CASACOR São Paulo 2021: um olhar poético às origens

    CASACOR São Paulo 2021: um olhar poético às origens
    Giovana Costa

    Por Giovana Costa

    29 outubro 2021

    A CASACOR São Paulo está de volta! Conhecida como a maior mostra de arquitetura, paisagismo, design e decoração das Américas, agora, em 2021, a CASACOR retorna ao seu formato itinerante.

    Durante 14 anos, o evento foi realizado no Jockey Club, em São Paulo, entretanto, neste ano de tantas transformações, a CASACOR São Paulo ganhou um novo espaço, anexo ao Arena Allianz Parque, o Parque Mirante. 

    Próximo ao SESC Pompeia, obra da arquiteta Lina Bo Bardi, às chaminés da Casa das Caldeiras, e localizado em um ambiente com fácil acesso às principais vias da cidade, o evento acontece no mais novo espaço multiuso de eventos da região.

    Com sua estréia no dia 21 de setembro de 2021, o evento fica em cartaz até o dia 15 de novembro e oferece uma edição repleta de novidades, tendências e experiências sinestésicas que dizem muito sobre o morar, inclusive sobre o período de confinamento experimentado por tantas pessoas.

    CASACOR São Paulo 2021: o que acontece lá?

    Na CASACOR São Paulo 2021, em mais de 9.000 m² de área construída, foram criados 56 ambientes únicos inspirados no tema “A Casa Original”.

    Os ambientes foram projetados pelos principais artistas da arquitetura brasileira, como Debora Aguiar, Alexandre Squassoni, Beatriz Quinelato, Mauro Contesini, Letícia Marchizelli, Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz, dentre outros.

    O tema “A Casa Original”, que surpreendentemente surgiu antes da pandemia e ainda assim, abarcou grande parte das vivências e sentimentos experimentados no período, num evento que faz referência à ancestralidade.

    Imagem do post
    Ambiente criado pela arquiteta Gabriela de Matos. Fonte: CASACOR

    Com o objetivo de instigar a reflexão sobre a relação entre o morar contemporâneo, as tendências e os ambientes propostos, o evento sugere uma pausa em relação ao observar agitado e frenético da era digital, e oferece uma experiência imersiva que convida o visitante a contemplar com calma.

    Por meio de uma mensagem de “retorno às origens”, o evento oferece espaços que celebram o aconchego, a expressividade e a volta a locais confortáveis que sugerem equilíbrio e maior senso de temporalidade.

    Dentre as escolhas dos arquitetos, destacam-se os espaços reservados para realizar o home office, que ganhou atenção do mundo a partir da pandemia.

    Imagem do post
    O espaço para home office ganhou destaque na CASACOR SP 2021.

    Dentre os ambientes é possível observar diferentes disposições, como: living com home office integrado; suíte master com sala de banho e home office; loft que divide-se em sala de TV e home office, dentre outras configurações.

    A equipe do Live esteve presente ontem (28) no evento e conferiu os detalhes da CASACOR São Paulo 2021. Confira a seguir todas as tendências e destaques da mostra!

    Intervenções artísticas do começo ao fim

    Para preparar o local escolhido para receber o evento, o rooftop recebeu a instalação “Eu Serei Outro Lugar”, uma obra do artista plástico Felipe Morozini, que criou uma intervenção artística de mais de 3.000 m² no espaço.

    No evento, estão dispostos três andares dedicados a cada ambiente.

    Parte do térreo recebe os visitantes, que são recebidos pela obra repleta de imersão chamada Uma Luz no Fim do Túnel, onde acontece uma reprodução de sons e imagens da natureza (inclusive dentro do elevador), também criada por Felipe Morozini.

    Uma Luz no Fim do Túnel por Felipe Morozini, no térreo da CASACOR São Paulo 2021.
    Uma Luz no Fim do Túnel por Felipe Morozini. Fonte: Gazeta do Povo

    O sexto e o sétimo pisos também acomodam o evento, sendo o último o rooftop do edifício.

    Convite para viver uma experiência imersiva

    Cada ambiente trouxe uma singularidade ao evento, mas muitos deles exibiam pontos em comum como destaque a trabalhos artesanais, uso de tons claros por meio de uma paleta de cores mais esmaecida, muitas texturas e arte incorporada ao cotidiano.

