Tipos de madeira: como escolher as melhores opções para sua casa

Ao comprar um móvel de madeira, nos deparamos com vários nomes: cerejeira, mogno, pinho… Mas o que significam todos esses nomes? Foi exatamente por isso que fizemos esse guia com os principais tipos de madeira: para você saber o material que procura.

Estantes decorativos feitas de madeira.
A decoração feita com diferentes tipos de madeira pode ser simples e elegante. Fonte: Pinterest

A madeira pode ser usada de diferentes formas, desde forros internos e externos a móveis e pequenos itens de decoração, que funcionam muito bem caso você queira dar um ar mais rústico e terroso ao ambiente.

Tipos de madeira

Existem diferentes tipos de madeira, com diversas características. As madeiras nobres são mais duras e resistentes às pragas e à umidade; já as madeiras comuns, mais moles e mais propensas a ataques de fungos e insetos, necessitam de tratamento antes de serem utilizadas, porém costumam apresentar um tempo de crescimento mais rápido, o que reflete no seu preço mais barato.

Vamos começar com um pouco de história. Você certamente já ouviu o termo “madeira de lei”, que normalmente é usado para se referir a madeiras nobres.

árvore pau-brasil
O pau-brasil foi a primeira árvore considerada “madeira de lei”

Esse termo teve origem durante o período colonial do Brasil, quando a extração de árvores só podia ser realizada com autorização da Coroa portuguesa, ou seja, por lei.

Madeiras comuns

tipos de madeira comuns

Eucalipto: Essa espécie estrangeira apresenta um rápido crescimento, o que resulta em um preço acessível. Produz uma madeira de cor clara e alta densidade, sendo difícil de trabalhar. É muito utilizada na construção de postes, em janelas, na produção de celulose, pela construção civil e também pode ser usada na fabricação de móveis. 

Pinho: De tonalidade levemente amarelada, essa madeira é muito usada em móveis por causa do seu baixo preço e da facilidade de ser trabalhada. Esse material é muito usado pela construção civil na fabricação de rodapés, forros e andaimes.

Madeiras nobres

tipos de madeira nobres

Ipê: Essa espécie brasileira pertence ao gênero Tabebuia, que costuma produzir uma madeira muito resistente e pesada. De cor acastanhada, esse material é muito procurado no mercado nacional e internacional por sua alta resistência a cupins e fungos.

Mogno: Com uma tonalidade avermelhada, é uma das melhores madeiras para a produção de móveis, por ser fácil de ser trabalhada e, ao mesmo tempo, muito resistente. É ideal para trabalhos de marcenaria que empregam torção ou grande compressão; o lado negativo é o preço, pois é uma das madeiras mais caras do mundo.

Piso de madeira de mogno.
O tom avermelhado da madeira de mogno é elegante e inconfundível. Fonte: Pinterest

Esse tipo é muito utilizado em instrumentos musicais por causa de sua baixa velocidade na transmissão de sons.

Cedro: Essa espécie produz uma madeira muito leve e relativamente mole. Sua característica mais marcante é exalar um odor eficaz em afastar insetos. Além disso, é muito resistente à umidade. Pode existir em diferentes tonalidades, mas a mais comum é a avermelhada. 

Cerejeira: Muito popular, principalmente no Japão, a madeira da cerejeira é de alta qualidade e símbolo de status. De tom castanho-claro, essa madeira é dura, resistente e difícil de trabalhar, mas muito utilizada na confecção de móveis. Outro destaque dela é o preço elevado.

Carvalho: Madeira muito dura e resistente, mas ainda assim fácil de ser trabalhada. Pode ser encontrada em duas variações: o tom castanho avermelhado e o branco, que apresenta grande resistência à umidade e, portanto, é indicado para ser usado no exterior da casa, característica que o torna mais caro.

Sala contendo poltrona, mesinhas, um móvel de madeira do tipo carvalho e plantas do tipo costela de adão.
Móvel feito de madeira do tipo carvalho. Fonte: Lider Interiores

Nogueira: Essa espécie produz uma madeira marrom avermelhada que é sinônimo de sofisticação e elegância. Possui um ótimo acabamento natural, sendo lisa e aveludada, além de ser muito resistente e um pouco dura, mas ainda assim fácil de ser trabalhada. É muito utilizada em revestimentos internos e na confecção de móveis.

