Como economizar energia elétrica em casa? Confira tudo o que você precisa saber!

    Como economizar energia elétrica em casa? Confira tudo o que você precisa saber!
    Vince

    Por Vince

    17 dezembro 2020

    Você já se surpreendeu ao receber sua conta de luz? É muito comum que as pessoas busquem dicas de como economizar energia depois de passar por isso e existem alguns aspectos importantes para pensar sobre o assunto.

    Um deles é a variação de preço por conta das bandeiras tarifárias — recurso usado para tentar equilibrar o consumo e a produção em épocas de seca. Além disso, a forma como os brasileiros utilizam os aparelhos elétricos também influencia diretamente na conta. 

    Pensando nisso, temos uma série de informações que vão ajudá-lo a utilizar a energia elétrica de forma consciente. Você verá, neste guia completo, quais são os aparelhos que consomem mais energia e acompanhará dicas valiosas sobre como economizar energia elétrica no seu dia a dia. 

    Vamos lá?

    Por que economizar energia elétrica em casa?

    Interceptor - por que economizar energia elétrica.

    Economizar energia elétrica traz diversos benefícios, tanto para sua vida pessoal quanto para seu papel de cidadão — como membro de uma sociedade. Afinal, essa é uma forma de contribuir com o meio ambiente.

    As hidrelétricas — maiores responsáveis pela geração de energia elétrica no Brasil — causam impactos no clima, na vegetação, na fauna brasileira e nos recursos minerais. Assim, quanto mais comedido for o uso dos seus recursos, menores serão os impactos negativos.

    É claro que não podemos deixar de lado os efeitos em menor escala. Outra vantagem de adotar medidas para economizar energia é trazer economia diretamente para o orçamento familiar por causa da redução do valor da conta de luz. 

    Quais são os aparelhos domésticos que mais consomem energia?

    Para saber como economizar energia, é necessário descobrir o que faz o valor da conta de luz aumentar. Afinal, existem aparelhos e hábitos que podem encarecer seus custos mensais.

    Gráfico mostra o consumo estimado dos principais aparelhos elétricos da sua residência. Assim, você pode economizar energia elétrica, poupar seu bolso e contribuir com um mundo mais sustentável.
    Gráfico mostra o consumo estimado dos principais aparelhos elétricos da sua residência. Fonte: Live

    Vamos ajudar você a dar o primeiro passo para manter suas economias em ordem. Preparamos a seguir uma lista com os aparelhos domésticos que mais consomem o recurso.

    Confira!

    Ar-condicionado

    Sem dúvida, o ar-condicionado encabeça a lista dos eletrodomésticos que mais consomem energia elétrica. Resfriar um ambiente inteiro demanda grande atividade. Por isso, muitas pessoas sentem o impacto do seu uso nos meses de temperaturas elevadas.

    Um exemplo prático: considere o preço do quilowatt de energia em São Paulo a R$ 0,80. Um ar-condicionado de 12 mil BTUs apresenta um consumo de 1,4 kW por hora. 

    Logo, se você liga o aparelho todos os dias, durante 8 horas, ao final do mês terá consumido 336 quilowatts. Nesse exemplo, o ar-condicionado sozinho seria responsável por um gasto de R$ 268,80 mensais.

    Chuveiro elétrico

    Chuveiro elétrico.

    Se o ar-condicionado é o vilão da conta de energia elétrica no verão, o chuveiro elétrico pode ser o seu inimigo em qualquer época do ano – especialmente no inverno. Vamos explicar por meio de um exemplo.

    Imagine um chuveiro de 7.500 W de potência, utilizado todos os dias durante 15 minutos, pelos membros de uma família de 4 pessoas. Isso representa 1 hora de banho quente por dia (ou 225 kW por mês).

    Considerando os mesmos R$ 0,80 do exemplo anterior, são R$ 180,00 reais gastos apenas com o uso do chuveiro elétrico. Assim, o impacto no orçamento da família pode ser muito relevante.

    Cooktop elétrico

    O cooktop elétrico tem despertado o interesse de muitos brasileiros. Além do design arrojado, que embeleza qualquer cozinha, ele é fácil de limpar e possibilita um melhor aproveitamento do espaço.

    Entretanto, infelizmente o consumo de energia não é uma de suas vantagens. Em especial, para as famílias que costumam utilizar diversas bocas do cooktop juntas. 

    Nesse caso, o consumo elétrico mensal pode chegar aos 68,50 kW por mês, ou R$ 54,80, considerando nosso exemplo.

    Geladeira

    A geladeira tem um peso importante na conta de luz. Afinal, ela é um dos únicos eletrodomésticos de uma casa que fica ligado o dia inteiro. Não é possível economizar tirando o aparelho da tomada, pois colocaria em risco a qualidade dos alimentos.

    Felizmente, existe um esforço por parte dos fabricantes em produzir geladeiras mais econômicas. Por esse motivo, seu consumo é muito relativo e depende de outras variáveis, como marca, tamanho e modelo.

    Videogame

    O videogame consome uma quantidade significativa de energia elétrica.

