Piso aquecido: como funciona, vantagens e mais

    Piso aquecido: como funciona, vantagens e mais
    Victória Baggio

    Por Victória Baggio

    11 maio 2022

      Compartilhar esse post

      Atualmente, fala-se muito sobre a casa como refúgio, lugar de conforto e aconchego. Nesse sentido, o piso aquecido é um ótimo aliado para um lar acolhedor e quentinho. 

      Contar com piso aquecido em alguns espaços do lar pode ser benéfico para o conforto, a saúde e o bem-estar de toda a família.

      A seguir, confira o que é, como funciona e quais as vantagens de ter um piso aquecido em casa.

      O que é piso aquecido

      É um sistema de aquecimento, ou seja, uma infraestrutura instalada embaixo do chão dos espaços para mantê-los a uma temperatura agradável a qualquer dia e hora do ano.

      Conhecido como piso aquecido ou piso radiante, é muito utilizado em países cujo inverno é mais rigoroso ou casas que não contêm isolamento suficiente para manter uma temperatura confortável no seu interior.

      Como funciona

      A lógica e sua eficiência é simples e pode ser facilmente compreendida através de um conceito básico de física: o calor de uma superfície tende a propagar-se de baixo para cima – por convecção – portanto, ao aquecer o piso, aquece-se o ar de todo o ambiente. 

      Imagem ilustrativa das camadas de um piso aquecido.
      Imagem ilustrativa das camadas do piso. Fonte: Quarenta e quatro

      Ele é composto por um conjunto de cabos calefatores, dispostos abaixo do contrapiso. Ao acionar o sistema, o piso é aquecido gradualmente, e após uma hora ligado já é possível notar o aumento da temperatura do espaço, de maneira sutil e agradável.

      Opções de piso aquecido 

      Existem dois modelos principais de funcionamento: elétrico e hidráulico. A lógica de ambos é a mesma, o que muda é o método a partir do qual funcionam, através de eletricidade ou de água. 

      Elétrico

      Piso aquecido elétrico antes de receber o contrapiso e o pavimento.
      Piso aquecido elétrico antes de receber o contrapiso e o pavimento. Fonte: Tercesa

      O modelo elétrico é composto por resistências ⏤ cabos calefatores ⏤, ou uma manta, colocados embaixo do contrapiso. 

      O controle do sistema é realizado através de um termostato, normalmente instalado na parede próximo à entrada do ambiente, onde o usuário controla seu funcionamento e a temperatura desejada. 

      Este modelo é o mais utilizado em construções novas e o mais recomendado para reformas ou projetos que planejam a instalação do piso somente em alguns ambientes específicos da casa.

      Hidráulico

      Piso aquecido hidráulico antes de receber o contrapiso e o pavimento.
      Piso aquecido hidráulico antes de receber o contrapiso e o pavimento. Fonte: This Old House

      Já o piso aquecido hidráulico é realizado de uma tubulação de água colocada embaixo do contrapiso. A água do sistema é aquecida por uma caldeira, geralmente à gás, instalada em alguma zona de serviço da casa, como cozinha, lavanderia ou garagem.

      Este modelo é normalmente utilizado em espaços de maior área, a partir de 400 m², por exemplo, pois demanda mais energia para funcionar.

      Vantagens de morar em uma casa com piso aquecido 

      O piso aquecido é um dos sistemas de calefação mais queridos pelos seus usuários, principalmente pelo seu conforto no uso diário. Afinal, nada melhor do que chegar em casa após um dia de inverno e ter um espaço aquecido e ainda poder contar com o fator sensorial de pisar em um chão quentinho.

      Além do conforto, este método de aquecimento contém diversas vantagens na  instalação, na manutenção, na durabilidade, no custo e na eficiência.

      Ele pode ser instalado de maneira prática em imóveis em etapa de construção, por isso, caso esteja pensando em colocá-lo na sua casa, o mais recomendado é ter isso em conta ao comprar o apartamento em planta ou antes da colocação do contrapiso.

