Usina do Gasômetro, um patrimônio tombado

A Usina do Gasômetro está localizada na cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Ela foi tombada como Patrimônio Histórico e Cultural pelo município e pelo estado. Hoje comporta o Centro Cultural Usina do Gasômetro, que é um dos espaços culturais mais importantes e conhecidos da cidade. 

Este complexo arquitetônico recebeu esse nome pela sua proximidade com a antiga Usina de Gás de Hidrogênio Carbonado. 

O começo da Usina do Gasômetro

A edificação foi projetada para gerar energia elétrica à base de carvão mineral e foi inaugurada em novembro de 1928 pelo grupo norte-americano Bond & Share. Localizado em um terreno conquistado ao Guaíba, na Praia do Arsenal.

Em 1974, a Usina encerrou suas operações com a geradora de energia e foi desativada. Em 1982, a Eletrobras transferiu o uso do terreno para o município e, no mesmo ano, a chaminé foi tombada pelo governo; no ano seguinte, o governo municipal tombou todo o prédio. 

a torre da chaminé da Usin
Chaminé da Usina. Fonte: Pinterest

Essa edificação contribuiu para a modernização tanto da cidade de Porto Alegre quanto do Brasil, quando a industrialização nacional ainda estava iniciando. 

A Usina do Gasômetro gerou energia, mas também contribuiu com a poluição do ar na cidade, até ser abandonada. A edificação ia deixar de existir, porém, a população mobilizou-se para evitar a destruição do prédio. Após um tempo, a antiga usina foi transformada em Centro Cultural, aberto em 1991 para a população.

De Usina do Gasômetro a Centro Cultural

Desde o princípio, a edificação teve uma grande importância histórica para a cidade e seus moradores. Para continuar existindo até hoje, foi necessário fazer algumas modificações. 

Projeto da Usina do Gasômetro

Tudo veio da Inglaterra: o projeto, as máquinas e os materiais. A edificação foi uma das primeiras do Estado a ser feita de concreto armado, possuindo fechamento em alvenaria de tijolos.

Usina do Gasômetro como era antigamente
Usina do Gasômetro. Fonte: Pinterest

O projeto era dividido em três casas: Casa das Caldeiras, Casa das Máquinas e Casa dos Aparelhos. 

A Casa das Caldeiras tinha um pé-direito alto e foi construída por grandes pórticos. Após o recebimento do carvão, os trabalhadores distribuíam o combustível por gravidade aos cinco fornos que havia no térreo.

A Casa das Máquinas tinha apenas um piso, dividido por blocos de concreto, que serviam de apoio para os turbogeradores. No nível abaixo havia um conjunto de tanques para refrigerar os equipamentos. Acima ficava a sala dos turbogeradores e, mais acima, existia um lanternim, que é uma estrutura metálica instalada nos telhados dos galpões na parte mais alta da edificação. 

Na Casa dos Aparelhos havia transformadores de distribuição, administração e serviços, coberta por um grande terraço de 780 m².

Como a emissão de fuligem acarretava muitos problemas, a chaminé foi construída em 1937 para amenizar essa situação. Com 117 metros de altura, tornou-se um marco na paisagem da cidade. 

Transformação em Centro Cultural

Após a usina ser desativada e o edifício, tombado, aconteceu uma primeira reforma e, em 1991, o edifício começou a funcionar como Centro Cultural, sediando importantes eventos e exposições. 

O Centro Cultural
Centro Cultural Usina do Gasômetro. Fonte: Guia Viagens

Em 1995, tornou-se o Centro Cultural Usina do Gasômetro (CCUG). Possui seis pavimentos e uma área com mais de 11 mil m², contando com cinema, auditórios, sala de exposições, salas multiuso, laboratório fotográfico, estúdio de gravação, videoteca, um centro de documentação com biblioteca etc. 

Parte interna da Usina
Parte interna da Usina do Gasômetro. Fonte: Pinterest

Após sua segunda reforma, o CCUG foi palco de grandes exposições do Grupo RBS e, no ano de 2007, recebeu um público expressivo. Ou seja, os anos 2000 foram um período muito bom para o Centro Cultural Usina do Gasômetro, assim como para Porto Alegre, com exaltação da cultura e da política. 