    O videogame é responsável por uma quantia significativa do consumo de energia elétrica de algumas famílias. O custo, no entanto, é relativo. Ele varia de acordo com o aparelho — um PlayStation 4 (PS4), por exemplo, pode consumir até 181 kW por hora — e com a dinâmica de uso. 

    É preciso lembrar que ele não funciona sozinho. Ou seja, demanda também a utilização de uma TV. Além disso, nem sempre o aparelho é utilizado somente para games

    Muitas pessoas fazem uso do videogame, por exemplo, na função chromecast dispositivo que transforma a televisão comum em Smart TV. Consequentemente, o uso pode se estender por horas (assim como elevar os gastos de energia).

    Outros recursos e materiais

    Vale a pena lembrar que não são apenas os eletrodomésticos e os eletrônicos que consomem energia em uma residência. Lâmpadas e outros recursos de iluminação também  impactam na conta de eletricidade.

    Embora haja recursos que minimizam seus impactos, como lâmpadas que funcionam com energia solar ou bateria, é impossível viver na escuridão e muito difícil não contar com a comodidade dos interruptores. 

    Qual é o horário em que se gasta mais energia elétrica em casa?

    Se você busca formas de economizar energia elétrica em casa, é também importante saber os horários em que se gasta mais energia. Geralmente, as pessoas consomem mais recursos que demandam eletricidade no período noturno.

    Famílias cuja rotina é crianças na escola e adultos no trabalho durante o dia costumam se encontrar em casa ao final da tarde. Como o sol já não está mais presente, é hora de acender luzes, assistir televisão, usar o computador e outros aparelhos.

    Controle remoto sendo direcionado à televisão.

    Assim, esse é um horário de intenso uso. Além disso, dependendo da região, da estação do ano e do perfil dos moradores, a madrugada ainda apresenta gastos significativos — como ar-condicionado, ventiladores ou iluminação artificial.

    Qual seria, então, o melhor horário para economizar energia? Na verdade, cada período possibilita uma economia diferenciada no uso da eletricidade. Por exemplo, durante o dia, a luz natural permite que as lâmpadas permaneçam desligadas.

    À noite, a economia é mais desafiadora. Contudo, é possível aproveitar o período para regular o uso de aparelhos elétricos e buscar formas de gastar menos energia. Durante o sono, pode ser interessante desligar aparelhos da tomada para poupar.

    Qual é a melhor forma de economizar energia?

    Você gostou de saber quais são os aparelhos que mais consomem eletricidade e os horários que podem promover economia? Além de entender isso, a melhor forma de economizar é conhecer o próprio padrão de consumo. 

    Ao conhecer nossos hábitos e saber como eles podem influenciar na conta de luz, é possível mudar alguns comportamentos e aderir a uma rotina mais sustentável. O uso de alguns elementos da arquitetura e da decoração também pode contribuir com o processo. 

    Existem casas e apartamentos, por exemplo, projetados para aproveitar melhor a luz natural, reter o calor no inverno e funcionar como uma estrutura térmica no verão. Com a junção de estratégias, é viável economizar.

    15 dicas para economizar energia elétrica em casa

    Chegou a hora de você saber como aplicar todas as informações dadas até agora. Preparamos um passo a passo com 15 dicas práticas para economizar energia elétrica em casa e contribuir com o meio ambiente e com o seu bolso.

    Aproveite! 

    1. Troque as lâmpadas

    Lâmpadas de diversos tamanhos e cores.

    Existem muitos tipos de lâmpadas no mercado. As lâmpadas amarelas podem trazer prejuízos para o seu orçamento. Por isso, os dispositivos fluorescentes são boas opções. Eles custam um pouco mais, mas compensam em durabilidade e economia de energia.

     2. Aproveite a iluminação natural

    Aproveite a luz do dia para deixar as lâmpadas apagadas! Algumas orientações úteis são: manter as janelas abertas, ter tetos e paredes pintados de branco e azulejos claros, pois eles contribuem para que o ambiente exija menos iluminação artificial durante o dia. 

    3. Evite os banhos demorados

    Patinho de borracha dentro de uma banheira - banho.

    Como você viu, o chuveiro elétrico pode trazer muito impacto na conta. Logo, o ideal é tomar banhos rápidos para pagar menos.

    4. Mude a temperatura do chuveiro

    Outra dica sobre o chuveiro elétrico é regular a temperatura. Quanto mais quente, maior será o consumo de energia elétrica. Por isso, em dias de calor, procure desligar a chave ou optar pelo banho morno. 

    5. Dê atenção ao uso do ar-condicionado

    O ar-condicionado pode ser considerado indispensável em algumas épocas do ano, principalmente nas regiões mais quentes. Contudo, os impactos na conta de energia elétrica são grandes. 

    Algumas dicas para economizar são:

    • adquira modelos sinalizados com o selo de economia de energia;
    • certifique-se de que o aparelho é compatível com o tamanho do ambiente;
    • evite o resfriamento excessivo, ou seja, mantenha a temperatura regulada;
    • ligue o aparelho apenas quando alguém estiver no ambiente;
    • limpe os filtros com frequência. 

