Como declarar um imóvel no Imposto de Renda 2022

    Como declarar um imóvel no Imposto de Renda 2022
    Lucas Vogan

    Por Lucas Vogan

    19 março 2020

      Compartilhar esse post

      Declarar um imóvel no Imposto de Renda 2022 pode parecer uma das tarefas mais chatas do início do ano. Ainda assim, o documento deve ser preenchido e exige muita atenção de quem fica encarregado, principalmente quando o assunto é declaração de imóveis.

      Para que você não enfrente nenhum problema, aqui vão algumas dicas para te ajudar nessa tarefa.

      Passo a passo da declaração de um imóvel no IR

      1) Imóveis devem ser discriminados na ficha de “Bens e Direitos”. Se for um apartamento, a declaração fica na linha 11; se for uma casa, a declaração fica na linha 12. Agora, se for um terreno, vá para a linha 13.

      Print da tela que indica o primeiro passo para declarar um imóvel no Imposto de Renda

      2) O ideal é fornecer o máximo de informações possíveis na discriminação. Escreva de quem era o imóvel, quando você efetivou a compra, se o imóvel era financiado, se era um imóvel na planta, entre outros dados de aquisição. Há um espaço reservado para especificar o endereço do imóvel, a inscrição municipal, a data da compra e a área total do terreno.

      Print da tela que indica o segundo passo para declarar um imóvel no Imposto de Renda

      3) O valor a ser declarado é a quantia pela qual o imóvel foi adquirido. Mesmo que possa haver valorização depois, o que importa é quanto você pagou.

      4) Se o seu imóvel foi comprado e financiado em 2020, você deve preencher o campo “Situação em 31/12/2019” com “R$ 0” e o campo “Situação em 31/12/2020” com o valor da entrada somado ao valor total das parcelas pagas até aquele momento.

      5) Se o seu imóvel foi comprado e financiado antes de 2020, você deve somar o valor declarado em 2019 com as parcelas pagas ao longo do ano passado e escrever o total em “Situação em 31/12/2020”. O campo “Situação em 31/12/2019” permanece com o mesmo valor declarado no início de 2020.

      6) Se o seu imóvel foi comprado à vista em 2020, apenas preencha o campo “Situação em 31/12/2019” com “R$ 0” e o campo “Situação em 31/12/2020” com o valor total do imóvel.

      7) Se o seu imóvel foi quitado em 2019, você deve preencher os campos “Situação em 31/12/2019” e “Situação em 31/12/2020 com o mesmo valor”.

      8) Se você vendeu o seu imóvel em 2020, é necessário declarar essa ação. Basta preencher o campo “Situação em 31/12/2019” com o valor do imóvel quitado e o campo “Situação em 31/12/2020” com “R$ 0”. Por fim, é preciso informar o preço da venda e o CPF ou o CNPJ do comprador.

      9) Se você fez alguma reforma no imóvel, é necessário declarar os valores gastos nesse processo. O valor total também deve ser escrito na ficha “Bens e Direitos”, mas na linha 17. Além disso, todos os comprovantes referentes à reforma devem ser guardados e você deve informar em qual imóvel aconteceu o serviço.

      Novos campos no imposto de renda

      O programa trouxe, esse ano, novos campos para que você identifique melhor o seu imóvel, veja a seguir quais são eles:

      1. O número da Inscrição Municipal IPTU, ele fica no campo descrito “inscrição cadastral” e o número pode ser encontrado na sua guia de arrecadação do IPTU;
      2. A data de aquisição, onde você deve preencher a data em que você adquiriu o imóvel;
      3. O campo “Logradouro/Número/Complemento/Bairro/UF/Município/CEP” deve ser preenchido com o endereço do seu imóvel;
      4. Na área total do imóvel, você deve preenche-la com a área em metros quadrados ou hectares;
      5. No campo “Registrado no Cartório de Registro de Imóveis”, você deve dizer se o imóvel é registrado ou não;
      6. Para aqueles imóveis que são registrados, deve ser colocado o nome do cartório onde o mesmo foi registrado, no campo “Nome Cartório”;
      7. Por fim, temos o campo “Matrícula do Imóvel”, onde você deve colocar o número de matrícula do imóvel.

      Olhando assim, nem parece mais um bicho de sete cabeças declarar seu imóvel no Imposto de Renda, não é?! Aproveite as dicas e não deixe de preencher a sua declaração até o dia 30 de abril. É só fazer o download do programa e começar a declarar.

      Quer relatar sobre algum erro?

      Avise a gente
      LEIA TAMBÉM
      Posts relacionados
      News do Live

      Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

      Seu melhor e-mail