenças que impeçam a execução de atividades, o seguro prestamista também garante que as dívidas do segurado sejam pagas. 

      Lembrando que é importante apresentar os laudos médicos e outros documentos que possam comprovar a incapacidade física, total ou temporária, do segurado, para que ele possa acessar os benefícios do seguro. 

      Invalidez permanente por acidente

      Nessa situação, pode acontecer algum evento que cause invalidez permanente por algum acidente que o impeça de retornar ao mercado de trabalho, o seguro prestamista também cobrirá essa situação. 

      No caso de invalidez permanente por acidente, é necessário apresentar os laudos médicos para que o seguro seja acionado.
      No caso de invalidez permanente por acidente, é necessário apresentar os laudos médicos para que o seguro seja acionado. Fonte: Pinterest

      Assim como nas outras situações, os familiares, ou o próprio segurado, se possível, deve apresentar os laudos médicos e outros documentos que comprovem que o acidente aconteceu e provocou a invalidez permanente.

      Morte do segurado

      Caso a pessoa que possui o seguro venha a falecer, o seguro prestamista também cobre o pagamento das dívidas feitas pelo segurado antes de ocorrer o sinistro, dessa forma, o seguro evita que algumas dívidas acabem sendo herdadas pelos familiares.

      Para acionar o seguro, nesse caso, é importante levar a documentação que comprova o óbito, como um atestado médico, para que a cobertura do seguro prestamista possa acontecer.

      Como contratar o seguro prestamista?

      O seguro prestamista só pode ser contratado no momento da aquisição do serviço, seja ele um empréstimo, seja um financiamento ou um consórcio. Caso a contratação do seguro seja feita diretamente com a mesma empresa, o valor do seguro já poderá ser somado ao valor das parcelas. 

      Algumas seguradoras são a Caixa, o Santander, a Sicred, o Bradesco, Icatu Seguros, BMG, entre outras, para que você possa escolher a que mais se adéque ao que deseja e às suas condições. 

      Na hora da contratação, leia o contrato com muita atenção e tire todas as dúvidas que surgirem; dessa forma, tanto você (segurado), quanto as pessoas que indicará a aquisição estarão cientes de todas as condições.

      Leia o contrato na íntegra com atenção e tire todas as suas dúvidas.
      Leia o contrato na íntegra com atenção e tire todas as suas dúvidas. Fonte: Pixabay

      Observe também todos os valores sobre a cobertura do seguro, assim como os procedimentos que devem ser feitos para receber a indenização, com o acionamento do seguro. Como calcular o valor do seguro prestamista?

      O valor do seguro prestamista é calculado com base em diversas variáveis e critérios que a seguradora utiliza para avaliar qual é o risco de um dos sinistros que ele cobre acontecer. 

      Quanto maior o risco de acontecer alguma situação inesperada, maior será o valor do seguro, pois a seguradora entenderá que as chances de o segurado acionar o seguro são maiores; caso as chances do acionamento sejam baixas, o valor será menor. 

      Os critérios utilizados para calcular o valor do seguro prestamista são: valor total da dívida, número de prestações, idade, condições e histórico de saúde. Com todos esses pontos analisados, é fechado o valor que deverá ser pago.

      Quais são as principais vantagens envolvidas?

      Se você ainda tem dúvidas sobre a contratação do seguro prestamista, vamos te ajudar com isso elencando as principais vantagens de ser assegurado pelo prestamista. Confira!

      Isenção de inadimplência

      Com a proteção do seguro prestamista, você fica isento de inadimplência e não corre o risco de sujar o nome caso aconteça algum imprevisto e não consiga realizar o pagamento da dívida. 

      Garantia dos bens

      Como falamos anteriormente, o seguro prestamista garante algumas coberturas, e uma delas é referente à morte e à invalidez permanente por acidente, as duas causas mais delicadas. 

      Por isso é uma situação na qual os familiares estão abatidos e com muitas preocupações, dessa forma, o seguro acaba aliviando as consequências, pois se o segurado tem alguma dívida, ela será quitada e a família não precisará se preocupar com isso.

      Segurança e tranquilidade

      Ter a segurança e a tranquilidade de estar assegurado em diversos possíveis acasos do dia a dia sem ter a preocupação de deixar uma dívida para seus familiares é algo que não tem preço. 

      Gostou do conteúdo? Confira mais matérias que vão te ajudar na jornada de compra de um imóvel:

      Quer relatar sobre algum erro?

      Avise a gente

      LEIA TAMBÉM
      Posts relacionados
      News do Live

      Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

      Seu melhor e-mail