Apartamento do futuro tem conceito “menos coisas, mais felicidade”

Apartamento do futuro se adapta à sua necessidade do momento com uso inteligente dos espaços

Sabe aquele dito popular “menos é mais”? É exatamente assim que Graham Hill, da consultoria Life Edited, acredita que o apartamento do futuro vai ser.

Se hoje luxo é ter tempo, e tempo não se compra, surge a necessidade de morar perto de tudo. O problema é que muita gente pensa assim e essas áreas acabam sendo mais concorridas e os preços dos apartamentos sobem.

Essa é uma dinâmica já vista em Manhattan há muito tempo e agora atrai olhares em São Paulo.

A Life Edited é uma empresa que ajuda pessoas a decorarem seus apartamentos compactos de forma inteligente, prevendo os diversos usos, sem apertos.

Veja exemplo do próprio apartamento de Graham Hill, que tem 39 m² com funcionalidade 90 m², segundo ele mesmo.

O trunfo do apartamento do futuro é a flexibilidade. A cama é embutida na parede, a mesa se expande e um “armário-parede” se move e abre espaço para um quarto com beliche.

Em entrevista à Folha de SP, ele tira a curiosidade de muitos e conta como é viver em um “apartamento do futuro”, agora no presente.

Folha de SP – Não falta nada para você nesse apartamento?
Graham Hill – Não. Receber amigos é muito importante para mim. Consigo convidar até 10 pessoas para jantar. E dá para ter, confortavelmente, até dois hóspedes. Tenho um escritório, muita luz e um “home theater” com projetor. Tem espaço para minha bicicleta, prancha de surfe e um monte de outras coisas. Moro em uma das melhores vizinhanças do mundo [no bairro Soho, em Nova York].

Por quanto tempo quer morar nele?
Não tenho nenhum plano de me mudar. Ele funciona perfeitamente para mim neste momento da vida.

Você se desfez de muita coisa?
Deixei para trás alguns móveis, já que o apartamento é personalizado. No entanto, com a quantidade de lugar que projetamos para guardar coisas no apartamento, não tive que me desfazer de tantos objetos quanto imaginava.

 

Life Edited no Brasil

Em São Paulo, o bairro que tem características mais parecidas com Manhattan é a Vila Olímpia e é lá que está surgindo o primeiro projeto Life Edited do Brasil.

A construtora Vitacon se uniu com a Life Edited para criar o VN Quatá, que tem aptos de 18 a 51 m², nos moldes do apartamento do futuro que vimos anteriormente. Além de contar com os espaços inteligentes nos aptos, os moradores ainda terão serviços típicos de hotel como concierge e limpeza e arrumação à disposição.

O foco são executivos atraídos pelo polo empresarial da Faria Lima, que também é rico em comércio e lazer.

Veja como ficaria o loft do VN Quatá.

VN Quatá - Loft

Mais em Live

Arquitetura
Edifício Pátio Victor Malzoni - QUE PRÉDIO É ESSE?

Quem passa pela Faria Lima, em São Paulo, e vê o imponente Edifício Pátio Victor Malzoni com seu vão livre de mais de 40 metros de largura a 30 metros […]

Continue lendo
Arquitetura
Edifício Gazeta - QUE PRÉDIO É ESSE?

Figurinha carimbada nos marcos da capital paulistana. Quem nunca passou pelo Edifício Gazeta quando está dando aquela voltinha pela Paulista e se perguntou: que prédio é esse? Você conhece a […]

Continue lendo
Arquitetura
ONGs que criam moradias e condições para viver melhor

Nós do Live temos o lema “More bem, viva melhor”, mas e as pessoas que sequer possuem onde morar? O Brasil tem 15 milhões de pessoas vivendo em situação de […]

Continue lendo
Arquitetura
Para ganhar espaço e ver o mundo - Quando a janela rouba a cena

A janela! Pode ser um item corriqueiro, muitas vezes despercebido, mas já inspirou milhares de canções (você vai se lembrar de alguma). Se observadas do ponto de vista poético, as […]

Continue lendo
Arquitetura
Loft, studio, kitnet… O que caracteriza cada tipo de apartamento?

O mundo do mercado imobiliário pode ser um pouco confuso para quem está começando a busca por um imóvel. Muitos termos utilizados com frequência não ficam muito claros para quem […]

Continue lendo
Arquitetura
Ohtake Cultural - QUE PRÉDIO É ESSE?

Em 2001 a cidade de São Paulo ganhou um ícone inconfundível. Até hoje, as cores e formas do Ohtake Cultural instigam e despertam a curiosidade transeuntes. É possível que você […]

Continue lendo