Dicas para decorar um apartamento destinado a aluguel

    Dicas para decorar um apartamento destinado a aluguel
    Vince

    Por Vince

    09 agosto 2022

      Decorar apartamento alugado nem sempre é uma tarefa fácil. Dependendo do que você quiser fazer, pode ser impedido pelo proprietário e acabar precisando buscar alternativas.

      Mesmo assim existe uma vasta gama de opções de decorações possíveis que não alteram a estrutura do apartamento e, logo, não demandam uma autorização.

      Hoje explicaremos melhor sobre elas e mostraremos como decorar um apartamento alugado para deixar o seu lar com a sua cara.

      Vale a pena decorar um apartamento alugado?

      O primeiro passo é analisar se realmente vale a pena investir nesse tipo de decoração. Essa é uma resposta pessoal e varia entre cada pessoa.

      Então pense se o resultado esperado compensa os custos envolvidos, considerando que você morará naquele ambiente apenas por um período.

      Além disso, se você escolher investir em pintura ou papel de parede, por exemplo, lembre-se de que ainda terá uma despesa extra ao devolver o apartamento para deixá-lo como foi encontrado.

      Mesmo assim você não precisa fazer mudanças tão bruscas e muitas pessoas só conseguem se sentir à vontade em casa quando colocam itens que as fazem se sentir em um lar.

      Assim, analise o quanto você está disposto a gastar para fazer o investimento no apartamento alugado que apresente o melhor custo-benefício.

      Quais os limites da decoração?

      Se você decidir adquirir móveis ou outros objetos para fazer a decoração, pode fazer isso por conta própria. Porém, existem alguns casos em que você precisa consultar o proprietário para obter uma autorização, principalmente quando isso modifica, de alguma forma, a estrutura da propriedade.

      Para fazer um jardim vertical em um apartamento alugado, é necessário consultar o proprietário e obter uma autorização.
      Para fazer um jardim vertical em um apartamento alugado, é necessário consultar o proprietário e obter uma autorização. Fonte: Pinterest

      Esse é o caso dos jardins verticais, por exemplo, quando demandam um sistema de irrigação que precise mudar o já existente do apartamento. Isso também se aplica a objetos que você queira colocar na parede e precisam de furos ou para outra ideia de decoração que você tenha e demande algum tipo de obra.

      De maneira geral, não existe uma regra clara, mas vale usar o bom senso para não ter problemas com o aluguel futuramente ou no momento de devolver a propriedade.

      Dicas de decoração

      Confira, a seguir, algumas dicas de como decorar um apartamento alugado para não impactar a sua relação com o dono do imóvel.

      Além disso, também consideramos opções que podem ter um valor mais acessível, para você não precisar investir muito em um apartamento que não é seu.

      Invista nos tapetes

      Uma dessas dicas é investir em tapetes. Esses objetos têm um grande poder de modificar a aparência do lugar e você encontra opções de todos os preços.

      Atualmente, existem até tapetes com frases engraçadas e descontraídas para deixar o ambiente ainda mais aconchegante. Geralmente, eles são colocados na porta do apartamento ou dentro de banheiros.

      Você encontra diversas opções e pode escolher aquela que tenha mais a ver com o seu lar.

      Cuidado com a decoração de paredes

      Como já comentamos, recomendamos que você tenha bastante cuidado com a decoração das paredes.

      Geralmente, você não chega a ser impedido de fazer pinturas ou colocar papéis de parede, por exemplo. Entretanto, isso pode acarretar um custo alto no momento de devolver o apartamento, visto que ele precisa estar da mesma forma em que foi alugado.

      Papel de parede neutro no quarto.
      É interessante falar com o proprietário do imóvel antes de realizar alguma mudança, como o papel de parede, para ver se ele aprova. Fonte: Pinterest

      Mesmo assim você tem a opção de conversar com o proprietário e checar se ele aprova a mudança. É possível negociar, por exemplo, para deixar um papel de parede sem precisar voltar a casa ao seu modo original, caso o proprietário goste da mudança.

      Mas saiba que esses acordos são exceções e, geralmente, você precisa fazer a pintura e o acabamento correto.

      Uma opção é considerar adesivos especiais que não costumam danificar a parede quando são utilizados. Lembre-se também de que alguns proprietários não permitem furar a parede. Isso pode parecer simples, mas muitas pessoas usam este artifício para colocar quadros ou placas pela casa.

      Evite móveis planejados

      Quando começar a pensar na sua mudança, evite móveis planejados e procure investir naqueles prontos que podem se adaptar a qualquer ambiente.

      Você pode considerar que os móveis planejados ficam mais bonitos, visto que são feitos exclusivamente para aquele ambiente. Porém, muitas vezes, eles são embutidos ou não são pensados para serem deslocados em situações posteriores.

      Por isso, você pode acabar precisando investir em outros móveis quando sair da propriedade ou até ter dificuldade de tirar algum armário específico de lá.

      Invista em objetos-coringa

      Nossa próxima dica é investir em objetos-coringa, aqueles que são versáteis e podem ser utilizados em diferentes situações e ambientes, além de combinarem com tudo.

      O espelho é um objeto-coringa ótimo para apartamentos alugados, pois pode ser facilmente retirado.
      O espelho é um objeto-coringa ótimo para apartamentos alugados, pois pode ser facilmente retirado. Fonte: Pinterest

      Com eles, você usa a mesma decoração depois de se mudar, e não precisa fazer um novo investimento.

      Pufes são ótimos exemplos, principalmente se forem de cor neutra. Outra opção é o espelho, por exemplo, que pode ter diferentes formatos e tamanhos.

      Isso também se enquadra para almofadas, que ainda costumam deixar o ambiente mais vivo e colorido.

      Sempre converse com o proprietário

      Como já comentamos, é muito importante conversar com o proprietário antes de fazer uma mudança drástica na casa. Claro que isso não se aplica aos casos de colocar pufes ou almofadas, por exemplo. 

      Mas se você precisar fazer furos, pintar ou mudar a estrutura da casa de alguma forma, converse com o dono do imóvel para obter a sua autorização e, talvez, nem precise fazer uma pintura ou ajuste quando devolver a casa.

      Cuidado com mudanças permanentes

      De forma geral, o principal cuidado que você precisa ter é com mudanças permanentes. Pense se o que você quer fazer na casa vai causar custos para o proprietário para mudar depois.

      Soluções para o seu imóvel

      Este conteúdo foi desenvolvido pela Juros Baixos, empresa que criou uma comunidade voltada à construção de um Brasil com pessoas financeiramente saudáveis.

      Nesse espaço, além de receber diversos conteúdos, você também pode tirar todas as suas dúvidas diretamente com um educador financeiro enquanto tem trocas com pessoas que também buscam mais bem-estar financeiro!

      Além disso, você também pode receber recompensas enquanto aprende como melhorar sua vida financeira. Confira como fazer parte da JB.

      Quer relatar sobre algum erro?

      Avise a gente
      LEIA TAMBÉM
      Posts relacionados
      News do Live

      Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

      Seu melhor e-mail