    6. Troque a velha geladeira

    Geladeira repleta de produtos. Além de os modelos mais atuais consumirem menos energia elétrica, a tendência é não apresentar problemas na borracha da porta.

    Geladeiras antigas consomem mais energia elétrica. Então, o indicado é trocar o modelo antigo por um modelo mais atualizado, que venha com o Selo Procel de Economia de Energia.

    Além de os modelos mais atuais consumirem menos energia, a tendência é não apresentar problemas na borracha da porta. Os aparelhos antigos podem apresentar dificuldades no fechamento.

    Se a sua geladeira já tem o Selo Procel, veja algumas formas de economizar:

    • esvazie a geladeira e deixe-a desligada antes de fazer uma viagem longa; 
    • evite abrir a porta várias vezes seguidas;
    • regule a temperatura de acordo com a estação do ano;
    • tenha atenção com a borracha da porta.

    7. Lave roupas apenas quando necessário

    Lavar roupa com frequência pode representar um aumento expressivo na conta de energia elétrica. Por isso, procure acumular as peças e colocá-las na máquina apenas quando atingir o volume indicado pelo fabricante.

    8. Use fotocélulas em áreas externas

    Residências com área externa e varandas não precisam perder o charme e a segurança de uma boa iluminação para economizar energia. A tecnologia das lâmpadas fotocélulas contribui para que o ambiente se mantenha iluminado na ausência de luz natural.

    O dispositivo é acionado automaticamente quando alcançado pela sombra e se apaga assim que o sol nasce. Isso evita que a luz fique acesa por um tempo maior que o necessário.

    9. Adote luminárias solares

    Luminária solar.
    Luminária solar. Fonte: Amazon

    Junto com as fotocélulas, você também pode instalar algumas luminárias solares. Tais dispositivos não usam energia elétrica, pois são abastecidos com energia solar durante o dia. Assim que escurece, os refletores se acendem sozinhos.

    10. Desligue os aparelhos da tomada

    Mesmo que os aparelhos eletrodomésticos e eletroeletrônicos estejam desligados, eles podem consumir energia quando plugados na tomada. Portanto, sempre que encerrar o uso, procure desligá-los por completo.

    11. Mantenha distância entre o fogão e a geladeira

    Você sabia que, se o fogão e a geladeira ficam próximos, eles podem consumir mais energia? Isso acontece por causa da variação de temperatura. O calor do fogão pode fazer com que a geladeira trabalhe mais. Então, mantenha distância entre eles.

    12. Controle a intensidade da luz com dimmers

    Dimmer que controla a intensidade da luz, promovendo energia elétrica.
    Dimmer. Fonte: Ilumisul

    Os dimmers são dispositivos que permitem controlar a intensidade da iluminação do ambiente. Isso significa que não é preciso utilizar 100% da capacidade de uma lâmpada, por exemplo. É mais uma técnica que pode promover economia.

    13. Decore a casa com espelhos

    Assim como usar tinta branca e azulejos claros, usar espelhos na decoração também influencia na luminosidade do ambiente. Eles ajudam a refletir a luz natural, diminuindo a necessidade do uso de lâmpadas durante o dia.

    14. Use um temporizador

    Os temporizadores acionam as luzes por meio de um sensor de movimento. Você pode instalar o dispositivo em áreas de pouca circulação, como corredores e áreas externas. Dessa forma, as lâmpadas são usadas apenas quando necessário.

    15. Contrate um eletricista

    Eletricista.

    Muitas vezes, as residências apresentam um consumo mais alto de energia por conta de problemas elétricos. Um teste simples que verifica isso é apagar as luzes e tirar os aparelhos elétricos da tomada. 

    Se o medidor de luz apresentar atividade alguns minutos depois que tudo estiver desligado, é sinal de alerta. Problemas na fiação podem causar a chamada fuga de energia e, com isso, aumentar o consumo. É interessante contratar um eletricista para fazer a manutenção.

    Gostou das nossas dicas sobre como economizar energia elétrica? Esperamos que consiga adotar nossas sugestões como um hábito. Dessa forma, além de equilibrar as contas pessoais, você também cumpre com uma parcela de responsabilidade social. Afinal, o consumo consciente faz bem para o planeta!

    Você sabia que a sustentabilidade e a economia andam de mãos dadas com a tecnologia? Então dê uma olhada em nosso conteúdo sobre as casas do futuro e saiba mais sobre essa relação!

    Para resolver detalhes importantes que envolvem sua conta de luz, seja obter a 2ª via da fatura, realizar a troca de titularidade ou conhecer os canais pelos quais pode entrar em contato, você pode acessar nossos conteúdos da série “Resolvendo a vida”. Confira:

    Categorias
    Vince
    Conteúdo criado por:Vince
    Desde o primeiro dia do Apto, se dedica a ajudar as pessoas a encontrarem o imóvel dos sonhos, por meio de dicas valiosas e muita informação!

    Quer deixar um comentário ou relatar algum erro?

    Avise a gente
    Onde você deseja morar?More bem, viva melhor
    BUSCAR
    Logo Apto Branco
    LEIA TAMBÉM
    Posts relacionados
    News do Live

    Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

    Seu melhor e-mail