Guia sobre uso de cimento queimado

    Guia sobre uso de cimento queimado
    Beatriz Dilascio

    Por Beatriz Dilascio

    11 julho 2022

      Compartilhar esse post

      O cimento queimado é uma tendência que cresceu muito no mundo da arquitetura e do design de interiores. Ele é perfeito para quem procura um estilo mais industrial e contemporâneo de decoração.

      Com certeza você já viu alguma imagem de ambiente que possui uma parede ou piso de concreto armado na internet. Isso porque ele pode ser utilizado em vários contextos, combinando com a decoração do espaço. 

      Mas como ele é uma tendência relativamente nova, muitas pessoas ainda possuem dúvidas em relação a esse material, como em relação a utilização, aplicação e cuidados necessários para a sua conservação. 

      Pensando nisso, fizemos um conteúdo completo para que você tenha respostas para todas as suas dúvidas em relação a esse material. 

      O que é cimento queimado?

      O cimento queimado é uma técnica muito antiga que mistura água, cimento e areia para aplicar sobre o piso, o qual deve estar muito bem-nivelado. Mas, para dar o real efeito do cimento queimado, é preciso fazer uma finalização especial, espalhando o cimento em pó sobre o piso ainda úmido e dando aquele efeito “manchado”.

      Essa técnica, inicialmente, era aplicada somente em pisos, mas, com o passar do tempo, o cimento queimado também começou a ser aplicado em paredes. Ambas as formas deixam o ambiente mais moderno e sofisticado.

      Cimento queimado utilizado no piso, paredes e teto da sala de estar.
      Antigamente o cimento queimado era aplicado somente em pisos, mas, com o passar do tempo, ele começou a ser aplicado de diversas outras formas. Fonte: Quartzolit

      Essa técnica se tornou muito popular, principalmente pelo seu baixo custo. É importante lembrar que o concreto e o cimento são materiais diferentes, sendo o concreto um compósito feito por água, cimento e agregados, enquanto o cimento é um pó feito de calcário e outros minerais.

      Onde usar o cimento queimado?

      A técnica do cimento queimado pode ser utilizada em diferentes superfícies, por ser extremamente versátil e ter vários tipos de combinações com diferentes estilos. Mesmo que o cimento queimado remeta a um estilo industrial urbano, você não precisa necessariamente seguir somente a esse estilo para poder utilizá-lo. 

      Você pode variar as combinações, misturando os estilos de decoração de maneira harmônica, com elementos que se complementam. Veja a seguir algumas formas de utilizar essa técnica em sua casa.

      Piso de cimento queimado

      Das formas de aplicação, essa é a mais comum e perfeita para criar um ambiente muito moderno. É muito importante que a aplicação do cimento queimado no piso seja feita por um profissional qualificado e especializado, para que o seu piso tenha uma durabilidade maior, evitando rachaduras.

      Sala de estar com sofá ao lado de ampla janela.
      O piso de cimento queimado é a forma de aplicação mais comum. Fonte: Mapa da Obra

      Ele pode ser utilizado em diferentes ambientes da casa, desde a cozinha até o banheiro e lavabos, em um conceito mais industrial, ou mesmo misturando os estilos para criar um espaço com muita personalidade.

      O piso de cimento queimado em quartos dá a ideia de modernidade e pode ser misturado com outros elementos para garantir um ambiente aconchegante e confortável. A madeira, por exemplo, é o elemento perfeito para criar essa atmosfera.

      Na sala, o piso proporciona um estilo mais despojado ao ambiente. Mas para não deixar o ambiente muito escuro, a combinação de cores pode ajudar, e muito, a dar mais vida ao ambiente. Então, as cores mais clean, em geral, com alguns pontos de destaque, deixarão a sua sala bela e muito harmônica. 

      Cozinha no estilo industrial, com piso de cimento queimado.
      Em uma cozinha no estilo industrial, o piso de cimento queimado confere a modernidade que o estilo pede. Fonte: Pinterest

      Quem nunca procurou algumas dicas de decoração e encontrou uma cozinha no estilo industrial com um piso de cimento queimado? A técnica é muito indicada para as cozinhas, por dar um ar de modernidade e, principalmente, por ser muito fácil de limpar.

      Outro lugar onde você pode utilizar o piso de cimento queimado é no banheiro, mas há uma contraindicação: o interior do boxe. Isso porque o piso é poroso e produtos como sabonete, shampoo e condicionador podem reagir e mudar as características dele. Além disso, em contato com a água, o piso pode ficar muito escorregadio, o que não é interessante. 

      Parede de cimento queimado

      As paredes de cimento queimado estão sendo cada vez mais utilizadas e queridas pelas pessoas, isso porque, em vez de utilizar papel de parede ou textura, optar pela técnica do cimento queimado é mais econômico e prático de fazer. 

      Sala de estar com sofá cinza e parede com cimento queimado.
      A técnica do cimento queimado na parede proporciona maior destaque ao ambiente sem precisar gastar muito. Fonte: Pinterest

      Essa técnica dará um ótimo destaque à sua parede, mas uma dica é: não a utilize em todas as paredes do local escolhido, pois isso poderá passar a impressão de um ambiente “pesado”, o que não é muito interessante.

      Bancada de cimento queimado

      Essa é outra opção muito bacana para utilização do cimento queimado, pois assim você foge do tradicional, que seriam as bancadas de granito e, mesmo assim, garante um resultado muito bonito e estiloso. 

      Bancada de cozinha feita de cimento queimado.
      Bancada de cozinha feita de cimento queimado, garantindo um ambiente com muito estilo. Fonte: Pinterest

      Esse material nas bancadas ainda permite muitas combinações de materiais e estilos, tanto nas cozinhas como nos banheiros. Pode soltar a criatividade e decorar o seu ambiente com diferentes cores, elementos e texturas. 

