Pedras para jardim: conheça os tipos e saiba como utilizar

pedras para jardim

O jardim é um lugar da casa que pode dar espaço a diversas atividades ⏤ relaxamento, cafés da manhã tranquilos, brincadeiras, reuniões de família e amigos, horta e por aí vai. 

Por isso, na hora de projetar este espaço, é essencial considerar todas as funções que o jardim abrigará e utilizar materiais, acabamentos e vegetação adequada.

Além de esteticamente decorativas, as pedras para jardim auxiliam a drenagem da água, ideal para, durante e após uma chuva, por exemplo, não ficar água estancada no jardim.

Neste post, mostraremos diferentes ideias para utilizar as pedras de jardim em casa, e também quais são as pedras mais adequadas para cada função desejada. 

Tipos de pedras para jardim

Quando o assunto é pedras para jardim, podemos nos deparar com uma enorme gama de pedras, materiais, cores, tamanhos e formas diferentes. 

Conhecendo as opções disponíveis no mercado, você poderá decidir, de maneira mais assertiva, que tipo de pedra utilizar para a necessidade e o desejo de aspecto do seu jardim.

Seixo

Jardim com piso coberto com pedra tipo seixo.
Jardim com piso coberto com pedra tipo seixo. Fonte: Pinterest

O seixo também é conhecido como pedra de rio, lugar onde normalmente é encontrada. 

Este é um tipo de pedra com as bordas arredondadas, cuja coloração varia entre marfim e marrom claro; seu tamanho também pode ter certa variação. Um saco de pedra tipo seixo, por exemplo, pode conter pedras menores e outras um pouco maiores, de cores também não idênticas, afinal se trata de um elemento natural. 

Por ser um tipo de pedra lisa e arredondada, é aconselhada para lugares mais contemplativos, como o jardim de inverno, para não correr o risco de escorregar. 

O seixo também é bastante utilizado como pedra de jardim decorativa, demarcando canteiros de vegetação, por exemplo. 

Dolomita 

Pedra de jardim dolomita branca.
Pedra de jardim dolomita branca. Fonte: Pinterest

A pedra dolomita, normalmente de cor branca, é arredondada e lisa como o seixo, porém de tamanho mais regular e um pouco maior.

Esta pedra é ideal para cobrir o piso em pátios de pedra, brindando o ambiente com uma atmosfera tranquila e relaxante.

Ao ter coloração branca, esta pedra contrasta bastante com elementos verdes e decoração de madeira.

Pedriscos

Piso coberto de pedriscos.
Jardim com piso coberto de pedriscos. Fonte: Pinterest

Os pedriscos são pedras bem pequenas, de arestas retas, lisas e sua coloração pode ser tanto na cor natural, com tom avermelhado, como também na cor branca.  

Este é um tipo de pedra bastante comum e barato, muito útil para conformar caminhos e cobrir uma parte do piso do jardim onde não há vegetação. 

Argila expandida

Vaso com pedra de argila expandida.
Vaso com pedra de argila expandida. Fonte: Pinterest

A argila expandida é um tipo de pedra de jardim, leve, de cor avermelhada e áspera. Este tipo de pedra absorve a água e retém umidade. 

Embora sejam bastante utilizadas nas superfícies de vasos, também podem ser utilizadas em pátios e terraços. 

Por ser uma pedra frágil, que quebra facilmente, não é recomendada para compor caminhos, e sim como elemento decorativo. 

Mármore

Jardim com caminho de placas de mármore.
Jardim com caminho de placas de mármore. Fonte: Pinterest

As placas de mármore são o tipo de pedra ideal para compor caminhos importantes e também ser utilizada para piso do jardim.

Pode ser encontrada em tamanhos variados, com formato quadrado e irregular. Ao ser utilizada como piso de uma área exposta à intempérie, é importante que a pedra seja um pouco áspera, e não lisa, assim, não fica escorregadia quando molhada. 

A cor suave e levemente quente do mármore, em contraste com o verde da vegetação, dá ao jardim uma estética sofisticada e aconchegante.

Granito

Jardim com granito como caminho e decoração.
Jardim com granito como caminho e decoração. Fonte: Pinterest

O granito é uma pedra bastante versátil, que, para o jardim, pode ser encontrada tanto em formato de placas, para colocar como piso, como também em peças de maior dimensão.

Essas importantes pedras de granito podem servir de mobiliário para o jardim como também de elemento decorativo quase que escultórico, devido à sua característica natural. 

Ao contrário do mármore, o granito tem uma coloração mais fria e cinzenta, que combina muito bem com uma decoração contemporânea.   

Jardins com pedras

As pedras de jardim são um recurso muito versátil, que pode cumprir diversos papéis no jardim, servindo como barreira, piso e, claro, decoração. 

A seguir, mostraremos alguns exemplos de como utilizar pedras de jardim para criar um espaço exterior mais bonito e funcional.

Caminho de pedras

O caminho de pedras é uma ótima opção para percorrer o espaço sem pisar sobre a grama ou a vegetação. 

Este é um recurso muito simples e prático, que pode ser feito por você mesmo e também ser alterado ou substituído facilmente.