      Mas se desejar inserir piso aquecido a uma construção existente, sem problemas. Neste caso, recomenda-se optar pelo piso elétrico, por ter mais fácil instalação, requerer menos altura e por ser uma obra seca.

      O conforto de um ambiente com piso aquecido.
      Proporciona maior conforto ao ambiente. Fonte: Unsplash

      Uma característica essencial é a qualidade do ar do ambiente, ao contrário do ar-condicionado, que acaba secando o ar, ou de uma lareira, que queima oxigênio, o piso aquecido esquenta o ar do ambiente sem alterar sua qualidade, mantendo-o agradável e úmido na medida certa.

      Ao possibilitar ambientes confortáveis termicamente, diminui as possibilidades de resfriados de seus usuários, algo bastante benéfico em lares com crianças, idosos e pessoas alérgicas ou com problemas respiratórios. 

      Além de tudo isso, ele ainda não é comum a todos os imóveis, o que agrega valor à casa ou ao apartamento. 

      Melhores espaços para colocar

      Ele é um sistema de calefação que pode ser colocado em toda a superfície interior da casa e que também possibilita a instalação apenas em lugares específicos, onde o usuário julgue necessário.

      Ambientes de brincar com piso aquecido.
      Ambientes de brincar com piso aquecido. Fonte: Unsplash

      Caso opte por colocar esse piso somente em alguns ambientes, para ser mais econômico, escolha os espaços mais frios da casa, como banheiros, e lugares onde a família passa mais tempo, como espaços de estar.

      Ele também é um ótimo aliado em ambientes de brincadeiras ou atividades físicas realizadas diretamente no chão. 

      Qual o melhor material para ambientes com piso aquecido

      Um elemento importante a considerar para maximizar a eficiência é o pavimento do ambiente em questão, pois há materiais que transmitem melhor o calor que outros.

      Os pisos frios são os que melhor transmitem calor por convecção, portanto são a melhor opção. Porcelanatos e cerâmica são os mais recomendados. 

      Já os pisos vinílicos, embora tenham alta condutividade térmica e, portanto, distribuam o calor de maneira rápida e uniforme, também esfriam rapidamente. Ao não conter inércia térmica, uma vez desligado o sistema, a temperatura do ambiente diminui em pouco tempo.

      Caso opte por piso de madeira natural, tenha cuidado, pois é um material que contrai e expande de acordo com a variação da temperatura, portanto, o sistema de aquecimento deve ser mais suave e controlado.

      Já o piso laminado não apresenta este problema, sendo mais adequado na utilização de ambientes com piso aquecido. 

      Quando dentro de casa parece mais frio do que fora 

      No Sul do Brasil, por exemplo, o período do inverno apresenta temperatura média de 10 graus, e ainda existem regiões cujo número pode ser bem mais baixo do que isso, aproximando-se de zero graus. Apesar disso, a maioria das casas e construções locais não contam com o isolamento adequado ou sistemas de calefação.

      O resultado disso é que, muitas vezes, a sensação térmica no interior é quase a mesma do que a do exterior, causando desconforto nos seus usuários, além de propiciar resfriados.

      Para solucionar este problema, ele é uma ótima solução, pois pode ser instalado tanto em construções novas como já existentes, garantindo o conforto térmico da casa. 

      Não espere o inverno chegar 

      Sabemos que, após a compra de um imóvel, existem vários passos até chegar o esperado momento da mudança, e planejar isso considerando seu estilo de vida é essencial para um morar confortável e sem problemas.

      Prever necessidades e desejos futuros é algo muito importante nesta etapa; o piso aquecido é um ótimo exemplo disso. Portanto, não espere o inverno chegar, e planeje desde o início uma casa confortável e aquecida.

      Quer ajuda para encontrar o imóvel ideal? Confira os imóveis:

      Confira imóveis prontos para morar. Confira os imóveis

      Quer relatar sobre algum erro?

      Avise a gente

      LEIA TAMBÉM
      Posts relacionados
      News do Live

      Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

      Seu melhor e-mail