Entenda como funciona a permuta de imóveis

Permuta de imóveis, uma forma de comercialização cada vez mais aceita pelas construtoras que buscam se flexibilizar para fechar negócio com o cliente.

A permuta pode ser realizada com qualquer tipo de imóvel, apartamento, casa, terreno e imóvel a ser construído.

Algumas construtoras aceitam até mesmo o seu carro como parte do pagamento, veja a nossa matéria sobre.

Mas o que é permuta de imóveis?

mulher confusa

É uma forma de negociação onde ambas as partes estão dispostas a trocar um bem pelo outro.

Nem sempre os bens possuem o mesmo valor, nesse caso cabe à uma das partes realizar um pagamento para compensar essa diferença. Esse pagamento é conhecido como torna.

Mas muitos investidores, quando a diferença de valores entre os imóveis não é muito grande, abrem mão da torna e aceitam trocar os bens como se fossem do mesmo valor.

Essa prática ocorre pois ao permutar dois imóveis sem torna, a Receita Federal entende que dois itens de mesmo valor foram trocados, uma operação que fica isenta de imposto de renda, pois não caracteriza ganho de capital para nenhuma das partes.

Envolver um corretor no processo é algo opcional, porém recomendado.

Um corretor de imóveis é o profissional mais indicado para conduzir a avaliação dos imóveis e redigir um contrato justo para todos os envolvidos.

É importante salientar que as despesas serão divididas, as duas partes deverão arcar com os custos da transação. Além disso, ambos deverão pagar a comissão ao corretor.

Caso um dos bens a ser permutado ainda estiver sendo pago, seu proprietário precisa ir ao banco para elaborar um novo contrato de empréstimo.

Por tornar a transação mais trabalhosa, algumas construtoras não realizam permutas com imóveis que ainda estão sendo financiados.

Uma diferença dos contratos imobiliários usuais de compra e venda, é que o processo de permuta deve ser realizado por escritura pública.

Quais são os prós e contras?

dedão para cima, dedão para baixo

Benefícios da permuta imobiliária

Sabemos que muitas pessoas, quando estão pensando em mudar, precisam vender o imóvel atual para comprar o novo.

E isso pode levar tempo…muito tempo.

E essa é a principal vantagem da permuta, o tempo.

Com a permuta você não precisa esperar a oferta certa aparecer, nem se aborrecer com todos os outros empecilhos que a venda carrega.

Usar o seu imóvel como forma de pagamento vai colocar você no seu novo apto dos sonhos muito mais rápido.

A ideia também é atrativa para você que possui um terreno. Você pode negociar uma permuta com uma construtora, ceder o terreno e receber unidades após a construção. Mas nessa situação, o tempo de espera será longo.

Outra vantagem é a pouca burocracia. A transação pode ser realizada apenas com um contrato em cartório e uma nova escritura para cada imóvel.

Desvantagens da permuta imobiliária

A ideia de usar o seu apartamento atual na aquisição de um novo parece muito simples e prático.

Mas existe uma grande questão, a outra parte precisa concordar, nem sempre quem está tentando vender um apartamento fica feliz com a ideia de receber algo além de dinheiro pelo seu bem.

Outro ponto que você deve se atentar é a avaliação. Ao permutar o seu imóvel com uma construtora, é provável que eles tentem avaliar o seu bem à um valor baixo.

Certamente, se você tiver a paciência de esperar a oferta certa para vender o seu imóvel, conseguirá um valor superior.

Ou seja, a permuta é boa para quem quer ganhar tempo e a modalidade normal de compra e venda é mais indicada para quem tem tempo para esperar a oportunidade de um maior retorno financeiro.

Descubra também Tudo o que você precisa saber sobre a utilização do FGTS na compra de um imóvel.

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Você Apto
Investimentos imobiliários: como funcionam e por que considerar?

Os imóveis estão entre os bens preferidos dos brasileiros. Não apenas ter a casa própria e sair do aluguel, mas também fazer investimentos imobiliários e obter bons lucros no longo […]

Continue lendo
chave do primeiro imóvel
Você Apto
Subsídio Habitacional: o que é e como utilizar

Conquistar a casa própria é a meta de muitas famílias. Essa meta representa sair do aluguel, garantir estabilidade de moradia e ter o seu patrimônio.  Hoje em dia o caminho […]

Continue lendo
Cidade-se
Feira da CEAGESP: O que acontece lá?

A feira da CEAGESP, localizada na Vila Leopoldina, é um local por onde passam mais de 50 mil pessoas por dia e onde são comercializados cerca de 10 mil toneladas […]

Continue lendo
Você Apto
Taxa Referencial (TR): o que é, como funciona e qual o valor

Quando falamos dos setores financeiro e imobiliário no Brasil, são muitos os indicadores que influenciam nosso dia a dia: Selic, CDI, IPCA, e muitos outros. Entre todos, talvez a Taxa […]

Continue lendo
vista exterior da casa da cascata.
Arquitetura
Frank Lloyd Wright — biografia e suas obras

Frank Lloyd Wright, arquiteto, designer de mobiliário, escritor e educador estadunidense, foi um dos arquitetos mais importantes do século XX. Considerado “o maior arquiteto americano de todos os tempos”, segundo […]

Continue lendo
Você Apto
Como comprar um apartamento?

Comprar o primeiro apartamento pode parecer um processo muito complicado, afinal, existem algumas etapas a serem consideradas: procurar um imóvel, definir a forma de pagamento e ainda lidar com toda […]

Continue lendo