Feng shui: o que é e como utilizar em casa

O feng shui é um conhecimento milenar de origem chinesa, que busca harmonizar os espaços onde vivemos em razão da energia nele presente. Organizar os ambientes de acordo com as teorias do feng shui pode, além de manter as energias renovadas, ajudar a trazer prosperidade, calma e sucesso para a vida de quem os habita. 

Significado e origem do feng shui

De origem chinesa, o termo feng shui é composto pelos ideogramas 风水, que significam, respectivamente, vento (yang) e água (yin). 

Constitui um pensamento analítico que surgiu na China há mais de 4 mil anos, quando mestres chineses perceberam que a energia vital, Ch’i, varia de acordo com o ambiente, pois cada terreno, edifício ou área natural tem uma vibração própria. Constataram também que essas vibrações presentes em cada ambiente poderiam ser tanto benéficas para o corpo e a mente quanto prejudiciais. 

Com isso, começaram a estudar quais as melhores maneiras de dispor móveis, objetos e cores em cada espaço, em relação à interpretação com base na natureza. Segundo os ideais do feng shui, quando se busca o equilíbrio pelas forças da natureza, se alcança prosperidade e saúde. 

É importante ressaltar que os mestres que desenvolveram a técnica do feng shui consideravam-na um instrumento para utilizar em conjunto com outras práticas, como a Medicina Tradicional Chinesa, a meditação, a acupuntura e o Tai Chi Chuan, e não como algo isolado e autossuficiente para obter o equilíbrio do corpo e da mente.

Objetivos

O feng shui trata de potencializar as energias positivas e minimizar as negativas. Pode-se dizer que são três objetivos claros:

  1. Guardar e preservar as boas influências do ambiente, de modo que permaneçam e se distribuam pelo ambiente.
  2. Reduzir os efeitos negativos de influências que podem surgir no local. 
  3. Alcançar harmonia e bem-estar para todos que habitam ou usam o ambiente.

Teorias básicas

O feng shui constitui-se por teorias básicas, sempre com foco na natureza e na energia vital.

Os cinco elementos naturais (fogo, água, madeira, metal e terra) devem estar presentes nos ambientes para atingir a harmonia e o bom equilíbrio energético. Esses elementos podem estar em móveis e na decoração, por exemplo. 

Além disso, o feng shui também se baseia nos mesmos princípios de Yin e Yang, afinal, também têm como objetivo o equilíbrio. Yin e Yang buscam essa harmonia entre aspectos opostos e complementares. Yin é a energia passiva, e Yang é a energia ativa. Yin está naquilo que traz calma, nas cores calmas, nas imagens relaxantes; já Yang expressa cores vibrantes, plantas altas e luzes brilhantes, por exemplo.

Baguá

baguá
Baguá. Fonte: Pinterest

O Baguá é um importante instrumento para a aplicação do feng shui nos ambientes. Nesse termo, também de origem chinesa, ba significa “número 8” e guá, “lados”, ou seja, é esta figura geométrica constituída por 8 lados. De acordo com a tradição chinesa, o número 8 está associado ao conceito de equilíbrio espacial. 

Cada área do baguá está relacionada a uma área da vida, a uma cor, a um elemento, a uma forma e a determinados objetos. Portanto, para potencializar as energias de cada área, recorre-se aos componentes correspondentes, realizando o processo de ativação. 

Para aplicar o baguá espacialmente, coloca-se a figura geométrica sobre a planta baixa da casa ou de um ambiente específico. Existem duas maneiras de orientar o baguá na planta: de acordo com a rosa dos ventos, alinhando a área de trabalho da figura posicionada ao norte, ou posicionando-a na entrada da residência ou em cada ambiente. 

Feng shui em casa

Pode-se aplicar a arte milenar em qualquer espaço, seja o de morar ou o de trabalho, em toda a casa como um conjunto e em cada ambiente especificamente. Aqui vamos te dar dicas de como harmonizar cada um dos ambientes.

