Exaustor: confira o que é e como implementá-lo em sua cozinha

    Exaustor: confira o que é e como implementá-lo em sua cozinha
    Beatriz Dilascio

    Por Beatriz Dilascio

    27 dezembro 2021

    O exaustor é a opção perfeita para te ajudar na cozinha, afinal quem nunca fez uma comida e o ambiente ficou com cheiro de fumaça ou até de fritura, não é mesmo? E é aí que entra o exaustor, pois ele faz a sucção dos odores que surgem na hora de preparar as refeições.

    O que é um exaustor?

    O exaustor é um aparelho utilizado normalmente em cozinhas para eliminar o calor, as impurezas, os odores, os gases e as demais substâncias tóxicas do ambiente para trocá-las por um ar mais puro e limpo.

    Eles são perfeitos para solucionar problemas de ventilação do espaço, tornando o ambiente mais agradável e sem impurezas. São várias as opções de exaustores que funcionam para diferentes finalidades, as quais veremos mais tarde.

    Como funciona um exaustor?

    O exaustor substitui o ar quente pelo ar frio, utilizando um motor elétrico ou energia natural, com correntes de vento. Dessa forma, ele também garante a retirada de cheiros fortes do ambiente, enviando o ar do ambiente para fora.

    Com o motor, o exaustor retira o ar do ambiente que passa por filtros específicos que auxiliam na limpeza do ar, tirando uma boa parte da sujeira. Após isso, as bocas do exaustor devolvem o ar filtrado com o ar externo, que também passa pelos filtros.

    Lembrando que o exaustor não funciona como um ar-condicionado e sua eficácia vai depender muito da temperatura externa que será trocada com o ar interno. 

    Modelos de exaustor para cozinha

    Atualmente existem três opções de exaustores comuns para cozinha, são eles: o centrífugo, o axial e o de transmissão. Dentre eles, o mais indicado é o exaustor centrífugo, que possui uma ótima estrutura para sucção de resíduos e tem pressão suficiente para dissipar grandes volumes de ar.

    Além disso, esse modelo de exaustor produz um ruído mais baixo do que as outras duas opções.

    Já o exaustor de transmissão possui menos pressão de ar, porém ele não é apropriado para puxar fuligens. O último modelo de exaustor, o axial, tem um preço mais atrativo do que os demais, porém ele não é indicado para dissipar gordura, puxar fuligens, tampouco pode ser exposto a uma temperatura acima de 45 ºC. 

    Como ter um exaustor em sua cozinha

    Existem várias formas para instalar o exaustor em sua cozinha, de modo que ele combine da melhor forma com a sua decoração. Você pode ter exaustores integráveis, chaminés, de chão e os sem tubulação.

    Os exaustores integráveis são instalados debaixo daqueles armários que ficam sobre o fogão e, geralmente, possuem tubos nas paredes e no teto, para que a fumaça e os vapores sejam expelidos para fora de sua casa.

    Cozinha com o exaustor integrado debaixo dos armários sobre o fogão.
    Cozinha com o exaustor integrado debaixo dos armários sobre o fogão. Fonte: Pinterest

    O modelo de exaustor chaminé possui dois formatos, o de parede e o de ilha. O mais conhecido é o de parede; ele possui seu formato de chaminé e fica localizado sobre o cooktop ou o fogão e suas tubulações ficam ligadas diretamente ao exterior da casa.

    Já os exaustores chaminés em ilha são utilizados em cozinhas que, como o nome mesmo indica, possuem uma ilha no centro desse ambiente, onde as fumaças e os odores são expelidos pelo teto, assim como uma chaminé tradicional.

    Outras opções, um pouco menos utilizadas, são os exaustores horizontais de chão e os exaustores sem tubagens. Os exaustores de chão expelem a fumaça da cozinha pelo chão, pois, assim como o nome sugere, é onde eles são instalados. Já os exaustores sem tubagens possuem um mecanismo que filtra o ar o qual depois é liberado limpo sem a necessidade de utilizar tubos.

    Diferença entre exaustor, coifa e depurador

    Muitas pessoas têm dúvidas sobre a diferença entre eles e o que é melhor para a sua residência, por isso, vamos te ajudar nessa missão contando as diferenças entre eles. Confira!

    Depurador

    O depurador funciona muito bem em cozinhas menores, pois ele pode ser encontrado em tamanhos pequenos e práticos, ou para aquelas pessoas que não cozinham com muita frequência, pois eles funcionam com a recirculação do ar. 

    O ar é aspirado e os filtros metálicos do depurador bloqueiam a gordura, dessa forma o odor é quebrado nos filtros de carvão ativo e, após isso, o ar retorna para a cozinha, evitando que a fumaça do fogão e o cheiro dos alimentos se espalhem pelo ar.

    O depurador funciona muito bem em cozinhas menores, por ter um tamanho menor e ser mais prático.
    O depurador funciona muito bem em cozinhas menores, por ter um tamanho menor e ser mais prático. Fonte: Pinterest

    Sua instalação é mais simples do que as outras opções, pois ele não necessita de tubulação para expelir o ar e também tem uma maior eficiência ecológica. Porém, comparado com os outros, sua potência é menor.

    Sobre sua limpeza, é comum que a gordura do ar fique retida na grade do depurador, e isso exige uma limpeza mais complexa. Porém, seus móveis e eletrodomésticos não precisarão mais de uma limpeza tão pesada.

    Coifa

    A coifa, por sua vez, tem a função de filtrar o ar do ambiente, eliminando assim odores, gorduras e fumaça, e pode funcionar tanto como exaustor quanto como depurador, porém é preciso fazer essa escolha no momento de sua instalação. 

