7 previsões de como será seu apartamento do futuro

De mobiliário tecnológico ao fim do armazenamento, Marcus Engman da IKEA fala sobre como será seu apartamento do futuro

Marcus Engman tem um papel importante no mercado de móveis do mundo. Como chefe de design da Ikea Suécia, a maior empresa do setor no mundo, o trabalho de Engman é supervisionar a concepção de novos mobiliários e utensílios domésticos que acabam nas mãos de milhões de clientes por ano.

Engman listou o que acredita ser as 7 maiores tendências do apartamento do futuro, incluindo móveis, suas embalagem até os tecidos estranhos que as pessoas vão querer começar a tocar para compensar um mundo cheio de telas de vidro.

1. O apartamento fluído

Apartamento do futuro - O apto fluído

Tradicionalmente, quando as pessoas se imaginavam em seus apartamentos, eles pensavam quase matematicamente. Um sofá + uma televisão = a sala de estar. A cama + um conjunto de gavetas = um quarto. Mas, em um mundo em constante urbanização, onde mais pessoas estão vivendo em espaços menores (em 2017, a Organização Mundial de Saúde prevê a maioria das pessoas viverá em áreas urbanas), o que logo torna um quarto uma sala de estar e um outro quarto um dormitório, deixando tudo mais fluido.

O mobiliário vai ter de evoluir para acompanhar o ritmo. Veja o exemplo do sofá, diz Engman. No passado, um sofá era o mais importante mobiliário na sala de estar, e consequentemente do apartamento do futuro. Mas isso já está mudando. O sofá não serve mais apenas para socializar: as pessoas comem em seu sofá e, em apartamentos pequenos, eles podem até usá-lo como a cama.

“Nós já estamos vendo muito mais pessoas comprando sofás-cama, ao invés de sofás”, diz Engman. “Isso é pensamento de apartamento fluido.” E Engman espera que a tendência ainda continue, prevendo que a mesa, e não o sofá, em breve se tornará o mobiliário mais importante nas casas da maioria das pessoas: uma peça multiuso de mobília que você pode trabalhar, comer, jogar e socializar.

2. Móveis que fazem mais

Apartamento do futuro - Móveis que fazem mais

Num mundo em rápida urbanização, as pessoas terão de se contentar com espaços menores e menos móveis. Como resultado, diz Engman, o mobiliário em um apartamento do futuro vai se tornar mais versátil. “É possível que muito em breve, um banco pode ser um dos mais importantes móveis em seu apartamento, porque ele pode fazer muitas coisas além de ser um banco”, diz ele. “Você pode usá-lo como uma mesa de cabeceira, uma cadeira, uma mesa e você pode ainda guardar coisas em cima ou embaixo dele, quando não está em uso.”

3. O fim do armazenamento

Apartamento do futuro - O fim do armazenamento

A história da casa é sinônimo da história do armazenamento. Você tem armários, gabinetes, estantes, prateleiras de CDs e muito mais. Mas isso tudo há de mudar. “Há muito menos para armazenar”, diz Engman. As pessoas não têm espaço para armazenamento em um mundo urbanizado. E muitas das coisas que armazenamos, como música, filmes e livros, agora estão quase que exclusivamente na nuvem.

As pessoas sempre vão querer ter objetos físicos, como uma forma de mostrar quem são, diz Engman. “As pessoas querem mostrar suas coleções, não escondê-las”, diz ele, de modo que os métodos de armazenamento terão de evoluir para acompanhar. Pense em prateleiras mais abertas e armários de vidro que permitem que você mostrar sua coleção, em vez de baús e gavetas.

4. Mobiliário tecnológico

Apartamento do futuro - Mobiliário tecnológico

Recentemente, a Ikea anunciou uma linha de novas lâmpadas que podem carregar seus gadgets sem fio. Isso é apenas o primeiro passo que mostra como a Ikea vê mobiliário do futuro. A fabricante de móveis sueca acredita que o mobiliário poderia um dia ser como sinônimo de tecnologia como eletrodomésticos são.

