Como adotar um cachorro: tudo o que você precisa saber sobre a adoção

A adoção é um ato de muito amor. Acolher um cachorrinho abandonado mudará tanto a vida dele quanto a sua; eles são inteligentes, companheiros, leais e vão te oferecer um amor incondicional.

É importante saber que adotar um cãozinho requer muitas responsabilidades e você precisa estar preparado.

Por isso, é muito importante se planejar antes de adotar seu novo companheiro. E é por isso que vamos te dar algumas dicas de como adotar um cachorro. 

Como funciona a adoção de cachorro?

É comum ter dúvidas nessa hora, onde adotar, como funciona o processo de adoção de um cachorro, seja ele adulto, seja ele filhote. 

Existem várias maneiras de encontrar seu novo companheiro com pelos em anúncios nas redes sociais, abrigos, ONGs e nas famosas feirinhas de adoção. 

O importante é tomar muito cuidado antes e verificar se o local é confiável. Para isso, você pode visitar o local antes e lá escolher o cãozinho que ganhar seu coração. 

Lembrando que, nesses locais, existem cachorros das mais diferentes idades e personalidades, então para tomar sua decisão final entenda as necessidades e os cuidados que esse animal de estimação necessita.

Cachorro filhote no colo de uma criança. Uma ótima opção para quem deseja adotar um cachorro e tem filhos pequenos.
Adotando cachorros filhotes. Fonte: Pixabay

Ao ir até uma ONG, é muito provável que eles queiram saber um pouco sobre sua vida para ter certeza de que você tem os recursos necessários para a adoção. 

Algumas coisas que eles podem te perguntar são: qual sua profissão; o porquê  de você querer um animal; podem fazer perguntas específicas sobre adoção; e talvez peçam algumas fotos de sua casa. 

Após tudo isso, se você tiver o perfil certo para adaptação do novo cãozinho, o processo de adoção será bem rápido. Caso não achem que o seu perfil é o mais adequado, a ONG irá te sugerir outros animais para adoção, mas esse processo vai depender de cada ONG. 

Antes de adotar um cachorro, pense também nos custos

Ao adotar um cachorro, seu estilo de vida muda bastante, principalmente a questão financeira, pois eles possuem gastos essenciais que normalmente são: boa ração, banhos e tosas, vermífugos e vacinações necessárias.

Cão adulto passeando, com coleira e bandana.
Adotando cachorros adultos. Fonte: Pinterest

Além disso, outros objetos também têm que ser incluídos nessa lista, sendo eles: os objetos pessoais do seu animal de estimação, os potes de água e comida, coleira e também alguns brinquedos para ele se divertir. 

Então antes de realizar um ato tão importante quanto a adoção, veja se você está preparado para arcar com tais custos do seu companheiro. 

Pontos para se considerar antes de adotar um cachorro

Para pessoas que amam animais, é muito difícil passar por uma feira de adoção e não levar todos eles para casa, mas antes de levar um cachorrinho, existem alguns pontos que devem ser considerados. 

Pense em seu estilo de vida 

Não é porque o cachorro é adotado que ele não precisa de carinho e atenção, muito pelo contrário, eles precisam bem mais. Por isso, antes de adotar, pense se ele ficará muito tempo sozinho em casa, se você se dispõe a levá-lo para passear, oferecendo a ele uma vida saudável. 

Identifique o porte do cachorro

Lembre-se de que o seu novo animal de estimação deve caber em sua casa e ter espaço para se locomover, então é válido sempre saber o tamanho do animalzinho.

Cachorro filhote com pelagem branca e caramelo.
Cachorro filhote. Fonte: Pixabay

Quando filhote, é mais difícil saber qual será o tamanho dele, mas você pode ter uma ideia olhando suas patinhas, pois quanto maior elas forem, maior o cachorro ficará quando for adulto. 

Idade e comportamento

Para adotar um cachorro, considere o seu estilo de vida, então fique atento a como é o cachorro que você quer adotar. 

Geralmente os filhotes são mais agitados, precisam gastar mais energia e precisam de mais cuidado e atenção para educá-los, já os mais velhos são mais sossegados e normalmente já vêm com uma “educação” que tiveram ao longo da vida. 

Por isso, antes de realizar a adoção, veja qual combina mais com você e seu estilo de vida, para que ambos sejam muito felizes.

Adotei, e agora?

Agora você é oficialmente mãe ou pai de cachorro, seu filho de quatro patas, e, assim como um filho, você precisa pensar nos cuidados que ele necessita. 

Assim que adotar o seu cachorro, procure levá-lo a um veterinário para fazer um checkup de saúde completo, pois não é porque eles são adotados que estão imunes a doenças. 

O veterinário colocará o cartão médico de seu novo cachorro em dia. Se quiser, existem também planos de saúde para cachorros e gatos que podem ser uma opção muito interessante.