    Além disso, a escolha dos materiais, revestimentos, cores e texturas revela em cada uma das obras o convite aos visitantes para experimentar e descobrir novas perspectivas, até mesmo em relação ao toque.

    Tons neutros, sutileza e convite ao toque em um espaço reservado para estudos.
     Tons neutros, sutileza e convite ao toque. Fonte: Live

    O que parece ser suede na verdade se revela uma pedra fria marmorizada, e a pedra na verdade é concreto. Nem tudo é o que parece ser.

    Revestimentos com texturas

    E falando em toque e experimentação, o uso de texturas mais rústicas é um dos destaques.

    Em diferentes estruturas e superfícies, é possível observar a experimentação de diversos revestimentos e em cômodos distintos.

    Banheira de mármore com texturas na CASACOR São Paulo 2021.
    O mármore da banheira ganha textura. Fonte: Live

    Da mesma maneira que os tecidos trazem uma experiência de aconchego, por meio dos trabalhos artesanais de diferentes materiais, tramas, costuras e tranças. 

    Curvas e mais formas curvilíneas

    As curvas nos objetos e móveis de diversos ambientes sugerem o toque e o aconchego, também reflexo do tema “A Casa Original”, evocando a ideia de que a morada é para onde retornamos em tempos de crise.

    Casa Égide, por Studio Roca.
    As formas da Casa Égide, por Studio Roca. Fonte: Live

    As formas curvilíneas aparecem tanto nos espaços mais experimentais, quanto nos ambientes que possuem uma estética mais clássica e naqueles que sugerem mais suavidade.

    Regiões brasileiras

    A combinação de diferentes estampas, texturas, cores e técnicas agrega a brasilidade e as diferentes regiões que compõem a diversidade do País.

    Em determinados ambientes é possível observar o esforço do fazer manual e artesanal com mais expressão.

    Tijolos e outros elementos feitos de barro na CASACOR São Paulo 2021.
    Tijolos e outros elementos feitos de barro, um material muito presente nas construções brasileiras em muitas partes do País. Fonte: Live

    O uso dos materiais também reforça essas características, como as pedras, os minérios, cerâmicas e madeiras.

    Contando com marcas como Duratex, Deca, Duratex/Durafloor e até mesmo Portinari em revestimentos cerâmicos, a CASACOR São Paulo foca no aperfeiçoamento dos formatos e materiais para melhorar ainda mais a experiência dos visitantes.

    A arte envolvida com a morada

    A presença da arte é um dos principais pontos nos ambientes. As paredes recebem quadros e diferentes tipos de obras, enquanto as estantes estão repletas de esculturas.

    Como um escape para novas perspectivas, em busca de um contemplar mais atento e esperançoso, a arte entra nos cômodos e confere aspectos poéticos aos espaços.

    Living Galeria Perspectiva, por Ana Weege. Escada em frente a janela e sacada.
    Living Galeria Perspectiva, por Ana Weege. Fonte: Live

    Quase como numa metáfora do que foram os meses de confinamento, em que a arte era um dos poucos artifícios que traziam aconchego e ofereciam um pouco de paz em meio ao caos, o apelo artístico faz toda a diferença.

    Formas e cores unidas

    De maneira até mesmo lúdica, alguns ambientes oferecem diferentes formas, cores chamativas e distintas texturas, de forma a contribuir com experiências sensoriais diferentes.

    Social House, por Leo Shehtman, na CASACOR São Paulo 2021.
    Social House, por Leo Shehtman. Fonte: Live

    Sugerindo experimentação, chamam atenção do olhar e instigam uma observação mais atenta do visitante.

    Com uma estética muito única para cada espaço, os arquitetos foram capazes de transmitir diferentes sensações por meio de cada elemento presente nos ambientes.

    E a visão não é o sentido mais explorado no evento. Os aromas também são um recurso utilizado para diferenciar os ambientes e promover diferentes sensações nos vistantes.

    Tecnologia

    A partir deste ano, além da experiência presencial, foram implantados diferentes recursos como tour virtual e outras ativações criadas especialmente para contribuir com uma experiência ainda mais imersiva no evento. 

    Um dos principais destaques em relação à tecnologia da CASACOR São Paulo 2021 é a Casa LG ThinQ, criada pelo Estúdio Guto Requena + Pax.Arq.

