Iluminação na decoração: conheça 18 tipos de luminárias para sua casa

tipos de luminárias

Existem alguns tipos de luminárias que podem ser utilizados na decoração da sua casa. Afinal, além dos estilos decorativos, da mobília e das cores, a iluminação também é responsável por compor a decoração de diferentes ambientes.

Sejam espaços internos, sejam externos, a iluminação contribui para a estética, o bem-estar, o estilo e o conforto.

O que é luz direta e indireta?

Antes de decidir qual é o melhor tipo de luminária para cada ambiente, é preciso conhecer um pouco sobre as possibilidades que uma iluminação bem-planejada pode oferecer.

Entre elas está a incidência das luzes. 

A luz direta, por exemplo, incide diretamente sobre as superfícies, por isso é recomendada para destaque de objetos decorativos, escritórios ou salas de estudos, já que sua incidência destaca pontos específicos, facilita a leitura, o uso do computador e potencializa a concentração.

Incidência da luz direta projetada por uma luminária articulada.
Incidência da luz direta projetada por uma luminária articulada. Fonte: Live

Entretanto, a luz direta pode ser cansativa pelo fato de criar uma diferença significativa em relação às sombras, já que é bem-concentrada. Por isso, é muito importante evitá-la em superfícies refletoras como mármores, espelhos e, até mesmo, porcelanato.

A luz indireta, por sua vez, é mais uniforme. Ela bate nas superfícies e, então, é refletida com a função de iluminar o local desejado. Sua incidência é mais agradável por ser mais difusa em relação à anterior, por isso dá a sensação de maior conforto para o ambiente. 

Incidência da luz indireta projetada por uma arandela.
Incidência da luz indireta projetada por uma arandela. Fonte: Live

No tipo de luminária chamada plafon, por exemplo, a luz é projetada em duas etapas. Na primeira, ela bate no suporte do plafon e, posteriormente, na segunda etapa, é refletida em todo o ambiente.

Incidência da luz indireta projetada por um plafon.
Incidência da luz indireta projetada por um plafon. Fonte: Live

E para aproveitar todo o potencial de ambas, é importante saber como contrabalançar suas incidências.

Tipos de luminárias

A iluminação promove harmonia e transforma o clima entre os ambientes, ao passo que também modifica a percepção das pessoas em relação ao local. 

Além disso, os diferentes tipos de luminária também são responsáveis por proteger as lâmpadas, bem como conferir destaque aos móveis e aos espaços dentro de cada cômodo.

Confira a seguir os tipos de luminárias que podem ser utilizadas em diferentes superfícies e ambientes.

Luminárias de teto

Tipos de luminária: Luminária de teto branca, ao fundo uma parede verde.
Luminária de teto. Fonte: Unsplash

Lustres

Além da iluminação, os lustres são conhecidos como verdadeiras peças de decoração. Não é à toa que são tão chamativos e podem ser de diversos estilos, tamanhos, preços e cores, para todos os gostos.

Perfeitos para destacar algum ambiente específico, os lustres são pendurados no teto e, justamente por serem maiores, é preciso se atentar aos detalhes para não pesar a decoração.

Lustre brilhante em uma quarto com decoração mais clássica.
O lustre também é uma ótima opção para o quarto. Fonte: Amazon

Os mais luxuosos, de cristal ou vidro, podem ser facilmente encontrados em imóveis de alto ou altíssimo padrão e, além da decoração, criam um visual muito bonito, por meio de um jogo de luzes com seu design luxuoso. 

Além disso, podem ser encontrados nas salas de jantar, acima da mesa, com um estilo decorativo mais clássico e design arrojado, já que seu tamanho orna muito bem com este tipo de ambiente, além dos halls e dos mezaninos.

Luminárias embutidas

Este tipo de luminária facilita um tipo de decoração mais clean, com toque minimalista e estilo moderno.

A luminária embutida pode ser instalada em forro ou sanca de gesso, o que pode ajudar bastante a iluminar pontos específicos do ambiente, como objetos decorativos, e ainda inclui a possibilidade de criar uma iluminação indireta.

Tipos de luminária: luminária embutida na cor branca.
A instalação da luminária embutida é muito fácil. Fonte: Amazon

Podem ser instaladas em quartos, salas de estar e banheiros, dando um toque mais simples, porém elegante.

Luminárias pendentes

Se você deseja deixar o ambiente mais despojado ou, até mesmo, sofisticado, as luminárias pendentes são uma ótima opção para quem busca variedade.

Podem ser encontradas em materiais de plástico, de diversas cores e suporte fosco, enquanto os suportes com superfície translúcida levam uma incidência mais difusa. 

