Quanto custa sair do aluguel e conquistar o próprio apartamento?

    Quanto custa sair do aluguel e conquistar o próprio apartamento?
    Vince

    Por Vince

    22 março 2022

      Compartilhar esse post

      Quer adquirir seu apartamento, mas não sabe bem como fazer? Pois neste conteúdo, listamos várias dicas do que fazer!

      Você vai acompanhar quais os custos de adquirir um imóvel, dicas de como pagar por ele e mais. Continue lendo para saber!

      Imóvel próprio ou aluguel?

      Manter-se no aluguel é uma opção melhor quando só se está de passagem pela cidade. Talvez você more agora onde vai passar apenas alguns anos, ou então está pretendendo se mudar por um tempo para outro local. Neste tipo de situação, o aluguel será mais prático e menos definitivo, que é o que você precisa.

      Agora, se pretende se manter no mesmo lugar por muito tempo, o melhor será adquirir um imóvel.

      Comprando seu apartamento, você vai ter um bem valioso. Além disso, vai poder usar o dinheiro que pagaria de aluguel para quitar as parcelas do financiamento do seu imóvel.

      Outra vantagem de comprar um bem assim é que você poderá fazer todas as modificações que quiser nele. Sem precisar de autorização de ninguém, porque o espaço será seu. 

      Mas vale dizer que é preciso se preparar bem para comprar um apartamento. Se você vai fazer um orçamento, precisa ter a certeza de que vai conseguir pagar as parcelas em dia, sem ter problemas financeiros depois.

      Qual o momento ideal de comprar um apartamento?

      O melhor momento para comprar um apartamento é depois de você ter conseguido juntar um bom valor para entrada.

      Geralmente, é preciso dar ao banco 30% do valor total do apartamento. Apenas assim o financiamento é liberado, e você poderá comprar seu imóvel.

      Por isso, já pesquise qual espaço você quer comprar. A partir daí, fica mais fácil saber qual o preço médio dele para calcular o quanto precisará economizar.

      Então, será a hora de reorganizar seu orçamento para cortar gastos e fazer uma boa poupança para dar como entrada.

      Afinal, quanto custa? Entenda os custos envolvidos

      Quer comprar um apartamento, mas não sabe bem quais serão os custos dele. A seguir, contamos como você precisa se organizar para pagá-lo.

      Custo de aquisição do apartamento

      Os preços dos apartamentos no mercado podem ser bem variados. Eles vão mudar de acordo com o tamanho do espaço, com sua localização, com as comodidades do condomínio e mais.

      Por isso, na hora de comprar seu imóvel, tenha a certeza de pesquisar bastante e comparar suas opções. Assim, você terá mais segurança de adquirir um bem vantajoso e em conta.

      Gastos adicionais

      Os gastos adicionais na hora de comprar um apartamento são dois. Primeiro, os de registro. Você vai precisar, por exemplo, transferir o imóvel para o seu nome e isso tem um custo.

      O outro gasto comum é o de reforma. Mesmo que o apartamento seja novo em folha, você pode precisar corrigir algum problema ou, ao menos, pintar as paredes. 

      Além disso, assim como ao adquirir um novo carro contratamos um seguro auto para evitar imprevistos, em alguns casos também você pode precisar contratar um seguro residencial para estar precavido.

      Assim, na hora da sua compra, é importante também incluir esses gastos no seu planejamento financeiro.

      Contas de consumo

      As contas de consumo vão começar a chegar logo depois da mudança para o apartamento. Elas vão ser a conta de energia elétrica e a de água, e você também pode querer contratar internet, TV a cabo etc.

      Ainda, é comum que haja a taxa de condomínio, cobrada de todos os moradores para a manutenção do prédio.

      Como custear um apartamento

      Para adquirir seu apartamento, é provável que você precise financiá-lo. Afinal, este é um bem caro, e guardar todo o dinheiro necessário para a compra vai demorar anos.

      A seguir, contamos duas formas de você comprar seu apartamento: o financiamento e o empréstimo.

      Financiamento

      No financiamento, o banco vai pagar pelo apartamento, e depois você vai quitar as parcelas dele ao banco.

      É a alternativa mais comum para adquirir um imóvel, e também tem juros mais baixos. Um financiamento pode durar, em média, cerca de 30 anos, então você vai ter bastante tempo para colocar fim nas parcelas. Essa é uma vantagem, pois assim as prestações tendem a ficar mais baixas por mês.

      Empréstimo

      O empréstimo é outra opção para você comprar seu imóvel, mas é preciso atenção. Essa modalidade de crédito pode ter juros altos, e é fundamental escolher um banco com condições melhores.

      Neste caso, você vai pegar o dinheiro emprestado e comprar seu imóvel. Então, depois vai quitar os valores ao banco, com parcelas mensais.

      Use o planejamento de maneira estratégica

      Como falamos, adquirir um apartamento é uma tarefa cara e precisa ser muito bem-planejada. Dessa forma, você vai conseguir pagar pelo imóvel sem problemas. 

      Por isso, comece entendendo qual a sua renda hoje e quais são os seus gastos. Em seguida, verifique que gastos você pode cortar, e então qual seria sua economia mensal.

      A próxima etapa é conferir quanto você já tem de reserva financeira que poderia ser usada para comprar seu imóvel.

      Fazendo esses cálculos, você vai saber de quanto ainda precisa. A partir daí, vai poder planejar um passo a passo de quanto e como economizar, e o prazo em que vai fazer isso. Definir essas metas é essencial, pois elas vão servir como estímulo para a tarefa.

      Antes da compra, não se esqueça de planejar também o pagamento das parcelas do empréstimo ou do financiamento. Calcule qual o valor ideal da prestação, para que caiba no seu orçamento, e procure ficar dentro desse limite.

      Dessa forma, você vai conseguir controlar suas finanças e não deixar nenhum pagamento atrasar. Isso é essencial para prevenir os juros e uma dívida ainda maior.

      Considerações finais

      Comprar o próprio apartamento é o sonho de muita gente, e pode se tornar realidade, sim, com um bom planejamento.

      Mas é preciso dizer que, para realizar esse sonho, você pode precisar esperar uns bons anos. Afinal, será preciso juntar dinheiro pelo menos para entrada, e depois ter a certeza de que vai conseguir pagar as parcelas.

      Mas não desanime! Se você começar desde já, vai poder realizar seus planos mais cedo do que imagina.

      De qualquer forma, já vale a pena ir imaginando como será seu apartamento e o que você vai fazer quando o comprar. Isso vai servir de incentivo para realizar seus planos!

      Conheça imóveis em lançamento. Confira os Imóveis!

      Quer relatar sobre algum erro?

      Avise a gente

      LEIA TAMBÉM
      Posts relacionados
      News do Live

      Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

      Seu melhor e-mail