12 jogos e brincadeiras para fazer com as crianças em casa

12 jogos e brincadeiras para fazer com as crianças em casa
Vince

Por Vince

20 dezembro 2022

Jogos e brincadeiras são essenciais para contribuir com o desenvolvimento de habilidades físicas e cognitivas das crianças. Afinal, para crescerem saudáveis, as crianças precisam de meios que contribuam para isso.

O desafio, portanto, está em descobrir atividades criativas para fazer nas áreas comuns dos prédios e em casa, mesmo com pouco espaço.

Afinal de contas, independentemente do lugar em que moram, é necessário proporcionar condições favoráveis para a evolução cognitiva, motora, social e psicológica da criança. 

E para ajudar os pais nessa tarefa, preparamos este artigo para mostrar:

  • Jogos e brincadeiras que não dependem de muito espaço para brincar;
  • A importância das brincadeiras na educação infantil;
  • Como as brincadeiras entre pais e filhos aumentam o vínculo familiar.

Além disso, conhecerá mais de 12 sugestões de atividades simples que contribuirão com a educação e o aprendizado de seus filhos. Confira!

O que são jogos e brincadeiras?

Antes de tudo, vamos conhecer a definição de jogos e brincadeiras com suas distinções.

O termo jogos refere-se ao ato de jogar, que, em geral, possui regras obrigatórias e previamente definidas. Como acontece, por exemplo, com os jogos de xadrez, uno, baralho e outros.

Três crianças brincando em cima de um sofá cinza.
Quando as crianças jogam, além de se divertirem, elas aprendem a respeitar regras. Fonte: Pexels

Você mesmo deve conhecer as regras de alguns deles, afinal, jogar faz parte da história da humanidade. E o que precisa compreender, portanto, é a função deles na formação da criança, que pode ser: estimular a criatividade, respeitar regras e limites.

Já as brincadeiras, definem-se pela ação de brincar, de se divertir com amigos ou familiares. Elas não possuem regras estabelecidas, mas têm função de estimular as relações sociais, de organizar as emoções e contribuir na exploração de novas experiências.

Logo, conforme as definições, essas atividades são úteis para desenvolver autoconfiança, socialização, disciplina e outras habilidades fundamentais para a  evolução das crianças.

Qual a importância de jogos e brincadeiras na educação infantil?

Quando analisamos essas definições, compreendemos a preocupação dos pais para encontrar atividades que contribuam com o crescimento saudável de seus filhos.

Pai brincando com a filha, pintando uma casinha de papelão.
Quando os pais brincam com os filhos, eles crescem confiantes. Fonte: Pexels

Afinal de contas, os pais sabem que crianças brincam e aprendem, por meio delas, a lidar com o mundo à sua volta. Inclusive, importantes estudiosos afirmam os benefícios de programações lúdicas para o desenvolvimento cognitivo das crianças.

Para entender melhor essa afirmação, confira, a seguir, o que o ato de brincar pode fazer por seu filho:

  • Desenvolver conceitos linguísticos;
  • Habilitar para se relacionar com outras pessoas;
  • Desenvolver coordenação motora;
  • Aumentar a agilidade e a força física;
  • Criar valores afetivos;
  • Aprender a respeitar regras e limites;
  • Estimular o autoconhecimento e a autoestima;
  • Aprender a ordenar o tempo e o espaço, e muito mais.

Assim, por identificar esses ganhos, os pais que decidem comprar um imóvel pensam em espaços lúdicos para seus filhos crescerem saudáveis, como uma  brinquedoteca.

Devido aos frequentes desafios na educação dos filhos, ter um bom apartamento para morar se torna um fator inegociável para facilitar a tarefa.

Imagem ilustrativa de quarto infantil, com decoração lúdica, estante com livros e espaço para brincar.
É essencial que o quarto tenha elementos e características específicas para garantir a diversão, o conforto e a educação das crianças. Fonte: Live

Afinal, além de fazer uma lista de atividades lúdicas, é necessário ter um espaço mínimo para realizá-las.

Pensar na possibilidade de ter um imóvel apropriado nos leva a outro ponto importante: a decoração do quarto das crianças, um fator que também contribui para o desenvolvimento delas. Vamos conversar sobre isso mais para frente.

Por que é importante os pais brincarem com os filhos?

Antigamente, os pais acreditavam que seu papel era prover e demonstrar autoridade, e os filhos lhes deviam obediência e respeito. 

As questões emocionais das crianças, portanto, não eram tão importantes, afinal obediência era uma regra para a sociedade. Assim, oferecer casa, comida, escola e muita disciplina eram garantias de uma boa educação.

Dois adultos pegando carrinhos em uma caixa para brincar com as crianças.
É importante os adultos brincarem com as crianças, especialmente, os pais. Fonte: Pexels

Nessa época, não era comum os pais brincarem com os filhos. Porém, o resultado dessa rigidez na educação tem sido questionado há algum tempo por estudiosos de várias áreas, como na psicopedagogia.

