Como pintar paredes: passo a passo e dicas

    Como pintar paredes: passo a passo e dicas
    Victória Baggio

    Por Victória Baggio

    02 julho 2020

    Cansada da decoração da sua casa? Transformar o ambiente de maneira fácil, rápida e barata é algo que pode ser alcançado simplesmente mudando a cor das paredes. E, sim, pintar uma parede pode ser bem mais fácil do que parece. Preparamos um passo a passo com dicas para executar essa atividade com mais praticidade e sem erros.  

    Materiais

    Antes de colocar a mão na tinta, saiba que você precisará de alguns itens. Listamos os materiais necessários para você se programar:

    • Lixa de parede (média e fina);
    • Rolo de lã de pelo baixo;
    • Pincel médio;
    • Bandeja para tinta;
    • Espátula;
    • Misturador de tinta;
    • Fita-crepe;
    • Selador;
    • Tinta;
    • Massa corrida (caso haja imperfeições ou furos);
    • Papel ou plástico para forrar o chão;
    • Lona;
    • Escada.

    Prepare o espaço

    Você quer pintar a parede, e não o chão nem objetos, não é mesmo? Então, antes de começar a pintar, prepare o espaço. Reacomode móveis e objetos no ambiente de maneira a deixar livre a superfície a ser pintada e deixá-los longe dela, para evitar sujeira. Uma boa dica é agrupar os móveis e objetos do espaço e cobri-los com uma lona.

    Em seguida, cubra o chão com papel ou plástico e, com a fita-crepe, proteja rodapés, interruptores e tomadas, deixando livre apenas a parede que você deseja pintar. 

    Prepare a parede

    Com o ambiente protegido e livre, é hora de preparar a parede a ser pintada. Verifique se a parede tem alguma imperfeição ou furos. Se tiver, aplique massa corrida usando uma espátula para conformar um plano liso.

    Caso não haja imperfeições, ou logo após ajustá-las, lixe a parede para nivelá-la e evitar que permaneçam excessos de reboco. Se a parede em questão apresentar uma superfície firme e com pouco reboco, use uma lixa mais fina (de 220 ou 240); caso haja um desnível maior e mais grosso, use lixas mais grossas (de 80 ou 100). É importante lixar toda a parede que será pintada. 

    pintar parede.

    Se você não possui uma lixadeira elétrica e vai fazer este passo manualmente, uma boa dica é dobrar a lixa em duas ou quatro partes e fazer movimentos circulares na parede.

    Depois de lixar, passe um pano úmido para remover o pó. A limpeza é essencial para que a tinta possa ser aplicada de maneira uniforme.

    Antes de passar a primeira demão de tinta na parede, recomenda-se aplicar um selador, que serve de camada preparatória para a tinta. Ele regulariza a parede e impede que apareçam manchas ao aplicar a tinta. Deve-se aplicar o selador com rolo de lã em toda a superfície a ser pintada.

    Sala de estar com parede colorida.
    Sala colorida. Fonte: Pinterest

    Pinte a parede

    Agora, sim, é hora de pintar a parede. Coloque a tinta (ou a mistura, caso o fabricante indique diluir a tinta em um pouco de água) na bandeja e utilize o rolo de lã para a aplicação. Evite encharcar o rolo e utilize a bandeja para tirar o excesso. 

    Pintar a parede em faixas verticais.

    Uma dica útil é começar a pintar a parede de cima para baixo, em faixas verticais, da largura que for cômoda para você e adequada à medida do rolo. 

    Na maioria dos casos é necessário aplicar uma segunda mão de tinta. Recomenda-se que essa nova aplicação seja feita no mínimo quatro horas após a primeira aplicação. 

    Pincel pequeno para pintar cantos e detalhes.

    Para pintar os cantos e as proximidades de elementos como rodapés e interruptores, use um pincel médio, assim você terá mais precisão e alcançará lugares mais delicados. 

    Como pintar um parede que já foi pintada

    Caso a parede a ser pintada esteja com uma tinta antiga, é importante remover essa camada antes de aplicar a pintura nova. Lixe a parede até que fique uniforme e adequada para ser pintada novamente.

    Quarto com parede pintada.
    Quarto com parede pintada. Fonte: Pinterest

    Como pintar parede com textura

    Se a parede que você pretende pintar tiver alguma textura, é necessário um cuidado especial. O passo a passo deve ser seguido, porém o que muda são as formas de aplicação. 

    Você pode aplicar a tinta tanto com o rolo de lã quanto com o pincel. Se preferir o pincel, escolha um com cerdas macias e largas. Pinte em direção diagonal, uma mão em um sentido e a outra no sentido oposto, para cobrir toda a parede texturizada. A dica, neste caso, é ter paciência e mudar a direção na hora da aplicação.

    Finalização

    Após aplicar a última demão de tinta, retire toda a fita-crepe, antes que ela seque por completo, para evitar que descasque ou quebre em algum canto. 

    Lave todo o material utilizado com água corrente quando ainda estiver com a tinta fresca e seque-o bem antes de guardar. 

    Espere, no mínimo, quatro horas para a tinta secar, e, em seguida, organize os móveis e objetos do ambiente no lugar. 

    Pintar a parede pode ser fácil e divertido

    Com o passo a passo em mãos, é só escolher a cor e o tipo de tinta que você quer utilizar no espaço. Coloque uma roupa que você possa sujar, uma música para tocar e dê a primeira pincelada.

    Categorias
    Victória Baggio
    Conteúdo criado por:Victória Baggio
    Arquiteta com formação no Uruguai e Portugal, atualmente mestranda em projeto de arquitetura. Apaixonada pelo fazer e escrever sobre arquitetura.

    Quer deixar um comentário ou relatar algum erro?

    Avise a gente
    Onde você deseja morar?More bem, viva melhor
    BUSCAR
    Logo Apto Branco
    LEIA TAMBÉM
    Posts relacionados
    News do Live

    Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

    Seu melhor e-mail