Energia solar fotovoltaica para apartamentos

A energia solar fotovoltaica em apartamentos e condomínios pode ser instalada por todo o prédio e sua energia pode ser utilizada em outros apartamentos, inclusive nas áreas comuns, levando muita economia para os moradores.

O que é a energia solar fotovoltaica?

A energia solar fotovoltaica acontece quando a luz solar é convertida em eletricidade, usando uma tecnologia baseada no efeito fotoelétrico. Esse tipo de energia renovável é não poluente e inesgotável

Ela é uma energia produzida a partir do calor e da luz solar, portanto quanto maior a radiação solar, maior será a quantidade elétrica produzida.

Como funciona a energia solar fotovoltaica?

Os módulos fotovoltaicos, as famosas placas solares, são os equipamentos que compõem o sistema de energia solar fotovoltaica. Eles são compostos por células solares, que são responsáveis por converter a energia solar em eletricidade.

Essas células solares são compostas por materiais semicondutores, portanto são produzidas camadas com falta de elétrons e também com excesso de elétrons, criando um campo elétrico como se fosse uma bateria. 

Diferentes células compõem um módulo fotovoltaico e o agrupamento destes formam o painel solar, e quanto mais painéis você implantar, mais energia irá gerar. 

A quantidade de fótons que atinge à Terra por hora é capaz de gerar energia suficiente para satisfazer as necessidades energéticas globais em um ano todo, porém não é assim que ocorre ⏤ a porcentagem da energia solar na geração elétrica mundial ainda é muito pequena.

Como funcionam as usinas fotovoltaicas?

Existem dois tipos de usinas fotovoltaicas, aquelas que estão ligadas à rede elétrica e as que não estão. 

Sobre as que estão ligadas, existem duas delas: a usina fotovoltaica, onde toda energia que é gerada pelos painéis é enviada para a rede elétrica; e o gerador com autoconsumo, onde parte da eletricidade gerada é consumida pelo produtor e a energia restante é enviada para a rede elétrica.

Usina solar fotovoltaica.
Usina solar fotovoltaica. Fonte: Pinterest

As instalações ligadas à rede elétrica possuem três elementos: os painéis fotovoltaicos que já falamos anteriormente; os inversores que convertem a corrente elétrica que os painéis geram na corrente alternada; e, por último, os transformadores que elevam a baixa tensão para média tensão.

Já as instalações que não são ligadas à rede elétrica costumam estar em lugares remotos e explorações agrícolas pela demanda de iluminação. Elas exigem dois elementos para funcionar, as baterias que armazenam a energia dos painéis para quando for preciso e os reguladores que protegem a bateria que evita o mau uso desta.

Vantagens de optar pela energia solar fotovoltaica

Além de ser uma energia renovável, inesgotável e não poluente, como falamos anteriormente, ela é modular, permitindo construir grandes usinas fotovoltaicas, mas também pequenos painéis.

É um sistema adequado para zonas rurais e isoladas, onde a rede elétrica não chega ou mesmo onde há zonas cujas condições climáticas não permitem muitas horas de sol no ano.

Energia solar fotovoltaica em apartamentos

Essa é uma solução sustentável e econômica para os apartamentos, e atualmente é a melhor opção para quem quer economizar na conta de luz e valorizar o imóvel. 

Os prédios possuem estrutura similar às casas térreas quando falamos desse tipo de instalação. Inclusive, já se pode instalar os painéis solares na parte estrutural e arquitetônica do prédio antes da construção do imóvel. 

Porém, ao instalar os painéis solares fotovoltaicos em apartamentos, é necessário que estejam em um local que receba luz solar para que ela seja transformada em energia elétrica. 

Painel solar fotovoltaico instalado em um local que recebe muita incidência de luz solar.
Painel solar fotovoltaico instalado em um local que recebe muita incidência de luz solar. Fonte: SOLARPRIME

Um dos melhores locais para instalar um painel fotovoltaico é na cobertura ou na laje do prédio, pois são áreas maiores e que recebem uma boa luz do sol. Esse local também possibilita que a energia solar fotovoltaica possa ser produzida tanto para consumir de modo compartilhado quanto pela própria cobertura. 

Mesmo que o prédio não possua cobertura, é possível instalar os painéis no telhado dos prédios, onde terão mais captação de luz solar e sem se preocupar com sombras.

Outro local possível de se colocar painéis solares fotovoltaicos é no espaço livre da varanda. A melhor opção é que a varanda sempre esteja com incidência solar e sem sombras, porém, mesmo que haja momentos de sombra no local, o sistema produz a energia por meio da irradiação solar. 

Porém, se não for possível utilizar o prédio para instalar os painéis, é possível colocá-los em um local da área comum do condomínio. 

Como funciona a instalação dos painéis fotovoltaicos em apartamentos?

A primeira coisa que se deve fazer quando pensamos em instalar painéis solares fotovoltaicos é procurar o serviço de uma empresa experiente, pois ela deve ser realizada somente por técnicos.

Após a instalação, a energia já pode ser gerada e ela é direcionada para o relógio bidirecional, por meio de um inversor de frequência, responsável por avaliar a potência necessária para os apartamentos. 

Instalação de painéis solares fotovoltaicos em apartamentos.
Instalação de painéis solares fotovoltaicos em apartamentos. Fonte: Pinterest

Portanto, seu relógio de luz vai acusar o pagamento, somente se o consumo de energia dos apartamentos ultrapassar a capacidade máxima de geração do sistema. Porém é possível direcionar o excedente à distribuidora e transformá-la em créditos que podem ser abatidos das contas de luz.

Como essa energia pode ser creditada?

Os créditos de energia podem ser creditados de modo individual ou coletivo,  e as diretrizes são elaboradas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). 