    Fachada da Casa LG ThinQ,
    Tecnologia, design e sustentabilidade se unem à arte na Casa LG ThinQ, por Estudio Guto Requena. Fonte: Live

    O projeto foi criado para contemplar a reflexão sobre a sustentabilidade e a relação da construção civil e suas emissões de CO2 na atmosfera ao projetar e construir.

    Considerado 100% open-source, isto é, que não produz resíduos na obra. Trata-se de uma fabricação digital que incentiva a construção sustentável, o descarte inteligente e o uso de tecnologias que une design, arte e sustentabilidade, a partir de uma plataforma global de colaboração, a WikiHouse.

    Onde e quando vai ser a CASACOR?

    Obra decorativa prateada com brilhos, na CASACOR São Paulo 2021.
    Em novo endereço, a CASACOR São Paulo 2021 une as tendências da arquitetura em um evento único. Fonte: Live

    O evento CASACOR São Paulo 2021 acontece no Parque Mirante, anexo ao Allianz Parque, que está localizado na Rua Padre Antônio Tomás, 72.

    Quando: De 21 de setembro a 15 de novembro de 2021.

    Horário de funcionamento: Terça-feira à domingo, das 12h às 22h.

    Informações sobre o estacionamento (Estapar): 

    • R$50 (período de 4 horas)
    • R$5 (por hora adicional)

    Protocolos de segurança na CASACOR

    Seguindo os protocolos sanitários definidos contra a propagação do coronavírus, o evento conta com um fluxo de visitação programada.

    Ou seja, as visitas somente podem ser feitas mediante agendamento prévio, assim, a circulação no evento acontece a partir de grupos com número limitado de pessoas. Em caso de atraso, há 20 minutos de tolerância.

    Casa Olaria NJ+, por Nildo José, por Studio Roca.
    Casa Olaria NJ+, por Nildo José, por Studio Roca. Fonte: Live

    De acordo com o site oficial da CASACOR São Paulo, os grupos de visitação são liberados a cada 30 minutos, com lotação máxima de 150 pessoas por horário. Além disso, cada visita é limitada a 2h30.

    Para acessar a CASACOR São Paulo 2021 é obrigatório o uso de máscara durante todo o percurso, em todos os ambientes, incluindo espaços abertos. A exceção é reservada apenas para os bares e restaurantes, porém, com bom senso e seguindo as regras sanitárias adotadas na cidade de São Paulo. 

    Hall Abluo, por Kika Tiengo, na CASACOR São Paulo 2021.
    Hall Abluo, por Kika Tiengo. Fonte: Live

    É obrigatório apresentar o comprovante de vacinação na entrada do evento.

    Além disso, em todo o circuito de visitação são oferecidos pontos de higienização, com álcool em gel, e até mesmo, são disponibilizadas pias para lavagem das mãos.

    Quanto custa participar da CASACOR?

    Os ingressos para visitar a CASACOR custam a partir de R$85,00. Um CPF pode comprar no máximo dez ingressos. 

    Valores dos ingressos: 

    • R$ 80 (Terça a Quinta) – Inteira | R$ 40 (Terça a Quinta) – Meia entrada
    • R$ 100 (Sexta Sábado, Domingo e Feriados) | R$ 50 (Sexta Sábado, Domingo e Feriados) – Meia entrada

    Arquitetos possuem desconto de 20% no ingresso. Para saber mais, basta enviar um email para: ajuda@byinti.com  

    Estudantes, idosos e portadores de necessidades especiais têm direito a 50% de desconto, ou seja, pagam meia entrada. Enquanto, as crianças de até 10 anos não pagam. 

    Dentre as opções gastronômicas no evento, estão: Restaurante Terraço, Café Petra, Dona Deôla e Bar Algaroba.

    Categorias
    Giovana Costa
    Conteúdo criado por:Giovana Costa
    Jornalista, apaixonada pela escrita, pela sétima arte e pelo audiovisual.

    Quer deixar um comentário ou relatar algum erro?

    Avise a gente
    Onde você deseja morar?More bem, viva melhor
    BUSCAR
    Logo Apto Branco
    LEIA TAMBÉM
    Posts relacionados
    News do Live

    Cadastre-se grátis e aproveite nossos conteúdos sobre arquitetura, decoração, mercado imobiliário e mais.

    Seu melhor e-mail