Tudo o que você precisa saber para comprar seu imóvel no programa Casa Verde e Amarela

Tudo o que você precisa saber para comprar seu imóvel no programa Casa Verde e Amarela

Você certamente tem ouvido falar muito sobre o programa Casa Verde e Amarela, não é mesmo? Principalmente se você tem o objetivo de comprar seu imóvel e conquistar o sonho da casa própria. Essa é uma iniciativa do Governo Federal e o propósito é facilitar o acesso dos brasileiros à moradia digna.

O programa foi lançado em agosto de 2020 e reúne ações habitacionais federais a fim de aumentar o estoque de residências e, assim, atender às demandas da população brasileira. Quer saber todos os detalhes desse programa que promete ampliar o atendimento às pessoas de classes mais baixas e realizar o sonho da habitação? Continue acompanhando, pois vamos explicar tudo! Boa leitura!

O que é o programa Casa Verde e Amarela?

O que é o programa Casa Verde e Amarela - casal comemora a conquista da casa própria

Esse programa tem o mesmo objetivo que o programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), ou seja, ajudar as pessoas que querem fugir do aluguel a ter acesso a uma moradia segura e de qualidade dentro de suas condições.

A substituição de um programa por outro indica que há algumas alterações na maneira como o acesso à moradia é tratado no país. Por isso, o governo anunciou a meta de atender 1,6 milhões de famílias brasileiras de baixa renda com o financiamento habitacional até o ano de 2024. 

Tudo isso vai ser possível por meio da diminuição na taxa de juros para a menor taxa de toda a história do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Confira a seguir outros detalhes importantes para comprar um imóvel por meio do programa Casa Verde Amarela.

Como é a estrutura do programa Casa Verde e Amarela?

Como é a estrutura do programa - casal organizando os móveis na casa

Enquanto o antigo programa MCMV tinha preocupação com a construção e a entrega das moradias para as famílias de baixa renda, sem ter muito rigor em relação ao entorno, esse novo vai muito além.

Esse programa promete solucionar o problema da localização e construir residências em lugares bem mais perto dos centros urbanos, com mais adensamento de área e mais estrutura básica.

Veja, a seguir, alguns fatores importantes para entender melhor a estrutura do Casa Verde e Amarela!

Faixas

Quanto às faixas de renda, há algumas mudanças. No MCMV, eram 4 categorias no total. Veja:

  • Faixa 1: destinada para as famílias brasileiras que recebiam até R$1.800;
  • Faixa 1,5: destinada para famílias brasileiras que recebiam entre R$1.800 e R$2.600;
  • Faixa 2: destinada para as famílias brasileiras que recebiam entre R$2.600 e R$4.000;
  • Faixa 3: destinada para as famílias brasileiras que recebiam entre R$4.000 e R$7.000.

Agora, o programa Casa Verde Amarela vai ter faixas diferentes. No total, serão 3 categorias, as quais podem ser divididas assim: 

  • Faixa 1,5: famílias com renda de até R$2.000;
  • Faixa 2: famílias que recebem até R$4.000;
  • Faixa 3: famílias com renda de até R$7.000.

Ou seja, diminui uma faixa, mas todos os perfis continuam sendo atendidos. E é importante ressaltar que, dependendo de cada grupo, serão disponibilizados programas e subsídios diferenciados, que vão ser oferecidos aos beneficiários. Todas as diferenças constam na regulamentação do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Juros

Bom, agora vamos conhecer as mudanças que foram feitas nas taxas de juros entre os dois programas para que você possa comparar? Os juros no MCMV eram os seguintes:

  • Faixa 1,5: taxa de 4,5% para os cotistas do FGTS e de 5% para não cotistas do FGTS;
  • Faixa 2: taxa de 5% até 6,5% para os cotistas e taxa de 5,5% até 7% para os não cotistas;
  • Faixa 3: taxa 7,66% para os cotistas e taxa de 8,16% para os não cotistas.

Agora as taxas do novo programa Casa Verde Amarela, para as pessoas que moram na região Sudeste, Sul e Centro-Oeste do Brasil são:

  • Grupo 1: taxa de 4,5% até 4,75% para os cotistas e de 5% até 5,25% para os não cotistas;
  • Grupo 2: taxa de 5% até 6,5% para os cotistas e de 5,5% até 7% para os não cotistas;
  • Grupo 3: taxa de 7,66% para os cotistas e de 8,16% para os não cotistas.

Além disso, com o programa Casa Verde e Amarela, os juros são menores nas regiões Nordeste e Norte do país. Veja só:

  • No grupo 1,5, a taxa é de 4,25% a 4,5% para cotistas e 4,75% a 5% para não cotistas do FGTS;
  • No grupo 2, a taxa é de 4,75% a 6.5% para cotistas e 5,25% a 7% para não cotistas;
  • E, por fim, a grupo 3, que tem taxa de 7,66% para cotistas e 8,16% para não cotistas. 

Subsídio

O Governo Federal estipulou que vai disponibilizar subsídio de até R$ 140 para a compra de bens imóveis por meio desse novo programa. Então, os novos beneficiários do programa Casa Verde e Amarela vão poder ter acesso a subsídios de R$ 140 mil.

As famílias que desejarem participar do programa para garantir a reforma de seus imóveis terão direito a pedir um subsídio no valor de R$ 23 mil.