      Como fazer um piso de cimento queimado

      Para você ter conhecimento de como fazer um piso de cimento queimado, deixamos aqui um passo a passo a ser seguido, para que essa técnica seja feita corretamente. 

      Mas, como já falamos anteriormente, é muito importante contar com um profissional especializado para fazer esse serviço. Isso porque, caso o serviço seja malfeito, o piso pode ficar com manchas e rachaduras acima do normal.

      O primeiro passo é a preparação do piso onde o cimento queimado será aplicado. Se o piso for liso, é necessário fazer um chapisco para criar aderência para colocar o cimento queimado. 

      Piso bem nivelado pronto para aplicação do pó.
      É importante deixar o piso bem-nivelado e, com ele ainda úmido, polvilhar o pó de cimento para dar o efeito de “queimado” no cimento. Fonte: Total Construção

      Depois disso, é hora de preparar a argamassa, que deve ser feita com uma medida de cimento para quatro medidas de areia; depois disso, coloque água até conseguir uma consistência mais cremosa.

      Na hora da aplicação do cimento, é importante que ele fique bem-nivelado e sua altura deve ser de, aproximadamente, três centímetros e, a cada dois metros, devem ser colocadas juntas de dilatação para evitar que ele fique rachado. 

      Depois da aplicação, é hora de “queimar” o cimento. Então, enquanto a massa do cimento ainda está úmida, cubra toda a área colocada polvilhando o pó de cimento. Assim que o pó de cimento for totalmente absorvido pela massa, o piso deve ser muito bem-alisado. 

      Piso de cimento queimado passando por cuidados específicos.
      Após a secagem e a limpeza do piso de cimento queimado, para ele ficar brilhante você pode aplicar cera para piso. Fonte: Pequenas Reformas

      Para finalizar, deixe esse piso secar por dois dias e lave bem utilizando apenas água e sabão de coco. Se você quiser que o seu piso de cimento queimado fique com brilho, você pode aplicar cera para piso, resina de proteção ou mesmo um verniz.

      E pronto! Assim você terá um belo piso de cimento queimado.

      Vantagens do cimento queimado

      Existem muitas vantagens sobre o uso do cimento queimado, em termos de aparência, versatilidade e também por sua facilidade no cotidiano, por isso, se você ainda está com dúvidas sobre utilizar ou não o cimento queimado, veja a seguir algumas de suas vantagens.

      1. Uso versátil

      Espaço de churrasqueira com detalhes em cimento queimado.
      Espaço de churrasqueira com bancada de cimento queimado aliada a elementos em madeira e detalhes em preto. Fonte: Decor Salteado

      Ele pode ser utilizado de diversas formas, como no piso, na parede, em bancadas, em pias de lavabo, em colunas e até em escadas. Além dessa versatilidade em formas de utilização, ele também permite várias combinações, com diferentes estilos e cores. 

      2. Baixo custo de investimento

      Ele possui um custo muito menor comparado aos outros materiais que poderiam ser utilizados. Por exemplo, quando falamos de piso, se compararmos o cimento queimado com o porcelanato, o cimento queimado possui um custo muito menor e você ainda garante beleza e modernidade.

      O custo médio do cimento queimado por metro quadrado é de R$ 15,00 a R$ 25,00.

      3. Facilidade na aplicação

      A sua aplicação é simples e prática; além disso, você não precisará aplicar rejunte, o que normalmente toma um bom tempo na aplicação dos pisos. Por ser um processo rápido, ele é muito desejado principalmente para quem está reformando um imóvel.

      Problemas comuns desse material

      Assim como tudo, existem vantagens e desvantagens na utilização do material. Veja algumas desvantagens e como podemos evitar que elas aconteçam.

      Trincas

      Essas trincas no material ocorrem a partir de sua dilatação. Para reduzir essas rachaduras, são utilizadas as juntas de dilatação na hora da aplicação. Elas ficam quase que imperceptíveis, como linhas bem finas e discretas. 

      Outro ponto a ser considerado é o fator climático. Se o cimento queimado for feito em um dia que o ar estiver com baixa umidade, as chances de surgir essas rachaduras são maiores. 

      Acabamento soltando

      Às vezes, a camada de acabamento pode soltar da base de argamassa, o que pode acabar comprometendo todo o trabalho. Para que isso não aconteça, a aplicação correta do cimento sobre a base é muito importante, lembrando de fazer o chapisco caso a base seja lisa e regular. 

      Manchas

      Podem acontecer variações de coloração ao produzir o cimento queimado, fazendo com que ele pareça manchado, o que tira um pouco da beleza do material. 

      Essa variação ocorre devido à diferença no tempo de secagem ⏤ os locais que tiverem uma secagem mais rápida ficarão com uma cor mais clara, já os que tiverem uma secagem mais demorada ficarão mais escuros. 

      Quanto maior a superfície, mais difícil é de controlar o seu processo de secagem, então a diferença na tonalidade do seu cimento queimado ficará mais aparente. Para evitar essas manchas, o ideal é contar com a ajuda de profissionais especializados para fazer essa técnica. 

      Cimento queimado na sua obra

      São muitas as formas de ter o cimento queimado fazendo parte da sua casa e de seus espaços; por ser um material tão versátil, adequá-lo ao seu estilo não será uma missão difícil.

      Agora que você já sabe o que é, como utilizar e como deve ser feita toda a preparação e aplicação desse material, que tal chamar um profissional especializado e ter essa tendência na sua casa?

      Gostou do conteúdo? Confira essas outras matérias que podem te interessar:

      Quer relatar sobre algum erro?

      Avise a gente
      LEIA TAMBÉM
      Posts relacionados
      News do Live

      Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

      Seu melhor e-mail