O que é apartamento penthouse?

Penthouse é um apartamento localizado na cobertura de um prédio, que possui área externa, terraço, e normalmente é ocupado por itens de lazer, como área gourmet, piscina, deck, entre outros. É como o quintal de uma casa, mas com a vista privilegiada do último andar do prédio e, claro, as comodidades e a segurança de um condomínio. 

Extrair o melhor dos dois mundos tem seu preço: a penthouse é a unidade mais valorizada de um empreendimento e, por isso, é sinônimo de status e luxo.

Nascida nos Estados Unidos na década de 1920, quando o uso do elevador começou a ser explorado, a penthouse também chegou ao Brasil, embora com menos força e popularidade. Seu nome muitas vezes é utilizado, de forma equivocada, para classificar apartamentos com pé-direito duplo e área externa. Porém, essas características não configuram, necessariamente, um apartamento penthouse.
Nesse post, conheceremos um pouco da história e da personalidade deste que é o popstar dos apartamentos.

O primeiro apartamento penthouse da história

O título de primeira penthouse da história é frequentemente dado à cobertura do Plaza Hotel, em Nova Iorque. Desde que foi inaugurado, em 1890, o hotel com vista para o Central Park tornou-se um ícone da cidade de Nova Iorque. Além de hospedar os maiores nomes da música e do esporte, já serviu de cenário para históricos encontros políticos. 

Plaza hotel
Plaza Hotel, Nova Iorque

Na década de 1920, o uso da energia elétrica e do elevador passou a ser mais explorado, facilitando o acesso às áreas mais altas dos edifícios. Nesse momento, o Plaza Hotel deu o primeiro passo para o estrelato das coberturas, com a construção de um apartamento no telhado do prédio. O sucesso foi tanto que a ideia passou a ser replicada mundo afora.

Principais características

É muito comum vermos o nome penthouse ser utilizado para intitular apartamentos com características de luxo, como pé-direito amplo, duplex e amplo terraço. Porém, para ser penthouse, o apartamento precisa atender a alguns requisitos básicos. 

Estar localizado na cobertura do prédio é sua característica mais forte. Não ter vizinhos no andar de cima e contar com uma área externa privativa com vista livre para o céu representam o máximo luxo que se pode alcançar morando em um edifício. Se não preencher esses requisitos, não é um apartamento penthouse

Ele pode ser duplex, ter pé-direito duplo e mezanino, mas nenhum desses atributos é relevante para classificar um apartamento como penthouse. A área externa, porém, sim. Ampla, servindo usualmente para piscinas, spas, solariuns e espaços gourmet, é a vista 360 do ponto mais alto do prédio que coroa o apartamento da cobertura com o título de penthouse.

Penthouses pelo mundo

Este apartamento, localizado em Israel, parece ter muito mais do que 200 m2. O layout integra todos os ambientes, inclusive as áreas interna e externa.

Projeto Pistou Kedem Architects
Fonte: Archdaily / Projeto: Pitsou Kedem Architects
Projeto Pistou Kedem Architects
Fonte: Archdaily / Projeto: Pitsou Kedem Architects

O uso de materiais em seu estado puro, como concreto, madeira e ferro, dá ao projeto de interiores uma personalidade moderna e, ao mesmo tempo, atemporal.

No Vietnã, os arquitetos do i.house tinham como ponto de partida a construção de um ambiente que traduzisse a personalidade do proprietário e proporcionasse  conforto e relaxamento. 

Paredes de vidro foram escolhidas para separar os usos do apartamento. Além de ampliar a percepção do ambiente, garantem mais iluminação a cada cômodo. O escritório responsável classifica o mobiliário como industrial clássico.

projeto i.house
Fonte: Archdaily / Projeto: i.house
projeto i.house
Fonte: Archdaily / Projeto: i.house

Esse projeto na Urca, Rio de Janeiro, assinado pelo Studio Arthur Casas, é a moldura perfeita para a vista deslumbrante do Pão de Açúcar. A maioria das paredes foi demolida, criando um ambiente totalmente voltado para a Baía de Guanabara.

Projeto:Studio Arthur Casas
Fonte: Archdaily / Projeto:Studio Arthur Casas
Projeto:Studio Arthur Casas
Fonte: Archdaily / Projeto:Studio Arthur Casas

Mais em Live

Arquitetura
Paulo Mendes da Rocha – Que arquiteto é esse?

Com mais de 90 anos de idade, Paulo Mendes da Rocha segue projetando e construindo cidades. Com uma vida dedicada ao fazer arquitetônico e social, o também professor nos ensina […]

Continue lendo
Arquitetura
Sesc Pompeia – Que prédio é esse?

O centro de cultura e lazer Sesc Pompeia foi projetado pela arquiteta modernista ítalo-brasileira Lina Bo Bardi.  Responsável por notáveis projetos, como o Museu de Arte de São Paulo (MASP), […]

Continue lendo
Arquitetura
Memória e inovação: Intervenções modernas em edifícios tombados

Projetos de intervenções em edifícios tombados ao redor do mundo mostram como é possível olhar para o futuro sem esquecer do passado. Patrimônio histórico x função Quando um edifício carrega […]

Continue lendo
Arquitetura
Lina Bo Bardi – Que arquiteta é essa?

Esta matéria inaugura a nova série “Que arquiteto é esse?” do Live. Começamos com a arquiteta Lina Bo Bardi em reconhecimento ao seu incrível trabalho e em homenagem a todas […]

Continue lendo
Arquitetura
Edifício Niemeyer em Belo Horizonte – Que prédio é esse?

Antes mesmo da construção de Brasília, Juscelino Kubitscheck já era um admirador do trabalho de Oscar Niemeyer. Quando ainda era prefeito de Belo Horizonte, encomendou projetos que até hoje são […]

Continue lendo
Arquitetura
Copacabana Palace – Que prédio é esse?

Inaugurado em 13 agosto de 1923, o icônico Hotel Copacabana Palace foi construído entre 1919 e 1923, por Octávio Guinle e Francisco Castro Silva. O pedido da construção do prédio […]

Continue lendo