Espaço com duas caminhas para cachorro, brinquedos e potes com água e ração.
Espaço para animal de estimação. Fonte: Pixabay

É importante também que você garanta, antes de adotar ou logo no primeiro dia, os itens necessários para ele se sentir confortável em seu novo lar, como uma cama, um pote de comida e de água e um local para ele fazer suas necessidades. 

Primeiros dias do cachorro adotado

Os primeiros dias podem ser bem difíceis, pois ele vai precisar se adaptar tanto a nova família quanto ao novo ambiente, então tenha paciência e compreenda caso haja algum estranhamento da parte do seu novo cãozinho. 

É importante deixá-lo livre para conhecer e se adaptar ao local. É muito comum que, nos primeiros dias, ele faça as necessidades no lugar errado, mas, aos poucos, com seu auxílio, ele irá aprender. 

Rotina após a adaptação do cachorro adotado

Lembre-se de que você precisa adotar atividades regulares para garantir assim o bem-estar de seu cachorro, tanto físico como mental.

Cão passeando no parque ao lado de sua dona.
Caminhada com cachorro. Fonte: Pinterest

Existem muitos benefícios em passear com seu cachorro, a eles e a você também. Ele fica mais calmo, aprende a ter mais paciência e também faz amizades. 

Tem dúvidas sobre adotar um cachorro? 

Ainda não tem certeza se quer mesmo adotar um cachorro, mas quer um companheiro de quatro patas? Separamos para você alguns motivos para te ajudar a ter certeza da adoção. 

Não vai faltar amor

Um cachorro muda totalmente a sua vida, pois o amor que eles dão a seus donos é enorme e incondicional; você sentirá esse amor todos os dias ao acordar, ao chegar em casa após o trabalho, enfim, ele sempre estará ao seu lado te mandando alegria e amor.

Cachorro apoiado nas patas de trás e obedecendo a um comando de sua dona.
Amizade entre cachorro e dono. Fonte: Pixabay

Você salvará uma vida

Os cachorros que estão para adoção ou que foram abandonados na rua não têm uma vida fácil e precisam dos cuidados e do amor de uma família. Você irá tirá-lo de uma situação de abandono para dar um lar a ele.

Criança ruiva abraçando um cachorro filhote, ao ar livre.
Amizade entre cachorros e crianças. Fonte: Pixabay

Saúde forte

Normalmente os cães que estão para adoção não possuem raça definida, ou seja, são os famosos vira-latas, e existem estudos que mostram que os vira-latas possuem tendências menores a desenvolver doenças. 

Tem crianças? É perfeito!

A convivência de crianças com cachorros é muito benéfica, pois ajuda no desenvolvimento delas e ensina muito sobre amor e cuidado com animais, além de que o cachorro será um amigo e um companheiro para a criança.

Existem alguns cachorros que se dão melhor com crianças do que outros, e isso é uma questão interessante de saber, para que seu filho tenha um melhor amigo peludo que vá adorá-lo e ter muita paciência em todas as suas fases de crescimento. 

O Pastor Alemão e o São Bernardo são ótimos para bebês, pois, além de serem muito dóceis e tranquilos, são ótimos cães de guarda, por serem vigilantes, então caso o seu bebê esteja tendo algum problema, com certeza eles irão te avisar. 

Labradores e Goldens são cachorros que têm muita energia, então vão fazer uma excelente companhia para seu filho; eles são crianças grandes que amam brincar. São extremamente pacientes, então vão adorar brincar várias vezes da mesma coisa e também caso aconteça de a criança dar um “apertão” eles irão entender. 

Quando falamos de adotar cachorros pequenos, os Pugs são ótimas companhias para crianças, visto que eles são muito calmos e se adaptam facilmente a mudanças. Eles gostam muito de brincar, mas também podem ser teimosos, então é bom ter pulso firme na hora de educá-los.

Criança e cachorro brincando na grama.
Amizade entre cachorros e bebês. Fonte: Pixabay

Para finalizar, o cachorro para todas as idades e corações com certeza é o vira-lata, pois, além de ser muito fiel e gostar muito de brincar, ele valoriza muito a família que o adotou, portanto será muito leal a vocês e um ótimo companheiro para seus filhos. 

8 locais para adotar cachorros

Essa matéria te deixou com vontade de adotar um cachorro? Confira alguns locais que você poderá escolher seu próximo companheiro de pelos.

Patinhas Unidas

Essa Instituição é focada no resgate e na reabilitação de animais em risco, vítimas de abandono e maus tratos. Os cãezinhos dessa instituição são vacinados, castrados e reabilitados. 

Para realizar a adoção no Instituto Patinhas Unidas, você precisa ser maior de 21 anos, apresentar o RG, o CPF e o comprovante de residência, além de ter que assinar um Termo de Responsabilidade. 

Você também terá que contribuir com um valor de R$ 80,00 que será revertido para o tratamento dos animais.

Clube dos Vira-Latas

É uma ONG que protege animais abandonados. Ela realiza campanhas de castração, vacinação, cirurgias e tratamento veterinário. 