Madeiras especiais

Pedaços de madeira em formato de coração.

Madeira de demolição: A madeira de demolição pode ser de diferentes tipos de árvores, mas normalmente tem origem em plantas que produzem madeira nobre, que são mais resistentes ao tempo, pois a madeira de demolição é exatamente essa madeira reutilizada de novas maneiras, mas que possui aquele visual rústico que somente os anos sob a chuva e o sol conseguem conceder. 

Um exemplo de uso da madeira de demolição são os trilhos de trens antigos. Essa é uma opção sustentável, mas que possui grande procura, o que acarretou nos altos preços desse material.

MDP ou MDF?

Tipos de madeira: MDF, MDP e madeira maciça, respectivamente.
Tipos de madeira: MDF, MDP e madeira maciça. Fonte: Live

Com nomes tão parecidos e materiais similares, é natural que a dúvida fique no ar: quais são as diferenças entre o MDP e o MDF?

Tecnicamente falando, o MDF não é exatamente uma madeira, mas uma mistura de fibras de madeira com fibras sintéticas. Com densidade média, sua dureza também é média, além de ser leve. 

Quatro placas do tipo MDF.
Placas de MDF. Fonte: Berneck

As fibras sintéticas de sua composição tornam o material resistente à umidade e às pragas, além de ser um produto muito versátil, que pode ser encontrado em diversas cores, e ecologicamente correto.

O MDP também é formado por uma aglutinação de fibras, mas, nesse caso, são apenas fibras de madeira, construídas em três camadas: uma grossa no centro e duas finas nas extremidades. 

Detalhe do MDP.
Detalhes do MDP. Fonte: Sumto Machinery

A aparência do MDP é parecida com a da madeira maciça, com a vantagem de seu preço ser inferior. É utilizado para produzir principalmente formas retas, por não ser muito maleável. O material também se destaca por sua leveza e resistência. 

Se você procura por mais dicas para deixar a sua casa do jeitinho que sempre sonhou, veja o guia completo de decoração que fizemos.

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Rua Augusta – Que rua é essa?
Cidade-se
Rua Augusta – Que rua é essa?

A rua Augusta é reconhecida pela diversidade e pelas variadas opções de lazer que a sua infraestrutura completa oferece à região dos Jardins, em São Paulo, onde está localizada. Seu […]

Vista do palco de apresentações da Sala São Paulo.
Arquitetura
Sala São Paulo – Que prédio é esse?

A Sala São Paulo faz parte de um importante conjunto arquitetônico e patrimônio histórico da cidade de São Paulo, sendo palco para orquestras, corais, grupos de dança, atores e solistas […]

Arquitetura
Estilos arquitetônicos - Desconstrutivismo

Nascido em berço filosófico com o DNA do Construtivismo russo e as influências do Cubismo e do Futurismo, o Desconstrutivismo é rejeitado por muitos teóricos como movimento ou estilo arquitetônico. […]

Peter Zumthor - Biografia e obras
Arquitetura
Peter Zumthor - Biografia e obras

Peter Zumthor é um arquiteto suíço reconhecido como um dos profissionais mais renomados da contemporaneidade, com uma trajetória marcada por feitos poéticos e atemporais. Suas obras refletem o minimalismo, a […]

Melhores bairros de Goiânia.
Cidade-se
Viver o Brasil: conheça os melhores bairros de Goiânia

A capital de Goiás é considerada uma das melhores cidades brasileiras para se viver, principalmente para quem busca uma excelente qualidade de vida em diversos aspectos, sendo o destino ideal […]

receitas de chá
Dentro de Casa
Receitas de chá: benefícios, sabores e dicas

Nada melhor do que um chá para esquentar em um dia frio, aliviar um resfriado, melhorar cólicas, dormir melhor, e por aí vai, afinal são muitas as ocasiões nas quais […]