Luminária pendente preta com fundo dourado.
Boas opções para complementar a decoração. Fonte: Amazon

Trata-se, portanto, de uma luminária pendurada por um fio ou um cabo elétrico no teto. Costumam ser muito utilizadas em bancadas de restaurantes e cafés, para compor a decoração de maneira mais descontraída, por exemplo.

Também podem ser utilizadas acima de mesas menores, para criar um destaque focal, chamando a atenção para um local ou um objeto específico, projetando sombras. Ótima opção para uma sala de estar com toque mais intimista.

Plafons

Os plafons são luminárias bem próximas do teto, com uma luz mais difusa, por isso indireta, já que ela irradia inicialmente para cima, em direção ao teto, e posteriormente ilumina o ambiente.

A proposta do estilo de plafon pode variar de acordo com o tipo de uso na decoração e na funcionalidade necessária para o ambiente em questão. Entretanto, de fato é um tipo de iluminação muito versátil.

Os plafons harmonizam muito bem com uma decoração mais chamativa. Fonte: Pinterest

Existem modelos do tipo luminária de sobrepor, lisos ou decorados, para embutir no teto com PVC, madeira ou com rebaixo em gesso, em diferentes cores e tamanhos.

Por esse motivo, podem ser utilizados em diversos ambientes, como cozinha, áreas externas, sala de estar, garagens, varandas, quartos e até em corredores.

Eletrocalhas aparentes

O estilo de decoração industrial tem ganhado muito destaque recentemente, e as eletrocalhas aparentes são luminárias essenciais para garantir o clima despojado. 

Eletrocalhas aparentes na decoração de uma sala despojada.
As eletrocalhas aparentes contribuem com uma decoração criativa menos convencional. Fonte: Pinterest

Trata-se de estilo feito a partir da tubulação elétrica aparente. Ótima opção para um ambiente contemporâneo com clima mais urbano, podendo ser pendurado no teto com o auxílio de suportes específicos.

Trilhos de iluminação

Ainda pensando no estilo industrial, outra opção de luminária interessante para esta proposta são os trilhos de iluminação.

Tipos de luminárias: trilhos de iluminação na decoração de um ambiente com tons claros e móveis coloridos.
Os trilhos de iluminação também combinam com uma decoração mais clean. Fonte: Pinterest

Também muito moderno, este estilo tem a vantagem da economia em relação ao rebaixamento do gesso, já que basta um ponto de luz no teto para ter vários spots. Assim, não é necessário fazer o rebaixamento e a altura do pé-direito é mantida.

Luminárias de parede

Luminária de parede.
Luminária de parede. Fonte: Unsplash

Arandelas

Se você gosta de ir ao cinema, ou já montou seu próprio cinema em casa, certamente já conhece as arandelas.

Trata-se de uma ótima opção para quem prefere uma iluminação indireta, já que, presas à parede, emitem uma luz difusa e mais discreta, tornando o ambiente bem aconchegante.

Tipos de luminárias: arandelas.
As arandelas são boas opções para as paredes. Fonte: Amazon

Por esse motivo, são opções interessantes para ambientes que pedem mais conforto, os quartos, por exemplo. Mas também podem ser utilizadas em corredores (como nas salas de cinema), hall de entrada e, até mesmo, em banheiros.

Existem arandelas em diversos materiais e cada um oferece uma iluminação específica, que permite criar diversos efeitos de luz acima e abaixo do ponto em que está presa.

Luminárias de teto ou parede

Luminária de teto.
Luminária de teto. Fonte: Unsplash

Spots

Se a sua ideia é criar um foco luminoso específico, os spots são um tipo de luminária muito funcional para esta finalidade.

Os spots são pequenos focos de luz que possuem o diferencial de serem extremamente direcionados. Eles podem ser instalados nas paredes ou no teto dos cômodos na casa.

Tipos de luminárias: spots.
Os spots são pequenos, mas levam bastante elegância para os ambientes. Fonte: Pinterest

Entretanto, é importante lembrar que suas lâmpadas não são muito potentes, por este motivo não oferecem grande luminosidade, sendo ótimas para destacar um ponto específico.

Normalmente os spots são utilizados para destacar quadros e objetos decorativos.

Por causa do seu funcionamento, normalmente os spots não servem como auxiliares ao sistema principal de iluminação de determinados ambientes.

Porém, ainda assim, podem ser utilizados como fonte primária.

Luminárias de mesa

Luminária de mesa.
Luminária de mesa. Fonte: Unsplash

Abajur

Do francês abat-jour, que em português poderia ser traduzido como “quebra-luz”, o abajur é assim chamado por ter uma proteção que “corta” a luz direta da lâmpada. Dessa forma, o aparelho ilumina diretamente apenas por baixo, emitindo luz difusa em outras direções.

