Arquiteto africano Francis Kéré recebe o Prêmio Pritzker 2022

    Arquiteto africano Francis Kéré recebe o Prêmio Pritzker 2022
    Vince

    Por Vince

    16 março 2022

      Compartilhar esse post

      O arquiteto Diébédo Francis Kéré recebe o Prêmio Pritzker de 2022 por seu trabalho que une visão criativa e materiais naturais a serviço da comunidade. A sua carreira, já reconhecida internacionalmente, agora é coroada com a maior premiação do mundo da arquitetura, fazendo jus à qualidade dos projetos desenvolvidos em seus quase 18 anos de carreira.


      Francis Kéré é fundador do escritório Kéré Architecture, que tem como uma das premissas o olhar atento às pessoas. Além disso, sua produção arquitetônica possui forte visão afrofuturista pois utiliza matéria prima local ao mesmo tempo em que explora novas maneiras construtivas, considerando o futuro do planeta Terra.

      Um dos projetos de Francis Kéré selecionado pelo Prêmio Pritzker. São 12 torres cônicas abertas no topo, todas com padrões coloridos nas cores azul, alaranjado e rosa.
      Sarbalé Ke, estruturas desenvolvidas para o festival Coachella de 2019, na Califórnia. Fonte: Pritzker Prize

      As formas inusitadas e as cores vivas são marca registrada, mas as suas obras carregam muito mais que o valor do edifício em si pois, além da expressividade, são estruturas que materializam aspectos importantes da justiça social.

      As considerações do júri destacam ainda a sensibilidade cultural do arquiteto:

      “A sua sensibilidade cultural não só proporciona justiça social e ambiental, mas guia todo o seu processo, na consciência de que é o caminho para a legitimidade de um edifício numa comunidade. Ele sabe, por dentro, que a arquitetura não tem a ver com o objeto mas sim com o objetivo; não com o produto, mas com o processo.”

      Trecho da citação do Juri do Prêmio Pritzker 2022
      Imagem de uma das fachadas da Gando Primary School, também selecionada pela premiação, uma construção em tijolos aparentes e janelas coloridas. Há uma cobertura com estrutura de ferro que se apoia nos tijolos, permitindo entrada de ventilação e iluminação natural.
      Extensão da Gando Primary School, um dos trabalhos mais célebres do arquiteto. Fonte: Pritzker Prize

      Francis Kéré cresceu desejando mudar a realidade de seu povo em Burkina Faso, país africano. Mesmo após migrar para a Alemanha e ganhar o mundo por meio da arquitetura, segue cumprindo o seu propósito pessoal no continente de origem.

      Atualmente o arquiteto possui projetos espalhados pelo mundo todo, em países como Benin, Nigéria, Moçambique, Alemanha, Itália, Reino Unido e Estados Unidos.

      Vista aérea do pavilhão, mais uma das obras selecionadas pelo Prêmio Pritzker. A estrutura é constituída por todas de madeira que formam um belo desenho circular.
      Xylem, pavilhão que remete às estruturas internas vitais de uma árvore. Fonte: Kéré Architecture

      O Prêmio Pritzker 2022 é a marca de novos tempos para a arquitetura, uma vez que deu visibilidade à produção do continente africano e fez de Francis Kéré a primeira pessoa negra a entrar para a lista de ganhadores da premiação.

      Deseja conhecer mais sobre o arquiteto Francis Kéré? Nos acompanhe e confira o conteúdo que será publicado em breve sobre a sua vida e sua contribuição na arquitetura.

      Quer relatar sobre algum erro?

      Avise a gente

      LEIA TAMBÉM
      Posts relacionados
      News do Live

      Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

      Seu melhor e-mail