Coronavírus – Usar máscara realmente funciona? Como me prevenir?

Ele está em todo lugar, basta ligar a TV em um jornal e ele estará lá, abrir as mensagens no celular, ou entrar nas redes sociais, e ele estará lá de novo. Mas será que o coronavírus, também chamado de covid-19, é tão perigoso assim?

Especialistas afirmam que o pânico da sociedade é maior que o risco real. O coronavírus precisa ser tratado seriamente, mas as cenas que vemos ao redor do mundo de pessoas brigando em mercados para estocar papel higiênico e diversas pessoas na rua usando máscaras pode ser algo exagerado e até ineficiente. Grande parte disso deve-se à falta de informação, ou a informações erradas transmitidas ao público.

O coronavírus possui uma letalidade baixa. Se você é jovem, o vírus possui poucas chances de ser um risco à sua saúde. O maior risco é você se tornar um transmissor do vírus e infectar pessoas próximas a você que sejam idosas ou tenham algum problema prévio no sistema respiratório.

A maioria dos casos (81%) é leve, e a pessoa não sente sintoma algum, ou apresenta uma leve coriza. A situação começa a ficar um pouco mais complicada quando se fala da população idosa: em pessoas com mais de 70 anos a letalidade está em 8%, e em pessoas com mais de 80 anos esse número sobe para 15%; pessoas com alguma doença respiratória séria também podem apresentar complicações.

Medidas de prevenção

prevenção coronavírus

Lave as mãos com frequência. Antes de comer, ao sair do transporte público ou de qualquer lugar com grande aglomeração de pessoas, caso não seja possível lavar as mãos com água e sabão, o álcool em gel é uma boa opção, desde que ele possua uma concentração superior a 60%.

Evite colocar as mãos nos olhos, boca e nariz. Além de evitar sair tocando em tudo quando não está em casa, como ao usar uma escada rolante, por exemplo, colocar as mãos no corrimão pode ser dispensável, a não ser que você tenha um equilíbrio muito ruim.

Fortaleça o seu sistema imunológico. Não existe melhor proteção ao seu corpo contra agentes nocivos do que seu próprio sistema de defesa, e vários cuidados simples podem ajudar a fortalecê-lo. Tomar água com limão pela manhã, ingerir gengibre ou cúrcuma (açafrão-da-terra), dormir bem, tomar multivitamínicos e comer bem. Dietas com restrições calóricas podem comprometer o bom funcionamento do sistema imunológico; talvez esse não seja o melhor momento para começar uma.

Usar máscaras realmente funciona?

máscara coronavírus

Depende. A verdade é que a maior vantagem de usar as máscaras cirúrgicas comuns é impedir que você coloque as mãos na boca e no nariz, pois a máscara comum impede a passagem de partículas com tamanho entre 2 e 10 micrômetros, e o coronavírus possui 0,12 micrômetro de diâmetro.

Ainda assim, o uso de máscara é indicado para aquelas pessoas que já estão infectadas pelo vírus, para barrar a passagem de gotículas de saliva que podem infectar novas pessoas.

Mas quais são os sintomas?

sintomas coronavírus

Estou com esses sintomas. E agora?

Se você pertence ao grupo de risco, tem mais de 70 anos ou possui algum problema respiratório, vá para o hospital.

Mas se você é jovem e saudável, a recomendação é não ir ao hospital imediatamente, tanto para não contrair o coronavírus no ambiente hospitalar, caso você não o tenha realmente, quanto para não sobrecarregar os sistemas de saúde e deixá-los disponíveis para quem realmente precisa.

A orientação é esperar dois dias, monitorar os sintomas e avaliar se eles diminuem. É muito importante avaliar constantemente a temperatura corporal; caso ela saia de controle, procure um médico imediatamente, mas o normal é que, na maioria dos casos, a pessoa com coronavírus sofra algo parecido com uma gripe.

Outro ponto importante é que, caso tenha esses sintomas, você deve tomar medidas de precaução para não transmitir o vírus para outras pessoas, principalmente se você tem contato com pessoas do grupo de risco. As crianças costumam não apresentar sintomas, mas mesmo assim podem transmitir o coronavírus.

Mais em Live

Arquitetura
Paulo Mendes da Rocha – Que arquiteto é esse?

Com mais de 90 anos de idade, Paulo Mendes da Rocha segue projetando e construindo cidades. Com uma vida dedicada ao fazer arquitetônico e social, o também professor nos ensina […]

Continue lendo
Arquitetura
Sesc Pompeia – Que prédio é esse?

O centro de cultura e lazer Sesc Pompeia foi projetado pela arquiteta modernista ítalo-brasileira Lina Bo Bardi.  Responsável por notáveis projetos, como o Museu de Arte de São Paulo (MASP), […]

Continue lendo
Arquitetura
Memória e inovação: Intervenções modernas em edifícios tombados

Projetos de intervenções em edifícios tombados ao redor do mundo mostram como é possível olhar para o futuro sem esquecer do passado. Patrimônio histórico x função Quando um edifício carrega […]

Continue lendo
Arquitetura
Lina Bo Bardi – Que arquiteta é essa?

Esta matéria inaugura a nova série “Que arquiteto é esse?” do Live. Começamos com a arquiteta Lina Bo Bardi em reconhecimento ao seu incrível trabalho e em homenagem a todas […]

Continue lendo
Arquitetura
Edifício Niemeyer em Belo Horizonte – Que prédio é esse?

Antes mesmo da construção de Brasília, Juscelino Kubitscheck já era um admirador do trabalho de Oscar Niemeyer. Quando ainda era prefeito de Belo Horizonte, encomendou projetos que até hoje são […]

Continue lendo
Arquitetura
Copacabana Palace – Que prédio é esse?

Inaugurado em 13 agosto de 1923, o icônico Hotel Copacabana Palace foi construído entre 1919 e 1923, por Octávio Guinle e Francisco Castro Silva. O pedido da construção do prédio […]

Continue lendo