Tipos de luminárias: abajur, em uma mesinha branca, ao lado de outros objetos.
O abajur é perfeito para dar um toque especial na decoração. Fonte: Pinterest

Muito utilizado em mesinhas, escrivaninhas, cantos de cabeceira, aparadores ou mesas de cabeceira, o abajur funciona muito bem em ambientes mais intimistas, sendo um bom aliado para quem procura uma luz mais baixa, para leitura ou um momento de relaxamento.

Com este tipo de luminária é possível criar vários estilos de decoração, já que existem modelos de diversos tamanhos, cores e preços.

Luminária articulada ou luminária de foco dirigível

O foco dirigível é um tipo de sistema de iluminação que garante maior customização no foco de luz, oferecendo mais possibilidades de iluminação para o ambiente.

Luminária articulada.
Você provavelmente deve estar se lembrando da introdução da Pixar neste momento. Fonte: Amazon

Cada modelo de luminária articulada ou de foco dirigível possui um nível de flexibilidade específico, mas todos eles garantem a facilidade de direcionar a luz. 

Assim, são ótimas opções para escrivaninhas e espaços de leitura, já que dão um foco maior para determinados objetos e espaços pequenos, devido à luz direta que emitem.

Luminárias de chão

Tipos de luminárias: luminária de piso.
Luminária de piso. Fonte: Unsplash

Colunas ou luminárias de piso

As luminárias de piso são conhecidas por serem muito funcionais, pois, além da iluminação, contribuem diretamente com a decoração do espaço por também serem peças decorativas. 

São peças soltas no piso, com altura suficiente para produzir uma iluminação geral.

Luminária de piso em um canto da sala.
Também chamada de coluna, a luminária de piso é ótima opção para uma proposta mais clássica de decoração. Fonte: Amazon

Existem diversos modelos no mercado, assim como tamanhos, cores e formatos inusitados. Além disso, podem ser tão chamativas quanto os lustres e ainda podem oferecer luz direta ou indireta.

Dentre os estilos de decoração, são muito utilizadas na sala de estar ou em terraços fechados, pois, com mais opções de direcionamento de luz e servindo também como uma peça decorativa, oferecem mais possibilidades ao ambiente.

Abajur de chão

Da mesma maneira como é possível encontrar abajures de mesa, também existem modelos grandes no mercado, e eles são utilizados como luminária de piso.

Estes são chamados de abajures de piso por possuírem a cúpula, que é característica deste modelo, detalhe que o diferencia de outros tipos de luminárias de piso. 

Tipos de luminárias: abajur de piso.
Existem diversos modelos de abajures de piso, inclusive alguns que possuem mesinha acoplada. Fonte: Pinterest

Os modelos são muito funcionais, já que também servem como item decorativo e são conhecidos por serem muito versáteis, pois funcionam muito bem em diversos cômodos.

Os abajures de chão podem ser utilizados no quarto, na sala de jantar, no hall de entrada, na sala de estar, entre outros ambientes. Por isso, é uma ótima opção para quem gosta de experimentar quando o assunto é decoração.

Luminárias para área externa

Luminária para área externa.
Luminária para área externa. Fonte: Unsplash

Balizadores

Os balizadores são luminárias utilizadas para direcionar o caminho em áreas externas como corredores ou jardins.

Tipos de luminárias: balizadores.
Os balizadores conferem um toque especial aos jardins. Fonte: Amazon

Assim, podem ser padronizados e fixados nos pisos de maneira harmoniosa, contribuindo com uma iluminação sutil, aconchegante e também muito elegante.

Refletores

Os refletores são luminárias de chão utilizadas em áreas externas. Uma de suas características mais marcantes é a potência que possuem, por isso são indicados para locais externos.

Refletores.
Os refletores são fontes de luz muito potentes. Fonte: Amazon

Podem ser utilizados para iluminar garagens e jardins, incidindo uma luz de grande volume, e também podem ser utilizados para criar sombras em projetos paisagísticos, uma vez que, devido à sua potência, são bons agentes para manipulação de sombreados.

Dessa forma, além da iluminação, também contribuem com a decoração de ambientes externos, podendo ser utilizados para criar efeitos nas paredes e nas plantas de um jardim, por exemplo.

Up-light

Se você já viu o Bat Sinal do maior super-herói de todos os tempos, você, com certeza, já sabe o que é uma up-light.

Assim como os refletores, as up-lights também são fixadas no chão e são utilizadas nas áreas externas, contribuindo com o paisagismo dos ambientes.

Tipos de luminárias: Up-lights.
A up-light é uma ótima opção para criar um paisagismo mais iluminado e bonito. Fonte: Pinterest

A up-light é uma luminária que possui incidência direcionada de baixo para cima. Ela é utilizada para iluminar jardins e dar destaque a vasos de plantas. 