Brincar em família cria vínculos, produz boas lembranças e desenvolve desde cedo a capacidade de se colocar no lugar do outro. Dessa forma, os pais passaram a buscar recursos para vivenciar melhores experiências com os filhos, porque todos se beneficiam. 

Eles, na verdade, perceberam muitos benefícios ao brincarem com os filhos. Entre eles estão: 

  • O fortalecimento dos laços afetivos com os familiares;
  • A produção de bem-estar para todos os envolvidos;
  • O aumento das habilidades intelectuais nas crianças, entre outros.

Jogos e brincadeiras que envolvem educação e aprendizado para fazer em casa

Com essas mudanças na maneira de educar os filhos, muitos pais ainda não sabem escolher quais jogos e brincadeiras utilizar para auxiliar nesse processo, visto que crianças aprendem mais, e melhor, enquanto brincam.

Criança com roupa branca ao lado de alguns brinquedos de madeira.
Crianças que brincam são mais autônomas e felizes. Fonte: Pexels

Confira algumas sugestões de tarefas de casa que podem ser transformadas em brincadeiras. Por exemplo:

  • Preparar receitas simples com as crianças;
  • Colocar as próprias roupas no cesto;
  • Guardar livros e cadernos no local adequado;
  • Arrumar a mesa para as refeições juntos, e outros.

É importante, também, ensiná-las a guardar os brinquedos. Caso ainda não saiba como fazer, confira algumas ideias criativas de como organizar brinquedos.

Não só isso, mas também existem muitos jogos e brincadeiras para fazer em casa que contribuirão para a educação de seu filho. Confira alguns deles a seguir.

Jogar peteca 

Além de muito divertido, ajuda seu filho a desenvolver os reflexos e a agilidade.

Jogar bola

Dá para brincar no quintal ou nas áreas comuns do condomínio. Essa é uma atividade que ajuda na compreensão da ideia de saber ganhar e perder.

Modelar bichinhos e objetos

Essa atividade serve essencialmente para desenvolver a criatividade.

Pintar figuras

Muito útil para ensinar a criança o nome das cores e a combinação delas.

Desenhar 

Quando a criança desenha, ela externa suas ideias e suas emoções. Muitas vezes, para compreender o significado que ele representa, é necessário pedir que ela explique o desenho. 

Ler 

A leitura é uma ótima ferramenta para desenvolver o imaginário tanto de adultos quanto de crianças. 

Essas são algumas atividades que envolvem aprendizado e podem criar relações de confiança e amizade entre pais e filhos. Continue lendo para conhecer outras opções de brincadeiras.

Decorações que contribuem para a autonomia de crianças pequenas

A decoração também pode ser uma ferramenta para desenvolver autonomia nas crianças, como acontece com o quarto montessoriano

A estratégia, nesse caso, é mobiliar o cômodo de maneira que permita a criança brincar, deitar na cama e pegar objetos sem precisar de ajuda.

Bebê brincando no chão com elementos em EVA.
Quando os bebês alcançam seus brinquedos, tornam-se independentes mais rápido. Fonte: Pexels

Isso significa que os móveis e os objetos, estando ao alcance, facilitarão que a criança vivencie suas próprias experiências com mais liberdade.

Se você ainda não conhece, existe uma metodologia de ensino, criada em 1907 pela médica e pedagoga Maria Montessori, utilizada para desenvolver autonomia no educando.

Esse método sugere que os móveis do quarto estejam em uma altura que permita, por exemplo, a criança subir na cama sem ajuda. O mesmo serve para a prateleira de brinquedos e outros objetos pessoais dela. 

O importante dessa decoração, portanto, é proporcionar a ideia de que a criança tem seu próprio espaço, além de promover mais independência conforme vai crescendo.

Decoração para crianças e adolescentes

A decoração montessoriana é ideal para crianças até os seis anos. Após esse período, é necessário adaptar a decoração às novas necessidades deles.

Por exemplo, crianças de 6 a 12 anos exigem, além de espaço para brincadeiras, um local fixo para estudar. É nessa fase que, além do espaço lúdico, elas precisam desenvolver senso de responsabilidade e disciplina com os estudos.

Quarto de criança com as cores branco e azul.
A criança se sente feliz quando tem seu próprio espaço. Fonte: Pexels

Não só as crianças, os adolescentes também precisam de um espaço que converse com sua maneira de pensar em cada etapa de sua vida.

Nesse caso, o quarto deles não precisa ser lúdico, mas adaptado conforme as suas preferências, que mudam bastante nessa fase. 

Devido a tantas mudanças de fase na vida dos filhos, os pais, muitas vezes, precisam de dicas para decorar quarto de crianças e adolescentes

Afinal, o seu lar deve ser o ambiente ideal para que seus filhos cresçam e se preparem para se tornarem adultos saudáveis.

Jogos e brincadeiras populares e do Brasil que auxiliam no desenvolvimento dos seus filhos

Enquanto pesquisávamos para preparar este texto, notamos que algumas brincadeiras são populares no mundo, por exemplo: o esconde-esconde e o pega-pega. 

Saber disso é legal, porque aumenta o seu repertório na hora de brincar de inventar histórias criativas para seus filhos. 

