Museu do Amanhã – Que prédio é esse?

museu do amanhã

Refletir sobre o modo como estamos vivendo no planeta e utilizando os recursos naturais existentes é algo que se faz cada vez mais urgente. O Museu do Amanhã, localizado no Rio de Janeiro, nasce com este objetivo. O edifício projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava tem como base a sustentabilidade aliada à inovação. Um museu que é também uma experiência espacial e uma fonte de aprendizagem, um lugar indispensável para visitar na capital carioca. 

Contexto da construção do Museu do Amanhã 

A antiga zona portuária do Rio de Janeiro, conhecida como Porto Maravilha, passou por uma revitalização urbana entre 2011 e 2015,  com o objetivo de aumentar o desenvolvimento econômico e cultural da capital carioca, que foi sede para a Copa do Mundo FIFA 2014 e para os Jogos Olímpicos de 2016. 

Vista exterior do Museu do Amanhã. Fonte: Archdaily
Vista exterior do Museu do Amanhã. Fonte: Archdaily

O Museu do Amanhã, inaugurado em dezembro de 2015 pela Prefeitura do Rio, atuou como âncora para este projeto urbano, transformando um espaço até então subutilizado em ponto de atração, convidando visitantes e moradores a explorar esta região da cidade. 

A arquitetura do Museu do Amanhã, projeto de Santiago Calatrava 

Projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, ganhador do Prêmio Pritzker em 2015, com obras famosas pelo mundo, como o Puente de la Mujer, em Buenos Aires, e a Cidade das Artes e Ciências, em Valência, o Museu do Amanhã é mais um edifício de estética inovadora e futurista, traços característicos do arquiteto. 

Para o museu carioca, Calatrava explica ter se inspirado nas bromélias do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, em uma busca por criar um edifício que se relacionasse com a cultura do lugar. A inspiração pode ser vista na forma do edifício, composto por uma extensa nave que se projeta em um longo balanço, cuja estrutura pode associar-se a das folhas de tal planta.

Vista noturna do Museu do Amanhã.
Vista noturna do Museu do Amanhã. Fonte: Archdaily

O Museu do Amanhã conta com 5 mil metros quadrados de espaços expositivos e é rodeado por uma praça de mais de 7 mil metros quadrados, com vistas para a Baía de Guanabara. 

O edifício é composto por uma estrutura única, que se faz fachada e cobertura, apresentando uma série de painéis fotovoltaicos, que se movem de acordo com a luz solar e fazem com que o edifício consiga uma economia de energia significativa. 

Sobre o balanço do edifício, um espelho d’água faz com que o museu pareça flutuar sobre a cidade. 

Descubra o Museu do Amanhã 

O Museu do Amanhã foi criado com o objetivo de ser um museu de ciências aplicadas de base educativa, o qual propõe ao visitante se questionar sobre a maneira com a qual estamos vivendo no mundo atualmente e como será daqui para frente.

Interior do Museu do Amanhã.
Interior do Museu do Amanhã. Fonte: Archdaily

Um museu de ciências diferente: “Um ambiente de ideias, explorações e perguntas sobre a época de grandes mudanças em que vivemos e os diferentes caminhos que se abrem para o futuro.”, tal como descreve o próprio site da instituição. 

Exposições  

O segundo andar do Museu do Amanhã dá lugar à exposição principal do local, composta por uma estrutura dividida em cinco áreas: Cosmos, Terra, Antropoceno, Amanhãs e Nós. Trata-se de um convite ao público para submergir em mais de 40 experiências, disponíveis em português, espanhol e inglês. Para cada abordagem, o visitante é questionado por uma pergunta, a partir da qual o tema se desenvolve de maneira fluida. 

A primeira exposição, “Cosmos”, indaga o visitante a refletir sobre “como chegamos até aqui?”, através de uma projeção em 360 graus, que percorre galáxias, o coração dos átomos e o interior do Sol.

Exposição Antropoceno.
Exposição Antropoceno. Fonte: Museu do Amanhã

Na exposição “Terra”, a pergunta é “Quem somos?”, a resposta “matéria, vida e pensamento”, que são representadas através de três cubos de 7 metros de altura, com lado interior e exterior, com o objetivo de investigar as três dimensões da existência.

