9 dicas de como melhorar o sinal do Wi-Fi de seu apartamento

Fortalecendo o sinal do seu wi-fi

Há uma boa chance de que você esteja lendo este post através de seu sinal do Wi-Fi, que é um tipo de rede wireless, isto é, redes sem fios. E se sim, é bem provável que de vez em quando, nas horas que você mais precisa, ele não funcione tão bem como você gostaria.

Mas existem alguns passos muito simples que você pode fazer para fortalecer o sinal do Wi-Fi de seu apartamento, assim você aumenta o alcance do sinal e aumenta a velocidade da conexão! Nada mal, heim!

Muitas vezes pensamos em redes Wi-Fi como sinais virtuais, que preenchem todos os nossos espaços do dia a dia. Na verdade, eles são sinais muito físicos que podem ser bloqueados ou espalhados por paredes, outros aparelhos eletrônicos e até mesmo pessoas.

Por isso que às vezes o seu sinal do Wi-Fi não funciona muito bem em alguns lugares de seu apartamento.

Como prova desse fato, dê uma olhada no mapa Wi-Fi que o estudante de física Jason Cole fez de seu apartamento:

Mapeamento de sinal do Wi-Fi em apartamento.
Mapa Wi-Fi do estudante de física Jason Cole.

Repare como a força do sinal do Wi-Fi é forte na sala e como a distância e as paredes fazem ele perder a força.

Aí vão umas dicas de como melhorar o Wi-Fi de seu apartamento hoje mesmo!

Confira a seguir nove dicas para aumentar o sinal Wi-Fi.

1. Coloque o seu roteador no centro de seu apartamento

Um roteador envia sinais em todas as direções, então colocá-lo em um canto do apartamento, ou perto de uma janela, significa que uma quantidade significativa de seu sinal é desperdiçado.

Quase nunca é possível colocar o roteador no centro do apartamento, mas testando essa hipótese, veja como o mesmo estudo comprovou que quanto mais ao centro, melhor.

Coloque o seu roteador no centro de seu apartamento.
Posicionamento central do roteador para melhorar o sinal do Wi-Fi.

Você só pode ter uma conexão de rede em um ponto mais distante, com ajuda de longos cabos de rede que podem ser bem baratos, assim você tem mais liberdade para mover seu roteador.

2. Tire o seu roteador do chão

Tire o seu roteador do chão para melhorar sua rede Wi-Fi.
O chão é um local que barra os sinais do Wi-Fi.

Há duas razões pelas quais não é bom para ter o seu roteador diretamente no chão.

Uma delas é que a maioria dos roteadores são projetados para transmitir sinais ligeiramente para baixo enquanto viajam por sua antena.

Além disso, eles não podem facilmente penetrar alguns materiais sólidos, como metal, concreto e cimento. Considere isso principalmente se você mora num apartamento duplex.

Como resultado, os especialistas recomendam colocar o seu roteador um pouco acima do chão – talvez em uma mesa ou estante.

3. Coloque o roteador no lugar onde você costuma usar a internet

Independentemente de onde você colocar o seu roteador, o sinal será mais forte na sala que ele está. Assim, você pode (e deve) colocá-lo em um local que é relativamente perto do centro de seu apartamento e que seja uma região que você frequentemente usa dispositivos conectados ao sinal do Wi-Fi.

Sua Netflix até agradece!

4. Mantenha seu roteador em local aberto para melhor distribuição do sinal do Wi-Fi

Mantenha seu roteador em local aberto para melhor distribuição do sinal do Wi-Fi.
Posicione seu roteador em um local onde o sinal pode passar livremente.

Porque o sinal do roteador pode ser absorvido por muitos objetos, então você tem que mantê-lo em campo aberto, com o mínimo de coisas ao redor. Em outras palavras, não esconda ele em uma estande ou coloque no meio de um monte de eletrônicos.

O sinal viaja melhor em ar aberto. Então, faça esse simples teste: confira se você pode ver o roteador de longe e de muitos ângulos diferentes. Se sim, está tudo ótimo!

5. Mantenha o roteador longe de outros aparelhos eletrônicos

Todos os tipos de dispositivos eletrônicos podem interferir no sinal do seu roteador: microondas, TVs, telefones sem fio – essencialmente, qualquer coisa que gera um sinal eletromagnético ou tem um motor. É por isso que posicionando o roteador entre aparelhos eletrônicos de seu apartamento não é uma boa ideia.

Grandes objetos de metal (como geladeira) e água (como aquário) também pode bloquear o sinal, e devem ser evitados.

6. Posicione uma antena verticalmente e outra horizontalmente

Porque o sinal do roteador se espalha na direção perpendicular ao das antenas, então, a sabedoria convencional mostra que as antenas orientadas verticalmente irão transmitir o sinal horizontalmente.

Posicione as antenas de forma perpendicular.
Ajustar a posição das antenas pode melhorar o sinal do seu Wi-Fi.

