O que são bacias de duplo acionamento e porque elas são importantes

Checar as bacias de duplo acionamento é a primeira coisa que você deve fazer para começar a economizar água

Usar sempre a mesma quantidade de água em todas as descargas é puro desperdício.

Em tempos de racionamento, devido ao baixíssimo nível de água nos reservatórios que abastecem São Paulo, bacias de duplo acionamento deveriam ser padrões para todas casas e apartamentos, pois a economia pode chegar a 50% no consumo de água.

As bacias de duplo acionamento, ou bacias dual flush, como também são conhecidas, foram desenvolvidas para despejar 3 ou 6 litros na bacia sanitária, de acordo com a necessidade. Elas podem ser instalados tanto para descargas na parede quanto para caixas acopladas.

Bacias de duplo acionamento - ou dual flush

 

Tudo depende de qual botão de acionamento é escolhido. O botão menor despeja 3 litros de água, enquanto o maior despeja 6 litros de água.

As válvulas sem esse recurso gastam, em média, 12 litros por descarga em vasos sanitários com caixas acopladas e 10 litros nos casos em que há válvulas nas paredes.

As bacias mais antigas, fabricadas há mais de 10 anos, podem gastar entre 12 e 40 litros por ciclo. Um absurdo! Por isso, a orientação de especialistas é trocar a descarga para um modelo de duplo acionamento.

Por causa de vazamentos e mau funcionamento das descargas, um condomínio de prédios na Barra Funda, em São Paulo, atingiu consumo similar a 70 descargas por dia em cada apartamento.

Para resolver o problema, os moradores fizeram a troca de 551 válvulas das caixas acopladas nos 324 apartamentos e áreas de lazer do condomínio.

Conseguiram reduzir a conta de água de R$ 22 mil para R$ 7 mil, segundo o síndico Sérgio Giamas, uma economia de R$ 15.000 por mês. Se você considerar que a economia anual, neste caso, atinge R$ 180.000, com certeza é um investimento que se paga rapidamente.

Como instalar bacias de duplo acionamento?

No caso do condomínio da Barra Funda, foi contratada uma empresa para a troca de todas as válvulas. Entretanto, os fabricantes dizem que pessoas que têm noções básicas de bricolagem podem fazer a troca com a ajuda dos manuais de instrução.

Veja animação produzida pela Censi como a instalação é descomplicada.

Parafraseando as campanhas de conscientização sobre água: usando bem, ninguém fica sem, nem o passarinho.

Água: usando bem, ninguém fica sem

Mais em Live

Arquitetura
Edifício Pátio Victor Malzoni - QUE PRÉDIO É ESSE?

Quem passa pela Faria Lima, em São Paulo, e vê o imponente Edifício Pátio Victor Malzoni com seu vão livre de mais de 40 metros de largura a 30 metros […]

Continue lendo
Arquitetura
Edifício Gazeta - QUE PRÉDIO É ESSE?

Figurinha carimbada nos marcos da capital paulistana. Quem nunca passou pelo Edifício Gazeta quando está dando aquela voltinha pela Paulista e se perguntou: que prédio é esse? Você conhece a […]

Continue lendo
Arquitetura
ONGs que criam moradias e condições para viver melhor

Nós do Live temos o lema “More bem, viva melhor”, mas e as pessoas que sequer possuem onde morar? O Brasil tem 15 milhões de pessoas vivendo em situação de […]

Continue lendo
Arquitetura
Para ganhar espaço e ver o mundo - Quando a janela rouba a cena

A janela! Pode ser um item corriqueiro, muitas vezes despercebido, mas já inspirou milhares de canções (você vai se lembrar de alguma). Se observadas do ponto de vista poético, as […]

Continue lendo
Arquitetura
Loft, studio, kitnet… O que caracteriza cada tipo de apartamento?

O mundo do mercado imobiliário pode ser um pouco confuso para quem está começando a busca por um imóvel. Muitos termos utilizados com frequência não ficam muito claros para quem […]

Continue lendo
Arquitetura
Ohtake Cultural - QUE PRÉDIO É ESSE?

Em 2001 a cidade de São Paulo ganhou um ícone inconfundível. Até hoje, as cores e formas do Ohtake Cultural instigam e despertam a curiosidade transeuntes. É possível que você […]

Continue lendo