Isso não quer dizer que a Ikea quer se tornar um fabricante de aparelhos. “Nossa missão não é vender produtos eletrônicos, mas sim descobrir como tornar a vida em casa mais inteligente e mais fácil”, diz Engman. Um dia, as pessoas poderiam ficar tão animadas e curiosas para baixar uma atualização que adiciona novos recursos para seus móveis inteligentes como eles ficam para baixar a última versão de um app no seu celular, diz ele.

5. Flat Design para a embalagem de móveis

Apartamento do futuro - Flat Design para embalagens

Ikea é sinônimo de móveis embalados com Flat Design, mas Engman diz, “Estamos sempre à procura de embalar as coisas de forma mais plana”.

Nos próximos cinco anos, espera-se que a Ikea e seus concorrentes descubram maneiras de empacotar móveis de forma mais plana do que nunca, porque tornam os produtos mais baratos devido à redução de custos de transporte.

6. Personalização

Apartamento do futuro - Personalização de móveis

É fundamental que seus móveis sejam a expressão da sua personalidade. Mas mobiliário personalizado é caro e leva tempo para criar. Engman diz que a próxima grande fronteira em design de móveis é criar personalização em uma escala industrializada em massa. Por exemplo, quando Ikea faz placas de cerâmica, cerca de 20% são rejeitadas por causa de alguma pequena variação na forma. “Então, e se pegarmos esses 20%, e, ao invés de dizer que são falhas de produção em massa, dizermos que são itens de sucesso em sua singularidade?” Engman pergunta.

Engman admite que personalizar artigos de decoração com produção em massa é um grande desafio e em até 5 ou 10 anos não será possível. “Mas, pessoalmente, eu acho que esta é uma das áreas mais interessantes e promissoras para explorar.” diz Engman.

7. Fabricações malucas, sensações estranhas

Apartamento do futuro - Materiais estranhos

“As pessoas passam a maior parte do tempo tocando em telas”, diz Engman. É chato e não é o que as pessoas querem. De acordo com Engman, o apartamento do futuro é tátil, cheio de tecidos estranhos e materiais que foram customizados como um contraste para as telas de smartphones e tablets que passam a maior parte de nossos dias nas nossas mãos.

/via Fast Company Design

Mais em Live

Arquitetura
Edifício Pátio Victor Malzoni - QUE PRÉDIO É ESSE?

Quem passa pela Faria Lima, em São Paulo, e vê o imponente Edifício Pátio Victor Malzoni com seu vão livre de mais de 40 metros de largura a 30 metros […]

Continue lendo
Arquitetura
Edifício Gazeta - QUE PRÉDIO É ESSE?

Figurinha carimbada nos marcos da capital paulistana. Quem nunca passou pelo Edifício Gazeta quando está dando aquela voltinha pela Paulista e se perguntou: que prédio é esse? Você conhece a […]

Continue lendo
Arquitetura
ONGs que criam moradias e condições para viver melhor

Nós do Live temos o lema “More bem, viva melhor”, mas e as pessoas que sequer possuem onde morar? O Brasil tem 15 milhões de pessoas vivendo em situação de […]

Continue lendo
Arquitetura
Para ganhar espaço e ver o mundo - Quando a janela rouba a cena

A janela! Pode ser um item corriqueiro, muitas vezes despercebido, mas já inspirou milhares de canções (você vai se lembrar de alguma). Se observadas do ponto de vista poético, as […]

Continue lendo
Arquitetura
Loft, studio, kitnet… O que caracteriza cada tipo de apartamento?

O mundo do mercado imobiliário pode ser um pouco confuso para quem está começando a busca por um imóvel. Muitos termos utilizados com frequência não ficam muito claros para quem […]

Continue lendo
Arquitetura
Ohtake Cultural - QUE PRÉDIO É ESSE?

Em 2001 a cidade de São Paulo ganhou um ícone inconfundível. Até hoje, as cores e formas do Ohtake Cultural instigam e despertam a curiosidade transeuntes. É possível que você […]

Continue lendo