Confira como funcionam algumas opções de consumo dessa geração de energia.

Autoconsumo remoto

Aqui o consumidor pode utilizar a energia solar fotovoltaica gerada de outro lugar, porém é importante que os dois imóveis que vão utilizar dessa energia estejam no nome e no CPF de uma única pessoa.

Por exemplo, você mora em um apartamento e tem uma casa na praia, então poderá instalar painéis solares em sua casa na praia e usar a energia gerada lá em seu apartamento.

Geração de energia compartilhada

Nesse caso, um grupo de moradores pode realizar um consórcio para a instalação de uma micro ou minigeração de energia distribuída; dessa forma, o consumidor utiliza dessa energia e consequentemente diminui a conta de luz.

Geração de energia solar fotovoltaica em condomínio

Muitos dos condomínios possuem telhados e lajes pequenas e, dessa forma, a produção de energia solar fotovoltaica pode ser dividida entre os apartamentos. 

Se a energia estiver sendo gerada dentro do condomínio, ocorre um abatimento de créditos na conta de cada uma das unidades que se beneficiam dessa energia. 

Além disso, foram criadas algumas opções de financiamento de energia, ele é feito de maneira personalizada, que vai de acordo com a renda mensal do cliente.

Para condomínios, é necessária a aprovação através de uma votação em assembleia da maioria dos condôminos presentes. Isso porque o sistema de geração e compensação de energia solar fotovoltaica é uma benfeitoria que pode ser necessária para a economia e a contribuição com o meio ambiente.

Como é feita a instalação desse sistema em condomínios?

Não existe uma lei que comanda as relações condominiais que regulamentam a instalação, porém existem normas técnicas que precisam ser consideradas.

Uma delas é a contratação de profissionais habilitados para garantir a instalação correta e solicitar as licenças necessárias. 

Sempre conte com a ajuda de profissionais habilitados para instalação de seus painéis fotovoltaicos.
Sempre conte com a ajuda de profissionais habilitados para instalação de seus painéis fotovoltaicos. Fonte: Pinterest

É necessário também que ocorra uma vistoria nas placas por parte da distribuidora, para que ela autorize o uso da energia solar fotovoltaica. 

E se o dia estiver nublado ou chuvoso, a energia fotovoltaica funciona?

A resposta é sim! Mesmo em dias nublados e chuvosos, a energia solar fotovoltaica continua funcionando. Isso é possível pelo fato de os painéis solares usarem a radiação solar e não o calor do sol para produção de energia. 

Essa radiação solar utilizada é emitida através de ondas eletromagnéticas visíveis, ultravioleta e infravermelha. Então mesmo que o dia esteja muito nublado ou chuvoso, ainda há a radiação solar, porém em menor proporção se comparada aos dias ensolarados. 

Nesses dias ensolarados, a usina irá produzir uma quantidade maior de energia elétrica do que é necessário, e essa produção extra se transforma em um crédito de energia que você poderá utilizar posteriormente para abater o preço da sua conta em meses que a produção de energia da usina seja menor. 

Vale a pena investir em uma energia solar fotovoltaica em apartamentos?

Como você deve imaginar, o sistema de energia solar fotovoltaico não é um investimento barato, porém se considerarmos todas as vantagens que ele garante, tanto para o meio ambiente como para o seu bolso comparado com o sistema de energia comum, acaba valendo muito a pena o investimento. 

Por ser uma fonte de energia reutilizável, no Brasil, um país tropical como o nosso, faz com que esse sistema de geração de energia seja cada vez mais interessante em apartamentos. 

Além disso, há a possibilidade de distribuir a energia solar fotovoltaica tanto para alguns apartamentos quanto para o edifício inteiro, isso se contarmos com todos os materiais necessários para essa instalação, como os inversores solares, que transformam a energia captada e ainda a armazenam em caso de dias nublados e durante a noite.

Portanto, o investimento, sim, vale a pena, tanto para o processo de instalação quanto para os custos mensais de cada consumidor. 

Agora que você já sabe o que é a energia solar fotovoltaica e como ela funciona e é instalada, o que acha de aderi-la ao seu dia a dia e economizar em sua conta de energia?

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Arquitetura
Energia solar fotovoltaica para apartamentos

A energia solar fotovoltaica em apartamentos e condomínios pode ser instalada por todo o prédio e sua energia pode ser utilizada em outros apartamentos, inclusive nas áreas comuns, levando muita […]

Arquiteta Kazuyo Sejima
Arquitetura
Kazuyo Sejima – Biografia e obras

Kazuyo Sejima é uma arquiteta japonesa consolidada por seus projetos que se caracterizam por suas formas limpas e seu estilo leve e fluido. Para ela, a arquitetura é como as […]

Personificações e obras do estilo românico.
Arquitetura
Estilos arquitetônicos: Românico

O Românico foi um estilo artístico que surgiu na Europa, entre os séculos XI e XII, momento de recuperação do território europeu. Com a expansão do cristianismo, o estilo ficou […]

Dentro de Casa
Dicas de como limpar colchão

Limpar colchão é uma tarefa muito importante para manter a qualidade da cama e do seu sono. Apenas trocar os lençóis regularmente não é o bastante, é necessário realizar uma […]

Decoração
Decoração boho chic: confira como implementá-la em sua casa

A decoração boho é uma mistura de estilos e cores, que vão desde cores neutras até muito coloridas e vibrantes. Ele é um estilo que começou no mundo da moda […]

Arquitetura
Biblioteca Brasiliana - Que prédio é esse?

O Brasil possui tesouros nacionais materializados das mais diversas formas, como praias e lugares paradisíacos, espécies de animais nativos, edifícios e documentos históricos; conhecê-los de perto é um verdadeiro privilégio. […]