Tipo dos empreendimentos

Entre os tipos de empreendimentos — usados, novos ou que ainda estão na planta — é possível usar o programa para comprar imóveis em construção ou que estejam prontos, que não tenham sido negociados ainda. Ou seja, a compra de uma casa ou apartamento de segunda mão não pode ser feito usando o financiamento do programa Casa Verde e Amarela.

O programa impõe que o imóvel a ser financiado esteja em região urbana, que tenha alvenaria e também registro no Cartório de Registro de Imóveis.

Além disso, é fundamental que o bem esteja totalmente alinhado com as normas tributárias e municipais, e que esteja livre de dívidas. Por fim, o imóvel precisa ser aprovado pela Caixa Econômica Federal.

Quais são os benefícios do programa Casa Verde e Amarela?

Quais são os benefícios do programa - família segurando mudança em caixas de papelão.

Veja, abaixo, algumas das principais vantagens que o programa oferece:

  • Ele atua em várias modalidades — melhoria do imóvel, através de reformas; compra de unidade habitacional através de financiamento e ainda a regularização fundiária;
  • O programa tem as menores taxas de juros de toda a história do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço);
  • Os moradores das regiões Nordeste e Norte do país terão taxas de juros ainda mais baixas;
  • Facilidade para financiar casa ou apartamento, permitindo que o bem seja financiado em até 360 meses;
  • Adeus ao aluguel — o maior benefício do programa Casa Verde e Amarela é a possibilidade de sair do aluguel e conquistar a tão desejada casa própria.

Quais são as condições para participar do programa Casa Verde e Amarela?

E se você se pergunta quais são as condições que envolvem o processo para comprar um imóvel por meio do programa Casa Verde Amarela, confira a seguir os detalhes!

A proposta do governo é atender famílias brasileiras que têm renda média mensal no valor de até R$7.000. Então, as famílias que têm essa remuneração podem contratar de forma individual, lembrando que pode ser feito por meio de uma construtora.

É importante destacar que a inscrição é avaliada pela Caixa Econômica Federal, para que o cidadão tenha acesso às condições do financiamento. Após a análise, é necessário esperar a aprovação dos documentos e, assim, assinar o contrato de financiamento.

Afinal, quais são os documentos para se cadastrar no Casa Verde e Amarela?

Afinal, quais são os documentos para se cadastrar no Casa Verde e Amarela - mãos assinando documentos.

Os documentos são os seguintes:

  • Documentos de identificação (RG e CPF);
  • Comprovação de renda;
  • Comprovante de residência atualizado;
  • Comprovação de estado civil;
  • Declaração de contribuição do imposto de renda, caso seja necessário;
  • Contracheque ou comprovante de benefícios nos casos de aposentado/pensionista;
  • Título de eleitor; certidões de nascimento e CPF dos filhos menores de 18 anos (caso se aplique);
  • Laudo médico atual com identificação da doença;
  • CID (nos casos de Portadores de Necessidades Especiais).

Lembrando que, para os trabalhadores autônomos, a comprovação de renda precisa ser feita com o extrato bancário de pessoa física.

Bom, todos nós sabemos que muitos brasileiros sonham em ganhar na loteria para que possam conquistar a tão sonhada casa própria. E todas as medidas do Governo Federal para facilitar essa conquista acabam chamando a atenção. É por isso que o programa Casa Verde e Amarela já faz parte do dia a dia de diversas pessoas. Afinal, essa é uma oportunidade imperdível.

Agora você conhece todos os detalhes do processo para comprar um imóvel por meio do programa Casa Verde Amarela. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário!

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
refinanciamento de imóvel: dinheiro e casa, soluções financeiras para compra de imóvel
Você Apto
Conheça uma solução possível: refinanciamento de imóvel

No refinanciamento de imóvel, você obtém um empréstimo enquanto oferece sua casa como garantia ao banco. Já pensou em fazer um refinanciamento de imóvel? Esse é um tipo de empréstimo […]

Ícones do estilo gótico.
Arquitetura
Estilos arquitetônicos: Gótico

O Gótico foi um movimento cultural e artístico que surgiu na França durante a Idade Média, em um período que muitas mudanças aconteceram. O estilo ficou marcado pelas características naturalistas […]

Dentro de Casa
Festa junina em casa: decoração receitas e dicas

A festa junina é motivo para reunir amigos e celebrar com atividades e comidas típicas desse evento cultural. Tal celebração tem também uma decoração específica, com elementos característicos e simbólicos. […]

Sala de estar com painel para TV
Dentro de Casa
Painel para TV: um mobiliário versátil para todos os cômodos

O painel para TV é um mobiliário que começou a ser muito utilizado com a mudança das televisões para aparelhos mais finos e leves, assim esse objeto funcional apareceu como […]

Decoração para banheiro: dicas criativas com madeira, higiene e criatividade!
Decoração
Conheça ideias criativas de decoração para banheiro

Muitas vezes subestimada, a decoração para banheiro é fundamental não somente para a estética do cômodo, mas também para o conforto dos moradores. Confira dicas para decorar o ambiente. No […]

Cidade-se
25 de Março – Que rua é essa?

A rua 25 de Março (Rua Vinte e Cinco de Março) é conhecida como o maior centro comercial da América Latina. Repleta de lojas, visitantes, produtos e variedade, atrai milhares […]