Essa é uma brincadeira que estimula a criatividade deles e funciona assim: você inventa uma história, depois pede para eles inventarem uma também.

Agora vamos conhecer alguns jogos e brincadeiras que você pode aplicar conforme a faixa etária da criança. Confira!

Brincadeiras para crianças de 1 a 2 anos

Essa é uma fase que os pequenos precisam desenvolver a coordenação motora, a musculatura, a agilidade e a criatividade. E é possível ajudá-los brincando com eles.

Homem deitado no chão brincando com sua bebê.
Os bebês precisam de muito apoio para ter um desenvolvimento saudável. Fonte: Pexels

Certamente, você já conhece muitas das brincadeiras que apresentaremos aqui, a diferença é que agora também conhece os objetivos. Confira!

1- Brincar de se vestir

Separe algumas roupas velhas, suas e da criança para utilizar nessa brincadeira. O objetivo é ensinar a habilidade de trocar de roupas.

2- Rasgar papel

Crianças pequenas costumam gargalhar ao ouvir o barulho do papel rasgando, ensine-as como fazer isso, pois estimula a força manual e o movimento de pinça.

3- Brincar de túnel

Essa consiste em engatinhar por baixo dos móveis e serve para fortalecer a musculatura dos braços e das pernas.

4- Buscar objetos

Aqui você mostra um objeto e pede para ela pegar um igual em algum lugar. O objetivo é estimular o senso de localização, aumentar o vocabulário e estimular a fala.

Essas são algumas das muitas brincadeiras que poderá fazer com seu filho, nessa fase de idade. Agora, confira outras sugestões para crianças com outras  idades.

Jogos e brincadeiras para fazer em família

Se chegou até aqui, sabe quais são os benefícios de brincar com os filhos. É verdade que o tempo dos pais é bem curto, mas é necessário incluir atividades familiares na agenda. 

Afinal, educar é uma arte e, como tal, exige tempo, dedicação e muita disciplina. 

5- Jogo dos 7 erros 

Para essa atividade você escolhe um cômodo da casa que possua muitos enfeites. Deixe a criança observar aquele local por até um minuto. Em seguida, peça que ela saia do ambiente, então mude sete objetos do lugar. Depois, pergunte se ela lembra onde estava cada coisa.

6- Jogo de memória

Parece o jogo anterior, mas nesse não precisa tirar a criança da sala. Deixe que ela olhe todos os objetos, em seguida, tampe os olhos dela com um lenço, escolha uma peça e coloque em sua mão. Então, deixe-a descobrir, pelo tato, qual é o objeto. 

7- Jogo de tabuleiro

Esse tipo de jogo ajuda a criança a conhecer melhor as pessoas da família e fortalecer vínculos entre irmãos, primos e os pais. 

Adolescente jogando xadrez.
Jogo de xadrez estimula o raciocínio lógico. Fonte: Pexels

Para jogar, basta escolher alguma opção que agrade a todos. Confira:

  • Damas;
  • Xadrez;
  • Banco Imobiliário;
  • Dominó;
  • Resta Um;
  • Detetive.

Esses jogos são ótimas sugestões de presentes para o dia das crianças. O que acha?

8- Tênis de bexiga

Além das ideias acima, é possível jogar tênis na sua sala. Para isso, pegue alguns pratos descartáveis e cole palitos de sorvete. Depois, encha algumas bexigas para servir de bola. Pronto! Isso é suficiente para criar um ambiente de algazarra com as crianças.

9 – Completar desenhos

Uma brincadeira bem menos agitada e muito criativa é a de completar desenhos. Ela funciona assim: você recorta imagens de jornais e revistas e pede para eles completarem as figuras.

10- Brincando de pose

Crianças, por natureza, gostam muito de imitar; que tal aproveitar esse interesse para criar uma competição de poses. 

Você escolhe algumas imagens com posições legais e os convida a fazer igual. É uma atividade simples e muito divertida para brincar e rir com a família.

11- Stop 

Essa é uma das brincadeiras que as crianças mais gostam. Como regra para o momento de parar, você pode usar música, cantigas infantis e outras que achar conveniente.

12 – Brincar de estátua

Fingir ser uma estátua também é uma atividade competitiva que estimula a interação com outras crianças. Para conduzir a brincadeira, estabeleça alguma regra e perderá quem se mexer primeiro.

Gostou de conhecer jogos e brincadeiras para fazer em casa? 

Então compartilhe esse conteúdo com amigos que também têm filhos, quem sabe vocês marcam uma tarde de acampamento na sala de vocês. As crianças adoram essa brincadeira também.

Categorias
Vince
Conteúdo criado por:Vince
Desde o primeiro dia do Apto, se dedica a ajudar as pessoas a encontrarem o imóvel dos sonhos, por meio de dicas valiosas e muita informação!

Quer deixar um comentário ou relatar algum erro?Avise a gente

Onde você deseja morar?More bem, viva melhor
BUSCAR
Logo Apto Branco

LEIA TAMBÉM

Posts relacionados

News do Live

Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

Seu melhor e-mail