Viver o Brasil: Gruta do Lago Azul, no Mato Grosso do Sul

    Viver o Brasil: Gruta do Lago Azul, no Mato Grosso do Sul
    Victória Baggio

    Por Victória Baggio

    26 maio 2022

      O Brasil conta com tesouros naturais ainda pouco conhecidos. Paisagens cuja riqueza e especificidade fazem delas lugares únicos, capazes de surpreender. A Gruta do Lago Azul é como uma joia a ser revelada. 

      Uma caverna, no seu interior um lago subterrâneo de água cor azul intensa e cristalina. Descoberta por um índio a mais de 100 anos, o lugar ainda cultiva antigas lendas. 

      Próxima a Bonito, a Gruta do Lago Azul, uma das mais importantes cavernas do País, é patrimônio nacional, o que a faz um dos principais atrativos naturais de Mato Grosso do Sul. Caso esteja planejando uma viagem para a região de tantas belezas naturais, não deixe de conhecer a Gruta! 

      A história da Gruta do Lago Azul

      Embora a Gruta do Lago Azul tenha sido descoberta por um índio Terena em 1924, a caverna tem origem milhares de anos antes disso. Estima-se que sua formação tenha ocorrido entre 580 e 540 milhões de anos atrás.

      Gruta do Lago Azul.
      Gruta do Lago Azul. Fonte: Um Viajante

      Para entender sua história, é essencial compreender sobre sua materialidade. A caverna é formada por dolomitos ⏤ de Formação Bocaina do Grupo Corumbá ⏤, rochas conhecidas por serem solúveis sob a ação de águas ácidas, resultando em vários pontos esbeltos e pontudos.

      Tal materialidade data do período histórico Neoproterozoico. Após uma glaciação intensa na terra, as massas continentais, que antes conformam um único supercontinente, foram separadas através da abertura de um oceano.

      Estima-se que o esculpimento do relevo e a evolução da sua fauna e flora, que caracterizam a paisagem atual da região, tiveram início durante o começo da Era Cenozoica, há 60 milhões de anos. 

      Beleza natural da Gruta do Lago Azul.
      Beleza natural da Gruta do Lago Azul. Fonte: Prefeitura de Bonito

      Uma característica interessante da Gruta do Lago Azul é que, por conta da sua natureza material, é um lugar que, apesar de muito antigo, está em constante processo de formação. 

      Além disso, em 1992, foi encontrada uma série de fósseis de animais do período geológico do Pleistoceno. Após tal descoberta, o acesso ao lago da Gruta ficou restrito. 

      Foi graças a Expedição Franco-Brasileira de espeleomergulhadores que fósseis de mamíferos, como o tigre de dente de sabre e a preguiça gigante, foram encontrados no local, animais que viveram entre 6 e 15 mil anos atrás.

      A beleza natural da Gruta e os seus tesouros 

      Imagine-se estar dentro de uma caverna histórica, subterrânea, com um lago de cor azul intenso e cristalino; esta é a realidade do inusitado passeio na Gruta do Lago Azul.

      Um lago de quase 90 metros de profundidade no interior de uma caverna totalmente revestida de espeleotemas de tamanhos e formatos variados.

      Além da paisagem natural surpreendente, o lugar ainda conta com fauna e flora únicas, onde você poderá observar um conjunto de minerais raros, que formam frágeis aglomerados, uma concentração de fósseis de mamíferos pleistocênicos e ainda crustáceos endêmicos que habitam o lago. 

      Percurso da Gruta do Lago Azul.
      Percurso da Gruta do Lago Azul. Fonte: Blog Nascente do Lago Azul

      Caso você esteja pensando que, por conta de ser subterrânea, a Gruta seja escura e possa dar a sensação de um espaço muito fechado, fique tranquilo, pois, apesar do seu relevo, a caverna apresenta uma grande abertura para o exterior, possibilitando a entrada de iluminação natural no espaço.

      É justamente através da presença de luz solar, graças a entrada de 40 metros de diâmetro, que a Gruta do Lago Azul pode ser observada com tanta nitidez e se apreciar suas águas cristalinas. A iluminação natural brinda o espaço com uma atmosfera especial, ainda mais bonita do que as fotografias sugerem.

      Conhecer a Gruta do Lago Azul 

      Por ser um patrimônio natural nacional, um lugar de morfologia delicada, conhecer a Gruta do Lago Azul é possível através de visitas guiadas, organizadas diariamente no local.

      O passeio à Gruta é contemplativo, envolve trilha e descobertas encantadoras!

      A visita começa por uma breve trilha por um caminho rochoso, de aproximadamente 200 metros, onde, no final, está a caverna. Vale lembrar que todo o percurso é acompanhado por um guia certificado, não sendo possível conhecer a Gruta por conta própria.

      Visita à Gruta do Lago Azul.
      Visita à Gruta do Lago Azul. Fonte: JD1 Notícias

      Ao entrar na Gruta, há um caminho interior por onde é feito o passeio, que conta uma descida por uma escada de 300 degraus, até o nível do lago. Ao percorrer o espaço, é possível tirar fotografias e fazer pausas para apreciá-lo. 

      Uma dica importante: as visitas têm uma capacidade máxima e estão sujeitas à lotação, principalmente em épocas de férias, feriados e finais de semana, por isso é recomendado reservar com antecedência. Assim, você garante o passeio, pode ficar tranquilo e aproveitar ao máximo a viagem. 

      Como chegar na Gruta do Lago Azul 

      A Gruta do Lago Azul se encontra a apenas 20 km do centro de Bonito, no Mato Grosso do Sul. O trajeto de Bonito à Gruta dura aproximadamente 30 minutos. 

      Você pode chegar na Gruta de carro como também através de um passeio que inclui a locomoção de Bonito até o local. 

      Vale lembrar que a reserva e a compra do passeio à caverna são feitos por agências de turismo locais e devem ser adquiridos antes da visitação. 

      Dados úteis para planejar a visita 

      A melhor época para visitar a Gruta do Lago Azul é entre a primavera e o verão, de setembro a fevereiro, quando a caverna recebe maior iluminação solar, o que possibilita melhor apreciação das águas azuis do lago e do interior da caverna em si.

      Ao se preparar para a viagem até a Gruta, certifique-se de que está levando alguns itens importantíssimos para garantir um bom passeio: como protetor solar, repelente e água.

      Além disso, recomenda-se vestir roupas confortáveis, leves e utilizar um tênis cômodo, de preferência esportivo.

      Vá bem-alimentado e não esqueça de levar celular e/ou câmera fotográfica para registrar este momento inesquecível! 

      Conheça imóveis recém-lançados em Mato Grosso do Sul. Confira os apartamentos.

      Gostou do conteúdo? Conheça outros lugares interessantes por todo o Brasil, confira a nossa série Viver o Brasil:

      Quer relatar sobre algum erro?

      Avise a gente
      LEIA TAMBÉM
      Posts relacionados
      News do Live

      Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

      Seu melhor e-mail