Nova reforma do CCUG

Após ficar fechado por dois anos, desde o final de 2017, depois de passar por tempos marcados pela redução de eventos e de público e também por obras no entorno, o Centro Cultural Usina do Gasômetro receberá uma reforma para a recuperação, qualificação e modernização do local. 

Usina do Gasômetro a noite.
Usina do Gasômetro a noite. Fonte: Pinterest

A edificação foi interditada pelo Corpo de Bombeiros por problemas no Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI), pois sua estrutura física já estava bem precária. 

O edital, lançado pela prefeitura de Porto Alegre, prevê para a reforma uma obra completa do prédio, que vai validar a edificação do térreo até o sexto andar com obras que facilitem a locomoção em seu interior e tendo um cuidado especial com o PPCI.

Após a revitalização, a entrada principal será tranferida da Avenida João Goulart para a área da Orla. Na nova entrada serão colocados alguns bancos externos para descanso.

Esse projeto de recuperação da Usina do Gasômetro faz parte da revitalização da Orla do Guaíba, onde ela está inserida. 

Orla do Guaíba revitalizada
Revitalização da Orla. Fonte: Pinterest

O teatro, que anteriormente ficava no terceiro andar, agora ficará no térreo. Estão previstas a abertura de um restaurante e do Teatro Elis Regina, que já é esperado há muito tempo por todos e que terá capacidade para 300 pessoas.

Além de tudo isso, a Usina terá duas novas escadas: uma delas dará acesso ao terraço do prédio e a outra será voltada para os trilhos do aeromóvel.

A ideia é que, com as operações comerciais no entorno, a Usina do Gasômetro possa se tornar financeiramente sustentável.  

Curiosidade

A Usina do Gasômetro é um dos pontos turísticos mais tradicionais de Porto Alegre para ver o famoso pôr do sol da cidade às margens do Lago Guaíba.  

Além disso, o local possui uma praça de variedades, com dois cafés, uma choperia, um centro de informações turísticas, núcleo de documentação com biblioteca e também acesso gratuito ao wi-fi.

Seu horário de funcionamento é: de terça a sexta das 9 h às 21 h; sábados e domingos das 10 h às 21 h. 

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Dentro de Casa
Como adotar um cachorro: tudo o que você precisa saber sobre a adoção

A adoção é um ato de muito amor. Acolher um cachorrinho abandonado mudará tanto a vida dele quanto a sua; eles são inteligentes, companheiros, leais e vão te oferecer um […]

Continue lendo
Arquitetura
Yayoi Kusama - Biografia e obras

Yayoi Kusama é uma das artistas contemporâneas mais relevantes em escala mundial. Sua arte é vibrante e dinâmica, com obras em exposições mundo afora. A artista japonesa com mais de […]

Continue lendo
Dentro de Casa
Como mudar a senha do Wi-Fi

Depois de instalar seu roteador, viu a senha e achou muito complicada e quer mudar mais não sabe como? Ou quer mudar sua senha apenas por segurança e não sabe […]

Continue lendo
Dentro de Casa
Como limpar micro-ondas: dicas e métodos mais utilizados

O micro-ondas é um eletrodoméstico indispensável na maioria das cozinhas; prático, ajuda a facilitar o dia a dia na hora de esquentar ou descongelar alimentos e pode servir até mesmo […]

Continue lendo
Arquitetura
Lygia Clark - Biografia e obras

Lygia Clark é considerada uma das artistas brasileiras mais relevantes do século XX, reconhecida e celebrada tanto no Brasil como também no exterior. Pintora e escultora, sua obra segue atual […]

Continue lendo
iptu 2021
Você Apto
IPTU 2021: os boletos para pagamento já estão sendo enviados

Desde a última sexta-feira (15), a prefeitura de São Paulo iniciou o envio dos boletos para pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2021, pelos Correios.  Desta forma, está […]

Continue lendo