Isso é verdade, mas é possível fazer melhor, posicionando as antenas de seu aparelho em forma de “L” para aumentar o sinal. A maioria dos notebooks ficam com as antenas internas na horizontal, mas em um telefone ou tablet elas podem ser posicionadas de uma maneira diferente, dependendo de como você está segurando.

Colocando uma antena do roteador em posição vertical, e outra em horizontal, pode cobrir todas as suas bases, enquanto ainda espalha o sinal da forma mais ampla em seu apartamento.

7. Medir a intensidade do sinal

Há uma série de aplicativos, como Cloudcheck ou de Amped Wi-Fi Analytics, que permitem mapear o sinal do Wi-Fi em todo seu apartamento e descobrem onde ele é fraco. Isto pode lhe dar algumas pistas sobre a melhor forma de posicionar seu roteador.

Isso é mais válido se você tem um apartamento grande, com diversos cômodos. Se não, faça o item #1 e tudo estará bem.

8. Configure o software do roteador

Em alguns casos, há ajustes no software do roteador que você pode fazer para melhorar sua rede Wi-Fi diminuir as frequências que podem causar interferência.

Para configurar o software, você geralmente precisa digitar um endereço IP específico no seu navegador (consulte a parte inferior do roteador ou procure no site do fornecedor). Assim que estiver nas configurações, há duas coisas úteis que você pode tentar.

Uma é a mudança do canal que o roteador opera. Isso não é um problema para os roteadores mais novos, mas os mais velhos muitas vezes pode sofrer interferência uns com os outros (especialmente em condomínios com muitos apartamentos), e mudando o canal de frequência é uma maneira de resolvê-lo. Estes roteadores mais velhos operaram em diferentes frequências numerados de 1 a 14 e os canais 1, 6, e 11 são geralmente melhores, porque eles sobrepõem pelo menos um outro canal, causando menos interferência. O padrão é geralmente o canal 6, e se você está tendo problemas de sinal, tente cada um deles, até que você encontre o melhor canal.

Outra opção é atualizar o software do roteador (que é chamado firmware). Isso não vai ser possível para todos os roteadores, mas para alguns mais antigos, os fabricantes liberam atualizações de firmware gratuitas ao longo do tempo, e estas podem melhorar o desempenho. Pesquise se há novidades para o seu modelo de seu roteador.

9. Se tudo isso falhar, compre um novo roteador bom e bonito

Se você ainda estiver enfrentando problemas de rede que não foram resolvidos por uma dessas dicas, comprando um novo roteador pode fazer uma enorme diferença, porque a tecnologia para transmitir sinais mudou muito ao longo dos anos.

Como você viu no item #4, seu roteador deverá ficar mais exposto. Então, que seja um bonito, que combine com o seu apartamento!

Compre um novo roteador bom e bonito.
O roteador ficará exposto, então pode ser usado de forma a harmoniosa com o restante da decoração de casa.

Finalmente, para aumentar o alcance do seu roteador, você pode comprar um repetidor. Repetidores de sinal são dispositivos que captam o sinal e o retransmitem. Isso não vai aumentar a sua largura de banda total, mas vai ampliar o alcance o seu sinal, o que é super útil, quase obrigatório em apartamentos bem grandes, como o 180º Onze Ibirapuera.

Agora que seu Wi-Fi está a todo vapor, descubra como os assistentes pessoais podem ajudar no seu dia a dia.

Mais em Live

Ebook Busca e Aquisição de Imóvel: A Jornada

Quer comprar um imóvel e não sabe por onde começar? Separamos um conteúdo especial para te ajudar nessa jornada!

Quero baixar
Mercado Imobiliário
The Arch: a solução ideal para investidores

The Arch, novo lançamento da Cyrela, une sofisticação e praticidade em uma solução para quem deseja investir em imóveis em Porto Alegre. Com infraestrutura completa e localizado no bairro Mont […]

Continue lendo
Cidade-se
Feira da madrugada: o que acontece lá?

A Feira da madrugada, em São Paulo, atrai pessoas de todos os estados em busca das roupas mais baratas do Brasil, nesse que já é conhecido como o maior centro […]

Continue lendo
Decoração
Capachos criativos e divertidos

Engana-se quem pensa que a decoração da casa começa apenas da porta para dentro. Se você está acostumado com aqueles capachos sem graça, ou nem possui um, chegou a hora […]

Continue lendo
Decoração
Quadros decorativos para o ambiente

Quadros podem ser uma janela para a alma do artista, asas para a imaginação, ou apenas uma imagem que você ache bonita. Quadros podem mudar completamente a atmosfera de um […]

Continue lendo
Decoração
DIY Pallet – Decoração utilizando paletes

A decoração com paletes é muito simples, moderna e também criativa. Uma combinação perfeita para trazer praticidade e beleza para a sua casa. Além disso, não necessita de acabamentos muito […]

Continue lendo
Dentro de Casa
Como pintar paredes: passo a passo e dicas

Cansada da decoração da sua casa? Transformar o ambiente de maneira fácil, rápida e barata é algo que pode ser alcançado simplesmente mudando a cor das paredes. E, sim, pintar […]

Continue lendo