    Existem dois modelos diferentes de coifa, a de parede e a de ilha. O modelo de parede tem sua fixação no teto, necessitando de uma estrutura compatível ou ser conectado com uma saída também no teto. Já o modelo de ilha é indicado para cozinhas onde o fogão ou cooktop fica em uma ilha central.

    Exaustor

    Já o exaustor é excelente para a sucção de odores, fumaça e gordura, pois como falamos anteriormente, ele faz a troca do ar de dentro para fora. Dessa forma, ele necessita que sua instalação seja feita a 2,5 metros do chão e requer uma tubulação no estilo chaminé para funcionar.

    Cozinha com exaustor de ilha.
    Cozinha com exaustor de ilha. Fonte: Pinterest

    A utilização do exaustor é recomendada para pessoas que utilizam a cozinha com frequência e também é o mais indicado entre os três para estabelecimentos comerciais.

    Sobre a sua limpeza, é muito fácil, você precisará apenas de água e detergente neutro para limpar as hélices quando estiverem com muita gordura.

    Dicas para a escolha

    Considerando que tudo vai depender da funcionalidade que deseja ter em seu ambiente, para que você faça a escolha certa para sua casa, atente-se aos seguintes pontos:

    1. Verifique o tamanho do espaço que você possui para a instalação, visto que a coifa é maior do que os depuradores e os exaustores, que ocupam menos espaço;
    2. A instalação da coifa é mais trabalhosa, porém o depurador tem a limitação de instalação na parede, já o exaustor tem uma instalação bem mais econômica e simples;
    3. Sobre os valores, o depurador é a opção mais barata, o exaustor possui um valor mediano e a coifa é um pouco mais cara.
    Vantagens e desvantagens entre coifa, depurador e exaustor.
    Todos os modelos possuem vantagens e desvantagens, portanto você deve escolher a melhor opção para sua casa. Fonte: Reppara

    Exaustor para cozinha industrial

    É de extrema importância que a cozinha industrial tenha um sistema de ventilação para garantir que haja a renovação do ar e a retirada dos vapores que resultam do preparo dos alimentos.

    O exaustor mais indicado para cozinha industrial é o modelo centrífugo, pois ele possui maior pressão para movimentar o ar no local, além de possuir uma estrutura mais adequada para puxar as fuligens e poder ser utilizado em temperaturas até 70 ºC.

    Exemplo em cozinha industrial.
    Exaustor em cozinha industrial. Fonte: Pinterest

    A instalação deve ser feita em um local apropriado para manter a eficácia e a qualidade do ar dentro da cozinha, por isso é importante contar com a ajuda de um profissional para evitar gastos futuros com problemas decorrentes da má instalação.

    Outro ponto importante a se considerar é que a instalação deve seguir todas as normas da ABNT sobre a quantidade de trocas de ar por hora, de acordo com a atividade e o tamanho da cozinha.

    Como realizar a limpeza?

    É importante salientar que o exaustor, assim como qualquer outro objeto da sua casa, deve ser limpo com uma certa frequência, ainda mais pelo fato de ele possuir resquícios de gordura em sua grade.

    Visto isso, há uma forma muito simples de realizar essa limpeza: coloque em seu fogão uma panela com água para ferver, assim que a água começar a ferver, o seu vapor subirá até o exaustor, o que facilitará muito a limpeza por conta da umidade.

    Com o exaustor desligado, passe um papel toalha por fora e retire toda a sujeira, eliminando assim todas as impurezas com facilidade. Se o seu exaustor for de aço inoxidável, você não deve utilizar nenhum produto corrosivo, pois o seu aparelho pode ser danificado.  

    Para realizar a limpeza dos filtros do exaustor, o primeiro passo é saber se eles são feitos de material não metálico ou de alumínio. Se seu filtro for não metálico, a primeira coisa a se fazer, após retirar os filtros do exaustor, é aplicar um removedor de gordura neles e deixar agir por alguns minutos, após isso, retire o produto por completo e, com a ajuda de um esfregão macio, limpe os filtros.

    Assim que terminar essa limpeza, enxágue-os com água quente, em uma quantidade suficiente para não ficar nenhum vestígio do produto utilizado. Seque bem os filtros e coloque-os de volta no exaustor.

    Agora, se os filtros do seu exaustor forem de alumínio, existem algumas opções. Você pode colocá-los na máquina de lavar louça ou, caso estejam com muita gordura acumulada, você poderá limpá-los da seguinte forma: primeiro coloque água para ferver com um pouco de limão espremido em uma panela que caibam os seus exaustores.

    O segundo passo é, após a água ferver, coloque meia xícara de bicarbonato de sódio e um pouco de detergente. Deixe que os filtros fiquem imersos na água quente por aproximadamente cinco minutos e depois desligue o fogo e deixe-os lá até que a água esteja morna.

    Em seguida, retire os filtros da panela e termine sua limpeza com o auxílio de uma escova e sabão em pó. Por último, ferva novamente uma panela de água e coloque um pouco de vinagre, mergulhe os filtros novamente, desligue o fogo e deixe-os lá por, pelo menos, uma hora, depois basta enxaguar com água morna e secar bem.

    Agora você sabe tudo sobre o exaustor e já está apto para escolher o melhor modelo para ter em sua casa! Gosta desse tipo de matéria? Confira também nosso post sobre painel para TV, um mobiliário versátil para todos os cômodos.

    Categorias
    Beatriz Dilascio
    Conteúdo criado por:Beatriz Dilascio
    Arquiteta apaixonada por arte e decoração, sempre buscando por inovações e aprender cada dia mais.

    Quer deixar um comentário ou relatar algum erro?

    Avise a gente
    Onde você deseja morar?More bem, viva melhor
    BUSCAR
    Logo Apto Branco
    LEIA TAMBÉM
    Posts relacionados
    News do Live

    Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

    Seu melhor e-mail