Fração de Imóvel, uma boa opção?

A fração de imóvel é uma maneira diferente de entrar no mercado imobiliário, onde você compra apenas uma parte do bem.

Você já percebeu que quem tem um imóvel para o período de férias, normalmente, o usa apenas por algumas semanas do ano?

Esse é um dos principais motivos que atraem os consumidores para esse modelo de possuir um imóvel compartilhado, algo muito diferente do coliving.

Você não vai usar o seu apartamento na praia durante o ano inteiro. Então, dividir os custos com outras pessoas pode ser uma estratégia interessante e muitas empresas olham para esse público.

Empresas especializadas

Existem empresas que constroem incríveis resorts, com vários apartamentos, mas sabem que os seus clientes não utilizarão eles em período integral, por isso vendem frações dos imóveis, ao invés deles inteiros.

Além do preço do imóvel, existe uma taxa mensal para cobrir os custos do condomínio, limpeza e uma reforma periódica (normalmente feito a cada 7 anos).

Nesse sistema você vai poder usar o seu apto por um período referente ao percentual que possuir do imóvel. Basta reservar com antecedência os dias desejados.

Mas você deve estar pensando: “Nem todos os dias são iguais, se eu tiver um apartamento na praia os dias de verão valem muito mais, como é feita essa divisão?”

Para não ser injusto, a empresa faz uma divisão garantindo, à cada proprietário, dias durante a alta e baixa temporada.

Mas e se eu quiser ir em um período que o meu apartamento esteja sendo utilizado?

Nesse caso, como a empresa administra muitos imóveis, pode ser que algum outro esteja vago e ela irá lhe oferecer a estadia em uma outra unidade.

Esse intercâmbio de unidades é interessante, porque você pode trocar o tempo de uso em seu apartamento, pelo tempo de uso de outra pessoa, até mesmo se ela possuir uma unidade em outro local.

Uma possibilidade para você desfrutar diferentes destinos.

Mas e se eu estiver ocupado e não puder usar o tempo pelo qual eu tenho direito?

Normal. Isso é algo muito comum nesse modelo de imóvel compartilhado.

Muitos não encontram o tempo necessário para utilizar todos os dias aos quais tem direito, nesse caso você tem a possibilidade de alugar o seu imóvel.

Esse processo pode ser feito por intermédio da empresa administrante.

É importante destacar que essas empresas especializadas em frações de imóveis oferecem duas formas de negócio, o fraction e o time sharing.

Fraction

O modelo fraction é quando você realmente compra parte do título do imóvel. Podendo, posteriormente, vender a sua parte ou até deixar de herança.

Apesar disso, vale ressaltar que você não será o único dono do imóvel.

O lado bom é que os custos serão divididos entre todos, mas também significa que você não terá poder de decisão absoluto sobre o imóvel.

Não poderá fazer uma reforma sem a aprovação dos outros, por exemplo.

Time Sharing

No modelo time sharing você não possui realmente parte do título do imóvel, ele fica com a empresa administradora e você compra apenas um direito de uso.

Diferente do caso anterior, esse direito não será eterno, ele tem data de validade.

O poder de decisão sobre o imóvel também é um pouco mais complicado.

Como a empresa é a verdadeira dona do imóvel, ela pode tomar decisões sobre ele, desde que não atrapalhe o seu direito de uso.

Fração de imóvel para investidores

Essa é uma forma de investir no mercado imobiliário para aqueles que não possuem muito capital para comprometer.

Você pode se juntar com outra pessoa, ou um grupo de pessoas, e adquirir um imóvel.

Nesse caso, os custos e os ganhos serão divididos.

Digamos que você compre 10% de um apartamento e que ele seja alugado para um terceiro por R$ 3 mil por mês, todo mês você receberá R$ 300, referente aos seus 10%.

No caso de venda o mesmo ocorre, você irá receber um percentual do valor da venda equivalente ao percentual que você possui do bem.

Dica do Vince

Obter uma fração de imóvel é um ótimo meio para possuir um local, ou até mesmo vários, para passar as férias.

É possível até mesmo comprar imóveis nesse modelo fora do Brasil.

A fração de imóveis também pode ser muito interessante para aqueles que querem iniciar os investimentos no ramo imobiliário.

Fique atento às pessoas com quem você efetuará a compra, porque precisam ser pessoas de confiança, afinal, serão como sócios.

Mais em Live

Arquitetura
ONGs que criam moradias e condições para viver melhor

Nós do Live temos o lema “More bem, viva melhor”, mas e as pessoas que sequer possuem onde morar? O Brasil tem 15 milhões de pessoas vivendo em situação de […]

Continue lendo
Arquitetura
Para ganhar espaço e ver o mundo - Quando a janela rouba a cena

A janela! Pode ser um item corriqueiro, muitas vezes despercebido, mas já inspirou milhares de canções (você vai se lembrar de alguma). Se observadas do ponto de vista poético, as […]

Continue lendo
Arquitetura
Loft, studio, kitnet… O que caracteriza cada tipo de apartamento?

O mundo do mercado imobiliário pode ser um pouco confuso para quem está começando a busca por um imóvel. Muitos termos utilizados com frequência não ficam muito claros para quem […]

Continue lendo
Arquitetura
Ohtake Cultural - QUE PRÉDIO É ESSE?

Em 2001 a cidade de São Paulo ganhou um ícone inconfundível. Até hoje, as cores e formas do Ohtake Cultural instigam e despertam a curiosidade transeuntes. É possível que você […]

Continue lendo
Arquitetura
Desvende de uma vez por todas a certificação LEED

Talvez você já tenha lido ou ouvido esse nome em algum lugar. Você sabe que é uma coisa boa, porque é relacionado a sustentabilidade, mas não entende direito quem concede […]

Continue lendo
Arquitetura
Desmistificado: Fachadas de vidro em residenciais

O uso do vidro na arquitetura é uma prática bem antiga. No Renascimento, quando era um material caríssimo, ele foi usado na construção de residências para mostrar poder e status […]

Continue lendo