Você pode escolher seu cachorro em algum  evento que a ONG realiza ou até mesmo pelo site deles, pois lá eles separam os cachorros por tamanho e todos estão tosados, de banho tomado, vacinados, castrados e vermifugados. 

Centro de Controle de Zoonoses

É um local da prefeitura de adoção de cães e gatos já vacinados, castrados e vermifugados. Lá os possíveis futuros donos passam por uma entrevista e recebem orientações sobre a adoção responsável.

Fotografia de um cão filhote aguardando em feira de adoção.
Cachorro em feira de adoção. Fonte: Pixabay

Eles realizam periodicamente festas de adoção aos finais de semana, para que as pessoas interessadas possam realizar a adoção de cães e gatos.

Associação Paulista de Auxílio aos Animais – APAA

Hoje a Associação é uma ONG filiada ao Fórum Nacional de Proteção Animal e à Organização Internacional de Proteção Animal. 

A APAA realiza mutirões de esterilização com a finalidade de controlar a natalidade dos animais.  Atualmente eles realizam trabalhos com lares temporários e promovem feiras de adoção aos sábados, aos domingos e aos feriados em São Paulo, mais especificamente na Zona Sul.

Quando os cachorrinhos são doados, eles ainda fazem um acompanhamento do animal. 

Adote um Focinho 

É um sítio que abriga aproximadamente 150 animais, entre adultos e filhotes, que é a capacidade máxima do local. Eles dependem de doações e também de ajuda para realizar ações de resgate a novos animais.

Fotografia de um cachorro com pelagem na cor caramelo, focando seu focinho.
Cachorro em feira de adoção. Fonte: Pixabay

Todos os animais que conseguem um lar são doados já castrados e também vacinados. 

Amor aos Animais 

Uma ONG que atua como lar temporário tanto para cães quanto para gatos até eles conseguirem um novo lar e serem adotados. Todos passam por uma consulta veterinária para que sejam vacinados, castrados e vermifugados.  

Instituto Luisa Mell

Muitas pessoas sabem sobre o Instituto Luisa Mell ou pelo menos já ouviram falar sobre. Eles fazem resgates de animais feridos ou em situação de risco, realizando a recuperação e depois a adoção desses animais. O abrigo comporta cerca de 300 animais entre cães e gatos, que são protegidos e alimentados. 

Procure 1 Amigo

É um instituto voltado a diminuir o sofrimento animal sujeito ao abandono. Sua primeira criação foi um abrigo com capacidade para 250 cães e 250 gatos que é cedido a ONGs e protetores. 

Depois foi criada uma ferramenta para doação, adoção e busca de animais perdidos no Brasil, que está presente em mais de 900 cidades. Ainda foi criado um canal para melhorar a conscientização da população e divulgar feiras, eventos, campanhas de orientação e pedidos de ajuda. 

Lembrando que além desses sites, existem também muitos grupos no Facebook de adoção de cachorros que você também pode conferir. 

Agora que você já tem todas essas informações e sabe tudo o que precisa considerar para uma adoção consciente, você já está apto a ter mais um membro na família que lhe dará muito amor, carinho e atenção. 

Quer dicas para presentear seu novo companheiro? Temos uma matéria sobre Ideias de presentes para cachorros.

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Dentro de Casa
Automação residencial, saiba o que é e como funciona

A casa inteligente já é uma realidade no Brasil. Através da automação residencial, é possível programar temperatura, iluminação, som, segurança e mais, tudo com simples cliques no seu smartphone, por […]

Continue lendo
Tapete macio branco com detalhes acinzentados
Decoração
Tapete para a sala: dicas para fazer a escolha ideal

Os tecidos são capazes de modificar totalmente a atmosfera de um ambiente. Os tapetes para sala, por exemplo, são peças que levam aconchego e conectam os móveis, dando uma sensação […]

Continue lendo
Arquitetura
Brasil Arquitetura – Arquitetura pública e histórica brasileira

Um dos mais relevantes escritórios de arquitetura do País, o Brasil Arquitetura foi premiado nacional e internacionalmente, com obras públicas e culturais de norte a sul do Brasil, materializando a […]

Continue lendo
Dentro de Casa
Como limpar porcelanato: passo a passo e dicas

O piso de porcelanato é cada vez mais utilizado em casas e apartamentos, além da estética contemporânea, as peças possuem vantagens, se comparadas ao tradicional piso de cerâmica, como maior […]

Continue lendo
Dentro de Casa
Receitas para o verão – Pratos refrescantes e dicas deliciosas

O verão é aquela época do ano na qual, devido a temperaturas elevadas, clima de praia, férias e carnaval, pode acabar sobrando pouco tempo para dedicar-se à cozinha. Por isso, […]

Continue lendo
Dentro de Casa
Sofá retrátil: um mobiliário aconchegante para sua sala de estar

O sofá retrátil é sinônimo de praticidade e comodidade em um mobiliário, assim seus momentos de lazer e descontração na sala de estar podem ser aproveitados de uma maneira mais […]

Continue lendo