A entrada do lugar deve ser limpa e bem iluminada. Incluir plantas nesse espaço é uma ótima opção para a prosperidade.

Nos corredores, é importante que as energias circulem e não fiquem estancadas prejudicando a passagem. Para promover esse movimento, recomenda-se colocar quadros nas paredes e pintar esse ambiente com cores claras, pois transmitem calma e tranquilidade no percurso.

Feng shui no quarto

quarto feng shui
Quarto. Fonte: Pinterest

No quarto, a cama é o elemento principal, motivo da atividade principal do ambiente, o dormir. Portanto, ela deve estar encostada em uma parede, em vez de embaixo da janela, que transmite insegurança, que não seja a mesma parede que a da porta do banheiro, que drena as energias boas. 

Deve-se ter particular atenção e cuidado para que o quarto seja confortável e aconchegante. Incluir almofadas, colchas e quadros são ótimas opções. Instrumentos de trabalho não devem permanecer no quarto.

Banheiro

No banheiro, aconselha-se manter as tampas dos vasos sanitários abaixadas e a porta fechada, para evitar que boas energias do lugar vão embora. Evitar vazamentos e cuidar da manutenção desse ambiente é fundamental. Incluir plantas também é ótimo para manter a energia em equilíbrio.

Feng shui na sala

sala de estar feng shui
Sala de estar. Fonte: Pinterest

Na sala de estar, sofás e poltronas devem estar encostados nas paredes e de frente para a porta de entrada, com o objetivo de criar um espaço hospitaleiro, além de permitir que a energia circule.

Cozinha

Na cozinha, o fogão é o objeto principal e representa prosperidade na casa. Por isso, este deve ser cuidado, limpo e estar em bom estado de funcionamento.

cozinha feng shui
Cozinha. Fonte: Pinterest

Plantas são aliadas das boas energias, pois purificam o ar e renovam as energias. De acordo com a tradição chinesa, é essencial manter-se próximo da natureza. Por isso, além de pátios e jardins de inverno, incluir plantas nos ambientes é fundamental.

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Ícones do Art Déco.
Arquitetura
Estilos arquitetônicos: Art Déco

O Art Déco foi um estilo artístico de caráter decorativo que surgiu na França no século XX, durante o período entreguerras. Marcado pela sua visão de progresso e modernidade, o […]

Brinquedoteca
Mercado Imobiliário
Brinquedoteca: a importância deste espaço nos condomínios

Bebês e crianças são, muitas vezes, o motivo da mudança de apartamento de uma família, em busca de mais espaço e conforto. Por isso, espaços projetados para eles, como brinquedoteca […]

Você Apto
Achados no Apto: condomínios horizontais exclusivos em São Paulo

Morar em uma casa ampla ⏤ com pátio, área verde externa, sem deixar de lado a segurança, a boa localização e a infraestrutura de lazer ⏤ pode até soar uma […]

Qual é a melhor idade para comprar um imóvel?
Você Apto
Qual a melhor idade para comprar um imóvel?

Comprar um imóvel pode ser interessante em qualquer idade, desde que você se planeje bem. Está pensando em comprar um imóvel, mas não sabe se é o momento certo? Essa […]

Artista Tomie Ohtake sentada em primeiro plano. Ao fundo, suas obras compõem um cenário em tons de vermelho e azul.
Arquitetura
Tomie Ohtake – Biografia e obras

Tomie Ohtake foi uma artista plástica de extrema importância, afinal é dona de uma estética inconfundível que encanta e intriga. De origem japonesa, Tomie adotou o Brasil como a sua […]

Área de lazer na cobertura.
Você Apto
Achados no Apto: 14 empreendimentos com área de lazer na cobertura em São Paulo

A área de lazer, muitas vezes, é um ponto determinante na hora da compra de um novo imóvel. Esses espaços permitem uma maior valorização e dão mais segurança e conforto […]