A etapa “Antropoceno” é o centro da exposição principal do Museu do Amanhã. Nela, a vida humana é abordada como força geológica, capaz de alterar a biodiversidade, trazer mudanças ao clima etc., indagando as incertezas que isso traz para o futuro. 

A quarta exposição, nomeada “Amanhãs”, tem o foco nas tendências globais, questionando o visitante sobre como e onde vamos viver? Convidando-o a refletir sobre temas como sustentabilidade e convivência.

Exposição Nós.
Exposição Nós. Fonte: Museu do Amanhã

O percurso da exposição principal encerra com a intitulada “Nós”, propondo que o amanhã comece agora, através das escolhas feitas no presente, sendo este lugar de ação que possibilita imaginarmos um futuro diferente. 

Além da exposição principal, o museu conta com diversas atividades itinerantes, sempre com foco na interatividade do público com a temática da exposição, e o uso de recursos tecnológicos de última geração. Por isso, é bom estar atento à programação do museu

Aproveite o passeio para conhecer atrações por perto

O entorno do Museu do Amanhã está cheio de atrações interessantes, uma boa ideia é aproveitar e conhecer a região portuária e o centro antes ou depois de visitar o museu. 

A poucos metros do Museu do Amanhã, está o Museu de Arte do Rio (MAR), contemporâneo a este, que conta com exposições itinerantes e uma cobertura com uma vista incrível para o edifício de Calatrava, o mar e a cidade.

O centro histórico do Rio, bairro vizinho à antiga zona portuária, é um lugar único para se visitar e descobrir sobre a história da cidade. Entre alguns dos edifícios icônicos dessa região, está a Confeitaria Colombo, com interior antigo e  decoração exuberante de época, além de iguarias típicas da cidade para se deliciar. O lugar ideal para uma pausa saborosa depois de um dia de caminhada e atrações. 

Visite o Museu do Amanhã 

Ingressos: para evitar aglomerações, os ingressos são vendidos apenas pela internet, reserve os ingressos aqui

Horário de visitação: de quinta a domingo, das 10h às 17h (última entrada às 16h)

Endereço: Av. Rodrigues Alves, n° 2 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20081-240

Site:

https://museudoamanha.org.br/?gclid=Cj0KCQjw5auGBhDEARIsAFyNm9FInqWsqbXUwk-Ro7rWAvjqOKBj18opkfDTf8QcF6sEt6NgSkZh4HMaAkEeEALw_wcB#

 

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Ruy Ohtake.
Arquitetura
Ruy Ohtake – Biografia e obras

Ruy Ohtake é conhecido como um dos grandes nomes da arquitetura brasileira, suas obras, além de explorarem a plasticidade de maneira inovadora, são responsáveis pela representação de uma arquitetura democrática, […]

Cidade-se
Viver o Brasil: conheça a Praça dos Namorados, em Vitória

Famosa como lugar de encontro para casais apaixonados, por conta dos espaços verdes sombreados com vista para o mar, mas não só, a Praça dos Namorados, em Vitória, é ponto […]

Mercado Imobiliário
Cyrela Moema by Yoo: Qualidade de vida e exclusividade

A qualidade de vida é um ponto fundamental que compõe o conjunto de características para se viver bem, em um lugar onde o conforto está em primeiro lugar, em espaços […]

Três tiny houses de madeira, lado a lado.
Arquitetura
Tiny houses: minicasas para uma vida minimalista

As tiny houses são pequenas moradias planejadas para quem deseja viver em espaços compactos e minimalistas. Essas casas são o resultado de um movimento que segue a ideia de possuir […]

Escritório em casa: dicas essenciais de organização.
Dentro de Casa
Como montar um escritório em casa: 7 dicas essenciais

Por conta dos avanços tecnológicos, do home office, do marketing digital e de profissões que vêm surgindo nos últimos anos, inúmeras pessoas estão trabalhando no conforto de seus lares atualmente. […]

Você Apto
O que observar antes da assinatura do contrato de compra e venda de imóvel

Após escolher o apartamento ideal, começa o processo burocrático da compra do imóvel, que envolve uma série de procedimentos e documentações até chegar a etapa da assinatura do contrato de […]