Além disso, também funciona muito bem em pilares, fachadas de prédios e de casas.

A principal diferença entre o refletor e a up-light é o direcionamento e o foco da luz emitida por cada um. Enquanto o refletor projeta uma luz difusa, ilumina uma área muito maior. Já a up-light é mais focada, como um feixe de luz direcionado diretamente para determinado local ou objeto.

Luminária tartaruga

Trata-se de um tipo de arandela, usada para ambientes externos.

Luminária tartaruga preta.
Feita com um material mais forte, a luminária tartaruga garante mais segurança à iluminação externa. Fonte: Amazon

A luminária tartaruga, porém, é mais específica, por estar em um ambiente que exige aparelhos mais resistentes devido a agentes como a umidade, a luz do sol e os ventos fortes, por exemplo.

Luz de emergência

A luz de emergência é composta por uma bateria interna recarregável, pela qual seu sistema de iluminação é acionado automaticamente em caso de falta de iluminação elétrica no ambiente.

Esta luminária, portanto, se mantém conectada na tomada e, a partir de qualquer sinal de interrupção de energia, ela é acesa. Lembrando que a bateria não é consumida enquanto a luminária está apagada, conectada à tomada.

Por esse motivo, para garantir que ela sempre funcione, é preciso garantir que ela esteja sempre carregada.

O carregamento da bateria é feito com a luminária no modo “desligado” e sua carga demora de 24 a 48 horas para ser concluída. Mas o tempo também pode variar de acordo com o modelo de cada aparelho.

Vale lembrar que o mais recomendado é que a luz de emergência já esteja incluída no projeto do sistema elétrico da sua casa. Entretanto, caso você queira instalar depois que a construção foi finalizada, também é possível.

Luminária de emergência

A potência do tipo de luminária de emergência depende basicamente do tamanho do espaço que precisa ser iluminado, podendo ser compostas por lâmpadas fluorescentes ou de LED, uma opção mais ecológica e durável.

A intensidade da iluminação é medida em lux, que é a relação da quantidade de lúmen (unidade de fluxo luminoso) por m² do espaço a ser iluminado.

Tipos de luminária: luminária de emergência.
A luminária de emergência é garantia de segurança para sua casa. Fonte: Amazon

De acordo com a norma técnica ABNT NBR 10898, existem duas formas de iluminação de emergência: a de aclaramento e a de sinalização. 

A iluminação de aclaramento tem como função iluminar o piso, especialmente em lugares de circulação vertical ou horizontal, que contam com saídas para o exterior do local.

Enquanto a iluminação para sinalização tem como objetivo indicar as mudanças de direção, em caso de obstáculos ou possíveis saídas. Neste caso, o mais indicado é que o aparelho tenha, pelo menos, cerca de 30 lúmens.

Ideias iluminadas!

Agora que você conhece um pouco mais sobre os tipos de luminárias, já pode planejar quais você irá usar na iluminação e na decoração da sua casa.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário!

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
A pintura de paredes é um dos pequenos reparos que você pode fazer em sua casa.
Você Apto
6 pequenos reparos que você pode fazer em sua casa

Fazer reparos é essencial para manter sua casa em ordem. Para inúmeras pessoas, a casa é um dos bens mais valiosos que se tem, uma vez que ela proporciona segurança, […]

Arquitetura
Energia solar fotovoltaica para apartamentos

A energia solar fotovoltaica em apartamentos e condomínios pode ser instalada por todo o prédio e sua energia pode ser utilizada em outros apartamentos, inclusive nas áreas comuns, levando muita […]

Arquiteta Kazuyo Sejima
Arquitetura
Kazuyo Sejima – Biografia e obras

Kazuyo Sejima é uma arquiteta japonesa consolidada por seus projetos que se caracterizam por suas formas limpas e seu estilo leve e fluido. Para ela, a arquitetura é como as […]

Personificações e obras do estilo românico.
Arquitetura
Estilos arquitetônicos: Românico

O Românico foi um estilo artístico que surgiu na Europa, entre os séculos XI e XII, momento de recuperação do território europeu. Com a expansão do cristianismo, o estilo ficou […]

Dentro de Casa
Dicas de como limpar colchão

Limpar colchão é uma tarefa muito importante para manter a qualidade da cama e do seu sono. Apenas trocar os lençóis regularmente não é o bastante, é necessário realizar uma […]

Decoração
Decoração boho chic: confira como implementá-la em sua casa

A decoração boho é uma mistura de estilos e cores, que vão desde cores neutras até muito coloridas e vibrantes. Ele é um estilo que começou no mundo da moda […]