Caminho com pedras.
Caminho com pedras. Fonte: Pinterest

Além disso, o caminho de pedras é um recurso sutil para criar um percurso sem obstruir o ambiente natural.

De acordo com a dimensão do jardim e a extensão do percurso, o caminho de pedras pode ser feito utilizando desde placas de mármore, até mesmo pedriscos de menor tamanho.

Pátio de pedras para jardim

O pátio de pedras é a opção ideal para quem não quer se preocupar com o cuidado de grama ou vegetação na superfície. Além de fácil manutenção, resulta em um espaço sereno.

Quando feito em um jardim externo, é só fazer previamente a demarcação de um quadrado, triângulo ou forma a escolher, e logo preenchê-lo todo com as pedras. 

Pátio interno.
Pátio interno com pedras. Fonte: Archdaily

Este recurso também é ótimo para jardins de inverno, que, ao estarem menos expostos à luz solar direta, acabam sendo um espaço de difícil crescimento de vegetação superficial, portanto, as pedras são o recurso ideal para cobrir o chão deste ambiente.

Para complementar o pátio coberto com pedras, distribua vasos com árvores, arbustos e flores, por exemplo. 

Caso for um espaço mais contemplativo, uma imagem simbólica e um banco para sentar também combinam muito bem com o piso de pedras de jardim.

Pedras para jardim compondo o paisagismo

As pedras para jardim podem compor o paisagismo do jardim, através da criação de formas orgânicas. Em sintonia com o paisagismo, pode resultar em um jardim sofisticado e completo.

Paisagismo com pedras. Fonte: Pinterest

Para isso, o contraste de cor é uma importante característica a ter em conta. Considere a coloração da vegetação, existente ou a ser plantada no jardim, e escolha pedras que contrastem com essa coloração.

As pedras de jardim brancas e marfim contrastam bastante com folhas verde-escuro, por exemplo, e vice-versa.   

Pedras para jardim como limite espacial

Além de decorativas, as pedras para jardim podem também cumprir uma função no espaço. Podem servir como demarcação de limite espacial ou guiar um caminho, por exemplo.

Pedras como limite espacial.
Pedras de jardim como limite espacial. Fonte: Pinterest

Utilizando dois tipos de pedras diferentes, ou pedra e madeira, as pedras podem servir para delimitar o espaço onde é permitido caminhar e estar, criando um contorno sutil e natural. 

Combinar diferentes tipos de pedras para jardim

Para um jardim único e especial, um ótimo recurso é combinar diferentes tipos de pedras e compor um desenho orgânico, que, complementado com a vegetação, resulta em um jardim personalizado.

Jardim com suculentas.
Pedras para jardim. Fonte: Pinterest

Combine, por exemplo, peças maiores de granito com pedras menores de duas cores diferentes, arme uma composição harmônica e logo complete os espaços vazios com flores e arbustos. 

Seu jardim, suas regras

Sempre que possível, quando o assunto é jardinagem e paisagismo, contar com um profissional especializado é a melhor forma de ter um jardim que se mantenha ao longo do tempo. 

Mas não esqueça que o jardim de casa pode ser o seu espaço de experimentos, lazer, contato com a natureza, relaxamento e contemplação. Portanto, sinta-se livre para criar e decorar com vegetação e pedras de jardim que você mais gostar e aproveite este lugar tão especial.

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Arquitetura
Estilos arquitetônicos: Renascentista

O período renascentista O período renascentista revolucionou a Idade Média com descobertas, invenções e novos pensamentos que surgiram a partir da interação entre culturas.  Assim, o ser humano ganhou maior […]

Arquitetura
Que prédio é esse? - Vila Olímpica (Tóquio)

Um ano após a data planejada, acontece em Tóquio as Olimpíadas 2020, do dia 23 de julho a 8 de agosto de 2021. A cidade já está pronta para o […]

Avaliação de imóveis: quanto vale o meu imóvel?
Você Apto
Avaliação de imóveis: quanto vale o meu imóvel?

A avaliação de imóveis é uma maneira de descobrir quais são os valores adequados para atribuir ao seu imóvel, caso você deseje vendê-lo, alugá-lo ou simplesmente ter mais segurança, conhecendo […]

Celular com imagem de interior de apartamento
Você Apto
Tour Virtual: visite a sua futura moradia pela tela do celular

Em um momento no qual e-commerces, marketplaces e serviços virtuais ganham cada vez mais força, o tour virtual é uma solução tecnológica para que você conheça previamente os empreendimentos ofertados […]

Piscina do Arbo Alto de Pinheiros
Mercado Imobiliário
Arbo Alto de Pinheiros leva comércio e novos serviços ao bairro, conforto e luxo aos moradores

Em uma área de mais de 7 mil m², a Even criou o Arbo Alto de Pinheiros, um empreendimento para viver e trabalhar: duas torres residenciais com apartamentos de quatro […]

Quanto custa preparar um imóvel pronto para morar?
Você Apto
Quanto custa preparar um imóvel pronto para morar?

Preparar um imóvel pronto para morar pode parecer uma tarefa não muito simples, pois envolve muitos processos e a revisão é muito importante. Mas você já se perguntou: “quanto custa […]